O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Cultural
  4. França
  5. Dominique Perrault Architecture
  6. 2014
  7. Grande Teatro Albir / Dominique Perrault Architecture

Grande Teatro Albir / Dominique Perrault Architecture

Grande Teatro Albir / Dominique Perrault Architecture
Grande Teatro Albir / Dominique Perrault Architecture, © Georges Fessy
© Georges Fessy

© Vincent Boutin © Georges Fessy © Georges Fessy © Vincent Boutin + 48

  • Arquiteto Local

    Christian Astruc Architects
  • Estrutura

    VP GREEN
  • Engenharia Mecânica

    ETCO
  • Economista

    RPO
  • Cenógrafo

    Changement à vue
  • Acústica

    Jean-Paul Lamoureux
  • Mais informações Menos informações
© Vincent Boutin
© Vincent Boutin

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Grande Teatro Albi vai transformar a textura da cidade, bem como a sua influência cultural.

Este edifício aparece como um símbolo arquitetônico excepcional, nos arredores do centro histórico.

© Vincent Boutin
© Vincent Boutin

Temos dado prioridade à presença do Grande Teatro, em vez dos cinemas, a fim de organizar em torno dele uma rede de espaços públicos e de equipamentos culturais. O Grande Teatro será o seu centro.

Implantação
Implantação

Ao longo do Beco da Cultura, diferentes espaços públicos vão se suceder, pontuando uma passarela que vai da catedral para o grande parque público Rochegude. Este caminho começa com a criação de uma praça no nível do Sibille Boulevard, em seguida, chega no lugar do teatro, e continua no lugar dos cinemas na frente do Athanor, para finalmente se abrir para o jardim público. Essa é a ideia de uma "passagem urbana" animada pela sucessão, a justaposição e a interação de vários edifícios culturais.

© Georges Fessy
© Georges Fessy

Optamos por identificar claramente os diferentes edifícios com lugares que lhes dão um endereço na cidade. Portanto, a construção preservado do Athanor é modificado para criar a entrada dos cinemas. Ela se torna a parte visível deste «iceberg», oferecendo um grande hall de entrada, talvez com algumas lojas e um café no nível da quadra. No subsolo, encontramos todas as salas de exibição. Assim, a base do local do teatro está totalmente ocupada pelo complexo cinematográfico. Este layout permite libertar todo o espaço público e abrí-lo generosamente para a atividade urbana e para a população.

Planta Baixa Pavimento Térreo
Planta Baixa Pavimento Térreo

A geometria muito simples do teatro permite a criação ao longo da avenida Général de Gaulle, em uma tentativa de continuidade urbana e proximidade com a biblioteca multimídia, gerando dois lugares mais ou menos triangulares no lado do "beco cultural". Esses dois espaços públicos, novos nesta infra-estrutura urbana, são colocados em torno do teatro: um é aberto para o centro histórico e o outro em direção ao bairro.

Nós procuramos um volume compacto que permite que a dimensão do teatro se ajuste da melhor maneira em seu entorno urbano. Nós também procuramos alguns princípios funcionais, simples, diretos e imediatos, especialmente para o acesso, pelo espaço público, dos caminhões, no mesmo nível do que o palco e os bastidores.

© Georges Fessy
© Georges Fessy

Isso não significa necessariamente que esta parte posterior do teatro é "morta", porque lá em cima podemos encontrar as caixas e a administração, e acima a sala experimental. Assim, os quatro lados do prisma são abertos e habitados.

É claro, a única abertura no lugar do teatro é totalmente envidraçada como uma grande janela para a cidade, saudando todos os lobbies, as galerias, as varandas e o grande auditório.

© Vincent Boutin
© Vincent Boutin

A partir deste volume transparente, vamos chegar à sala experimental, por um lado e por outro lado o teto-terraço, onde será criado o jardim suspenso e seu restaurante. A partir desta altura, teremos uma visão aberta sobre o contorno da cidade de Albi e sobre a paisagem circundante.

O edifício é feito de concreto, coberto com tijolos. Vamos utilizar este material para o lado de fora, tanto quanto o interior, para os pisos, tanto quanto as paredes e os tetos, para criar uma arquitetura mono material.

Corte 2
Corte 2

Para a solidez do tijolo, nós nos opomos, com uma cobertura suave e leve, que vai vestir o prisma do teatro. Esta cobertura de malha de metal, cobre vermelho colorido, que não enferruja, como roupas, vai assumir a verticalidade do edifício em dois lados, e vai tirar isso dos outros lados, para abrir como um pano grande no lugar do teatro e nos cinemas.

© Georges Fessy
© Georges Fessy

As curvas e contra-curvas foram necessárias para esta malha estática criar uma arquitetura livre, feliz e lírica. Veremos também que há a metáfora do pano ou a evocação de um projeto de palco de ópera.

© Georges Fessy
© Georges Fessy

Mas acima de tudo, lá vamos encontrar algum brilho, reflexão, cor, que lembra uma arquitetura "vestida com uma luz brilhante".

Esta pele metálica tecida, como um laço, que vai proteger as funções do teatro, sem separá-lo das funções da cidade. Vai filtrar a luz e quebrar o vento e a chuva.

Grande Teatro Albir / Dominique Perrault Architecture, © Georges Fessy
© Georges Fessy

Este grande ornamento tem algumas características sustentáveis. A malha irá se ajustar aos espaços e aos usos que abrange. Será possível tecê-la maior para oferecer alguns pontos de vista de dentro para fora ou mais apertado em outras partes, para esconder algumas paredes estruturais, ou para filtrar, como um quebra sol, a luz nos grandes foyers.

© Vincent Boutin
© Vincent Boutin

Este véu apertado irá clarear alguns grandes arcos no nível dos espaços públicos, para permitir que os visitantes e espectadores entrem, e, em seguida, vai subir para o céu sobre o volume construído para criar uma figura imaterial chegando na paisagem dos telhados da cidade de Albi.

Axonométrica 4º Pavimento
Axonométrica 4º Pavimento

Como conclusão, as medidas que serão tomadas são:

- O uso do subsolo para inserir algumas vagas de estacionamento e sala de cinema,

- A qualificação no nível do solo dos espaços públicos dedicados a cada edifício cultural,

- A busca de simplicidade e compacidade, oferecendo um instrumento teatral eficiente, flexível e econômico.

© Vincent Boutin
© Vincent Boutin

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Dominique Perrault Architecture
Escritório
Cita: "Grande Teatro Albir / Dominique Perrault Architecture" [Albi Grand Theater / Dominique Perrault Architecture] 08 Fev 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Márquez, Leonardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/760773/grande-teatro-albir-dominique-perrault-architecture> ISSN 0719-8906