Exposição “Escola do Porto: Lado B / Uma História Oral (1968-1978)”

Exposição “Escola do Porto: Lado B / Uma História Oral (1968-1978)”

A “Escola do Porto” tem uma história oficial que começa em Carlos Ramos, é estruturada por Fernando Távora e internacionalizada primeiro por Álvaro Siza e depois por Eduardo Souto de Moura.

Na sombra desta “Escola do Porto” existe um “Lado B”, um lado outro, de estórias que escaparam às teses e aos livros. São estórias esquecidas, estórias secundárias, algumas inconsequentes outras rasuradas, estórias que tentámos pensar com um conjunto de entrevistas nem sempre concordantes entre si e que, no seu desacordo, evidenciam uma realidade mais complexa, com posições mais marginais.

Desacordos que põem em causa a linearidade da história oficial e a imagem homogeneizadora da ideia de “Escola do Porto”. Estas estórias oscilam entre dois polos: entre a utopia social e política fortemente influenciada pelo Maio de 68; e a utopia formal e disciplinar que caracterizou o pensamento radical na década de 70. A narrativa proposta centra-se na geração que iniciou os estudos na ESBAP em 1970, e que opôs marxistas, leninistas, ou maoistas a trotskistas, situacionistas ou anarquistas.

Escola do Porto: Lado B / Uma História Oral (1968-1978)”terça a domingo

Construção de “domes” na ESBAP no âmbito de Teoria e Prática de Investigação II (Professor Jacinto Rodrigues), 1975. Alunos: Guilherme Castro, Luís Casal, Olavo Barros, Helena Ricca, Fernando Pinto Coelho, Francisco “smile”, entre outros. Crédito da imagem: Carlos Valente
Construção de “domes” na ESBAP no âmbito de Teoria e Prática de Investigação II (Professor Jacinto Rodrigues), 1975. Alunos: Guilherme Castro, Luís Casal, Olavo Barros, Helena Ricca, Fernando Pinto Coelho, Francisco “smile”, entre outros. Crédito da imagem: Carlos Valente

EVENTOS

  • 26 de novembro / 18h00 - Visita à exposição Escola do Porto: Lado B / Uma história oral (1968-1978) por Matilde Seabra, seguida de conversa com Jacinto Rodrigues e Eduardo Jorge Fernandes.
  • 10 de janeiro / 11h00 - Mesa redonda com Eduardo Jorge Fernandes, Gonçalo Canto Moniz, Jorge Figueira e Raquel Paulino. Perspectivas sobre a Escola do Porto nos anos ’70.
  • 10 de janeiro / 16h00 - Caroline Maniaque Benton conversa com Joaquim Moreno. Contracultura nos anos ‘60 a ’80.

Fernando Barroso e Mário Ramos, Organização Insurrecional do Espaço, 1975. Crédito da imagem: Fernando Barroso e Mário Ramos
Fernando Barroso e Mário Ramos, Organização Insurrecional do Espaço, 1975. Crédito da imagem: Fernando Barroso e Mário Ramos

Simultaneamente à exposição sobre a Escola do Porto, o CIAJG recebe as exposições “A composição do ar: coleção permanente e outras obras” e “Ricardo Jacinto / Parque: os cones e outros lugares”. Para mais informações, clique aqui.

O catálogo da exposição está disponível para compra aqui.

  • Título

    Exposição “Escola do Porto: Lado B / Uma História Oral (1968-1978)”
  • Tipo

    Evento
  • Organizadores

  • De

    13 de Novembro de 2014 12:45 PM
  • Até

    13 de Novembro de 2014 12:45 PM
  • Onde

    Centro Internacional das Artes José Guimarães – CIAJG

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos

Este evento foi enviado por um usuário de ArchDaily. Se você quiser, pode também colaborar utilizando "Enviar um evento". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "Exposição “Escola do Porto: Lado B / Uma História Oral (1968-1978)”" 15 Nov 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/757214/exposicao-escola-do-porto-lado-b-uma-historia-oral-1968-1978> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.