O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Recreação E Treinamento
  4. Brasil
  5. João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi
  6. 1961
  7. Clássicos da Arquitetura: Anhembi Tênis Clube / João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi

Clássicos da Arquitetura: Anhembi Tênis Clube / João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi

Clássicos da Arquitetura: Anhembi Tênis Clube / João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi
Clássicos da Arquitetura: Anhembi Tênis Clube / João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi, © Tumblr kureator
© Tumblr kureator

Por Ruth Verde Zein

As estruturas porticadas desta obra dão seguimento a idéias exploradas nos Ginásios de Itanhaém e Guarulhos, mas aqui com um porte e complexidade estrutural e formal muito mais amplo, onde o desenho do pórtico em elaboração e tridimensionalidade.

Cortesia de Fundação Vilanova Artigas
Cortesia de Fundação Vilanova Artigas

Os apoios triangulares desenham inflexões, estreitamentos, alargamentos e vazios estrategicamente posicionados, enfatizando questões estruturais de transição de esforços e tirando partido de detalhes como o recolhimento de águas pluviais e aberturas para iluminação zenital, para ativar e densificar a abordagem conceitual, chegando numa resolução complexa a partir de um esquema inicial simples. E como é habitual nessa e em outras obras de Vilanova Artigas, uma vez estabelecida a regra básica são ativados uma série de mecanismos para criar variantes, de maneira que o resultado nunca é óbvio, mas sempre surpreendente.

Cortes transversais. Julio Beraldo Valente, via Arquitetura Brutalista
Cortes transversais. Julio Beraldo Valente, via Arquitetura Brutalista
Cortesia de Fundação Vilanova Artigas
Cortesia de Fundação Vilanova Artigas
Plantas. Julio Beraldo Valente, via Arquitetura Brutalista
Plantas. Julio Beraldo Valente, via Arquitetura Brutalista

Os pórticos em concreto aparente têm secção triangular, conformando vigas-calha no tramo superior, com vão de vinte metros na face superior, e distância entre os apoios, no nível do piso inferior, de dezessete metros e meio; as colunas de apoio têm secção triangular variável e além de apoiarem o tramo superior do pórtico se prolongam para dar apoio a duas grande vigas-calha de secção triangular, posicionadas à maneira de platibandas ao longo da porção superior das duas fachadas longitudinais. O encontro entre tramos superiores do pórtico, vigas-calha e apoios forma um conjunto de geometria tridimensional complexa, permitindo parcialmente observar o caminho das águas pluviais desde a cobertura até o chão.

© Julio Beraldo Valente, via Arquitetura Brutalista
© Julio Beraldo Valente, via Arquitetura Brutalista
Detalhe pilar. Julio Beraldo Valente, via Arquitetura Brutalista
Detalhe pilar. Julio Beraldo Valente, via Arquitetura Brutalista
Cortesia de Fundação Vilanova Artigas
Cortesia de Fundação Vilanova Artigas

Os pórticos são travados entre si por nove vigas-calha de secção triangular, espaçadas de maneira a conformar vazios intermediários que recebem elementos translúcidos para a proteção, ventilação e iluminação natural zenital dos ambientes. O volume muito extenso proposto originalmente, de proporção 20:3, mantém um forte grau de homogeneidade pela presença repetitiva dos pórticos transversais, embora os acidentes e variantes organizem vários momentos distintos, intercalando espaços mais ou menos abertos e/ou fechados, com pés-direitos e visuais variáveis.

Cortesia de Fundação Vilanova Artigas
Cortesia de Fundação Vilanova Artigas

Referência:
Ruth Verde Zein. A arquitetura da escola paulista brutalista 1953-1973. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2005. (tese de doutorado)

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: Ruth Verde Zein. "Clássicos da Arquitetura: Anhembi Tênis Clube / João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi" 06 Set 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/626874/classicos-da-arquitetura-anhembi-tenis-clube-joao-batista-vilanova-artigas-e-carlos-cascaldi> ISSN 0719-8906