O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Lanchonetes
  4. Portugal
  5. Carlos Castanheira
  6. 2013
  7. Quinta da Faísca / Carlos Castanheira

Quinta da Faísca / Carlos Castanheira

Quinta da Faísca / Carlos Castanheira
Quinta da Faísca / Carlos Castanheira, © Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

© Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG + 33

  • Estrutura

    HDP Gabinete Projectos. Engenharia Civil, Lda.
  • Hidráulica

    Diâmetro & Cálculo Engenharia Lda.
  • Elétrica

    Igemáci Engenharia S.A.
  • Mecânica

    GET - Gestão de Energia Térmica Lda.
  • Construtora

    CMCJC Imobiliária Lda.
  • Carpintarias

    Carpicunha Madeira Ldª
  • Cliente

    Sociedade Agrícola Casa do Cruzeiro S.A.
  • Mais informações Menos informações
© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Descrição enviada pela equipe de projeto. Convidam-me para almoçar na Quinta da Faísca, Alto Douro Vinhateiro, Favaios.
Isto de iniciar arquitetura pelo almoço é interessante e pleno de sabores, odores e conversas. A arquitetura, ou o ato de a pensar, é solitário mas necessita de convivências, de informação e de conhecimentos específicos quer das funções, quer dos futuros utilizadores dos equipamentos a projetar. E precisa do Tempo. 

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Matéria palpável, absorvente, transformadora e por isso criadora. Esta encomenda vem na sequência de outra para uma adega projectada e construída no Louro, Minho. Os clientes são os memos, o objectivo é produzir vinho, mas tudo é tão diferente. São outras as especificidades e outros os modos. Mas o objectivo é o mesmo: a criação de óptimos vinhos, néctar de homens que desejam ser deuses.

Corte
Corte
Corte
Corte

Tal como na Quinta da Casa da Torre, na Quinta da Faísca já havia história, hábitos e bom vinho. Mas é necessário ampliar e melhorar instalações para que o néctar seja apetecível e apreciado. E há o turismo que o Vinho cria e a Douro recebe.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

A Adega existente, recentemente renovada e adaptada às novas tecnologias e exigências, mostrou-se exígua para o desenvolvimento da atividade comercial e, sobretudo, para receber os curiosos e aficionados turistas da Região. A ampliação da Adega é mais do que a ampliação de um espaço onde se cria ou armazena e matura o vinho. No início tive o apetite de contrastar o existente com uma nova forma e com novos materiais. Atitude que rapidamente me pareceu demasiado fácil e de fuga à confrontação com o existente e a História. 

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

É certo que a ruptura da forma e da materialidade é habitual na arquitetura atual, mas ponderei que este não devia ser o caminho. Moveram-se oliveiras e muros de xisto, aproveitou-se o desnível desde a entrada até à cota do acesso superior da adega. Percursos e acessos foram revistos. 

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

A novo volume da Adega da Quinta da Faísca é composto por três outros: O volume revestido a esteios de xisto negro e cobertura plana onde se concentraram todas as instalações de pessoal, sanitários, arrumos e cozinha.

Planta Baixa
Planta Baixa

O volume coberto pelo grande telhado, muito idêntico ao existente, onde, no piso superior, existe um grande salão para recepção de convidados. Dois terraços, a norte para receber, a sul para usufruir da paisagem e da sucessão de montes e vales que nos levam até ao Douro que os moldou e continua a moldar.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Sob este salão, dois espaços em cave permitirão o tratamento e repouso dos vinhos. À cota inferior, diretamente ligada com a adega existente, será criado um espaço de distribuição e armazenamento temporário.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O terceiro volume é somente um coberto que protege a passagem exterior entre a adega existente e o novo espaço. É um volume aberto na sua ligeireza construtiva e funcional. Pretende-se que a adega funcione e que produza excelentes vinhos, que os visitantes percorram os espaços e compreendam as funções, e deixem que os sentidos se exaltem, do sabor ao tacto, da visão ao cheiro. 

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

A madeira das estruturas, o xisto das paredes e pavimentos, ou o granito dos cunhais não são mimetismos ou pastiches, mas antes a continuidade interpretativa do melhor que se tem e que se sabe fazer na nossa construção, sobretudo no Douro.

Dizem que o amor passa pelo estômago. A arquitetura passa, certamente, pela cabeça. Quando ajudada por um almoço com bons vinhos ... melhor.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Carlos Castanheira
Escritório
Cita: "Quinta da Faísca / Carlos Castanheira" [Quinta da Faísca / Carlos Castanheira] 01 Set 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/626235/quinta-da-faisca-carlos-castanheira> ISSN 0719-8906