O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Demolição das torres Rabot, em Ghent, revela seus interiores coloridos

Demolição das torres Rabot, em Ghent, revela seus interiores coloridos

  • 17:00 - 29 Maio, 2014
  • por Fréderic Louis
Demolição das torres Rabot, em Ghent, revela seus interiores coloridos
Demolição das torres Rabot, em Ghent, revela seus interiores coloridos, © Pieter Lozie
© Pieter Lozie

Na década de 70, torres eram vistas como uma solução ideal para habitação de interesse social. Nas décadas seguintes, entretanto, muitos dos apartamentos destas  edificações começaram a ser ocupados por uma única pessoa ou por idosos, ao invés das jovens famílias de baixo poder aquisitivo para as quais estas torres foram originalmente projetadas. Hoje, embora haja muitas opções possíveis, a solução mais dramática é, por vezes, levada a cabo: derrubar os edifícios e recomeçar do zero.

Um grande exemplo são as torres Rabot em Ghent, Bélgica. No passado essas três torres acomodavam cerca de 840 moradores, no entanto, os padrões de qualidade e segurança das edificações ficaram obsoletos e não são mais adequados para habitação. Por exemplo, uma das torres conta com apenas um hall de entrada para 190 apartamentos distribuídos em 17 pavimentos. Já que uma requalificação completa das torres custaria muito caro, em 2009 a cidade decidiu demoli-las e substituí-las por 400 unidades em um plano de baixa densidade. A demolição da primeira torre está atualmente em curso. Com a remoção dos painéis de fachada pode-se ver através da face pública, revelando os diversos ambientes internos ritmados pelas esquadrias das janelas, quase como uma pintura abstrata.

Veja mais imagens dos interiores coloridos das torres a seguir...

© Pieter Lozie © Pieter Lozie © Pieter Lozie © Pieter Lozie + 13

© Pieter Lozie
© Pieter Lozie
© Pieter Lozie
© Pieter Lozie
© Pieter Lozie
© Pieter Lozie

Fréderic Louis é um arquiteto belga, fotógrafo freelancer e fundador do site de arquitetura e urbanismo Gentcement.

Pieter Lozie é um arquiteto e fotógrafo de arquitetura de Ghent. Atualmente trabalha com visualização 3D para arquitetura.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Fréderic Louis
Autor
Cita: Louis, Fréderic. "Demolição das torres Rabot, em Ghent, revela seus interiores coloridos" [A Colorful Demolition: The Abandoned Interiors of Ghent's Rabot Towers Revealed] 29 Mai 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/607448/demolicao-das-torres-rabot-em-ghent-revela-seus-interiores-coloridos> ISSN 0719-8906