O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Paisagens biomecânicas: A Arquitetura e o Desenho no Imaginário de H.R. Giger

Paisagens biomecânicas: A Arquitetura e o Desenho no Imaginário de H.R. Giger

Paisagens biomecânicas: A Arquitetura e o Desenho no Imaginário de H.R. Giger
Cortesia de Artmight
Cortesia de Artmight

Após a triste notícia do falecimento de um dos artistas suíços mais renomados da Ficção Científica, Hans Ruedi Giger (1940-2014), decidimos fazer uma breve revisão de alguns dos croquis, ilustrações, pinturas, imaginários e desenhos que deram vida a espetaculares cenários, tanto fictícios quanto reais.

Conheça mais sobre o legado gráfico e arquitetônico de  H.R. Giger, a seguir.

Catarata, 1977, 100×70 cm, acrílico sobre papel. Imaagem Cortesia do Giger Museum Cortesia de Artmight Cortesia de Artmight Croquis de Giger Bar em Château St. Germain, Gruyères, Suíça, 2002.. Imagem Cortesia de Giger Museum + 12

Apesar de, no início dos anos 60, ter estudado arquitetura e desenho industrial em Zurique, Giger nunca atuou, mas utilizou todo o seu conhecimento, ao longo da sua carreira como artista, para contribuir no desenho dos interiores mais escuros e perturbantes, tanto no mundo real como no cinema e na música. Através de uma linguagem específica e reconhecível, que denominou "biomecânica", o artista suíço desenvolveu uma ampla obra cuja característica fundamental foi baseada na reprodução de morfologias que surgiram a partir da combinação entre vida orgânica e maquinaria.  

Catarata, 1977, 100×70 cm, acrílico sobre papel. Imaagem Cortesia do Giger Museum
Catarata, 1977, 100×70 cm, acrílico sobre papel. Imaagem Cortesia do Giger Museum

Catarata, 1977, 100×70 cm, acrílico sobre papel*

Cheio de energia, Cyberpunk, em 1975, Giger foi contratado por Alejandro Jodorowsky para desenhar um planeta distópico para uma (não realizada) adaptação do livro de ficção científica "Dune", escrito por Frank Herbert (1965). Nas palavras do próprio Giger: "O planeta que desenhei era governado por um mal, um lugar onde a magia negra, as agressões, a intemperança e a perversão estavam na ordem do dia. O certo para mim" (1), Um tempo depois, e onde mais se relacionou com a arquitetura, foi quando se envolveu no design de interiores, através da criação da série de Bares que leva se nome -Giger Bars-, construindo na Suíça, Estados Unidos e Japão. Em 1998, foi criado o Museu HR Goger na antiga cidade de Gruyeres, Suíça para resguardar o legado visual do artista.

A seguir estão algumas das Obras que museu compartilhou conosco.

Paisagens biomecânicas: A Arquitetura e o Desenho no Imaginário de H.R. Giger, Dune, 1975. Pintura,70×100 cm, acrílico sobre papel . Imagem Cortesia de Giger Museum
Dune, 1975. Pintura,70×100 cm, acrílico sobre papel . Imagem Cortesia de Giger Museum

Dune, 1975. Pintura,70×100 cm, acrílico sobre papel *

Cortesia de Artmight
Cortesia de Artmight

Hommage à Böcklin, 1977, versão de "Die Toteninsel", pintura original de Arnold Böcklin

Cortesia de Artmight
Cortesia de Artmight

Eggsilo I .

Cortesia de Artmight
Cortesia de Artmight

Wreck I.

Croquis de Giger Bar em Château St. Germain, Gruyères, Suíça, 2002.. Imagem Cortesia de Giger Museum
Croquis de Giger Bar em Château St. Germain, Gruyères, Suíça, 2002.. Imagem Cortesia de Giger Museum

Giger Bar em Château St. Germain, Gruyères, Suíça, 2002. Croquis vista interior.*

Croquis para o Castelo Harkonnen, Dune, 1976. Imagem Cortesia de Dune
Croquis para o Castelo Harkonnen, Dune, 1976. Imagem Cortesia de Dune

Harkonnen Castle, 1976, Croquis

Veja mais sobre o legado visual do artista, aqui.

(1) No artigo do The Guardian
(*) Cortesia de Giger Museum

Ver a galeria completa

Cita: Vergara, Enzo. "Paisagens biomecânicas: A Arquitetura e o Desenho no Imaginário de H.R. Giger" [Paisajes biomecánicos: La Arquitectura y el diseño en el imaginario de H.R. Giger] 25 Mai 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/603455/paisagens-biomecanicas-a-arquitetura-e-o-desenho-no-imaginario-de-hr-giger> ISSN 0719-8906