O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Alberto Campo Baeza recebe a Medalha de Ouro Heinrich Tessenow 2012

Alberto Campo Baeza recebe a Medalha de Ouro Heinrich Tessenow 2012

Alberto Campo Baeza recebe a Medalha de Ouro Heinrich Tessenow 2012
Alberto Campo Baeza recebe a Medalha de Ouro Heinrich Tessenow 2012

Há algumas semanas foi concedido a Alberto Campo Baeza o Prêmio à Excelência Docente UPM 2012. Agora, o destacado arquiteto espanhol acaba de receber a Medalha de Ouro Heinrich Tessenow 2012. A premiação é entregue pela Fundação Alfred Toepfer de Hamburgo, desde 1962, e é um reconhecimento ao trabalho sóbrio e essencial, livre de excessos, características do arquiteto alemão Tessenowe, do período entre guerras, junto a Bruno Taut, Peter Beherens y Walter Gropius.

A premiação será no dia 30 de janeiro, às 17:00 em Hamburgo. Por motivo desta, na Universidade HafebCity será exibida uma seleção dos trabalhos de Campo Baeza.

O comunicado da imprensa a seguir.

Foi concedida a Medalha de Ouro Heinrich Tessenow 2012 ao arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza. Entre os arquitetos conhecidos que já a receberam estão o português Eduardo Souto de Moura, o suíço Peter Zumthor, o norueguês Sverre Fehn, todos eles com Prêmios Pritzker.

O prêmio foi criado em 1963 em Hamburgo, em honra do arquiteto alemão Heinrich Tessenow. A entrega será feita em Hamburgo, no dia 30 de janeiro.

Este prêmio pretende ser o reconhecimento a arquitetos que praticam uma arquitetura tão despojada, sóbria e essencial como a que Heinrich Tessenow propunha em suas obras, projetos e escritos.

Heinrich Tessenow ( 1876-1950) foi um arquiteto alemão que, por suas ideias e obras, possui uma grande importância na História da Arquitetura Contemporânea. Estudou em Munique e foi professor em Dresden, Viena e Berlim.

Sempre repetia que "o caminho mais fácil nem sempre é o melhor, mas o melhor é sempre o mais fácil."

Frente à avalanche de arquiteturas superficiais que torcem, inclinam ou dobram suas formas, que hoje inundam o mundo, a obra de Tessenow e a dos que estão próximo a seu espírito, chocam um pouco quando esta sociedade inculta curva-se ante o assombroso, como um selvagem ante o brilho dos cristais.

Alberto Campo Baeza é arquiteto e professor da Escola de Arquitetura de Madri há mais de 25 anos. Já lecionou na ETH de Zurique, na EPFL de Lausanne, na Universidade da Pennsylvania na Philadelphia e na CUA de Washington. Sua obra, despojada, sóbria e essencial, como bem queria Tessenow, tem sido amplamente premiada e reconhecida.

O arquiteto expressou publicamente seu mais profundo agradecimento a este prêmio que diz não merecer. E segue, agora com este prêmio Tessenow, ainda livre. No ano passado, esteva em ano sabático na Universidade de Columbia, em Nova York, e com os textos redigidos ali, acaba de publicar um livro com o sugestivo título de Principia Architectonica. Foram publicadas muitas edições de um livro com seus textos "A ideia Construída", em vários idiomas. Em espanhol (25 edições), em português (3 edições) e em francês. Está prestes a sair também, as edições em inglês e chinês. Também, uma segunda coleção de textos com o título de "Pensar com as Mãos", vão pelo mesmo caminho.

Crê na Arquitetura como Ideia Construída e defende que os componentes principais dela são a Gravidade que constrói o Espaço e a Luz que constrói o Tempo.

Foram feitas exposições sobre sua obra em locais incríveis tais como: no Crown Hall de Mies em Chicago; na Basílica de Palladio em Vicenza; no Urban Center de Nova York; na Basílica de Santa Irene em Istambul; na prestigiada Galeria TOTO, em Tóquio no ano de 2009; em 2010, no Tempietto de Bramante em Roma; no Maxxi de Roma em 2011; na Bienal de Veneza 2012 e em muitos outros lugares. Sempre disse que está rodeado de gente melhor que ele.

Não possui automóvel, nem relógio, televisão ou celular. Em sua biblioteca há mais livros de poesia do que de arquitetura. E, logicamente, um punhado sobre Tessenow.

Sobre este autor
Constanza Cabezas
Autor
Cita: Cabezas, Constanza. "Alberto Campo Baeza recebe a Medalha de Ouro Heinrich Tessenow 2012" [Alberto Campo Baeza recibe la Medalla de Oro Heinrich Tessenow 2012] 11 Fev 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Britto, Fernanda) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/96864/alberto-campo-baeza-recebe-a-medalha-de-ouro-heinrich-tessenow-2012> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.