O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Bienal de Veneza 2012: Märkli Architekt

Bienal de Veneza 2012: Märkli Architekt

Bienal de Veneza 2012: Märkli Architekt
Bienal de Veneza 2012: Märkli Architekt, © Nico Saieh
© Nico Saieh

O termo “common ground” ou “território comum” diz respeito a algo compartilhado: relações entre pessoas e coisas. Esta instalação pretende despertar um sentimento adequado dentro da alma do visitante.

© Nico Saieh

Por Märkli Architekt

Um piso e quatro paredes delimitam um ambiente. Um telhado o protege. Duas colunas dentro do espaço o suporta. Além disso, há cinco figuras em pé – esculturas do artista Hans Josephsohn. Também existe uma figura de pé por Alberto Giacometti. Juntos, estes revelam elementos dos últimos 2.500 anos de história, incluindo a cultura grega e egípcia.

© Nico Saieh

Um princípio ordenado coloca os elementos arquitetônicos e as esculturas em um contexto. A tensão espacial criada pela instalação é uma reflexão e expressão da dignidade humana e sensualidade. A cooperação de arquitetura e escultura tenta capturar e visualizar um aspecto básico e fundamental do território comum.

© Nico Saieh

Além de todos os rituais, as ideias de vida, ou religiões, no centro de todas as culturas está a questão da existência humana. E, para se comunicar com os outros e expressar suas ideias de vida, o homem criou línguas, que são – para que possam ser compreensíveis – baseadas em convenções. Muitas dessas línguas são antigas. Devido a alguns incidentes em nossa história recente, perdemos essenciais habilidades linguísticas, diz Märkli, e para expressar nossa posição perante a vida e sua riqueza sensual temos que recuperar essas habilidades. Nós temos também que recuperar uma posição em relação à questão da nossa existência, separados como indivíduos ou parte de uma comunidade maior.

Sobre este autor
Camila Bortoluzzi
Autor
Cita: Camila Bortoluzzi. "Bienal de Veneza 2012: Märkli Architekt" 14 Out 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/75799/bienal-de-veneza-2012-markli-architekt> ISSN 0719-8906