O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Bienal de Veneza 2012: “Feito em Atenas” Pavilhão Grego

Bienal de Veneza 2012: “Feito em Atenas” Pavilhão Grego

Bienal de Veneza 2012: “Feito em Atenas” Pavilhão Grego
Bienal de Veneza 2012: “Feito em Atenas” Pavilhão Grego, © Nico Saieh
© Nico Saieh

 

O Pavilhão Grego para a Bienal de Veneza de 2012 enfocado na atual conjuntura particular de Atenas, que enfrenta um período de crise econômica, o pavilhão aborda a deterioração do espaço público da cidade, a queda dos padrões de vida e a necessidade de redefinir as prioridades do projeto arquitetônico. Os arquitetos e grupos de criação começaram a moldar um novo “common ground” (tema desta Bienal) dentro de Atenas. Com a exposição “Feito em Atenas”, o Pavilhão Grego busca destacar estes movimentos positivos que estão emergindo durante este momento crucial, com o esforço de prenunciar um futuro melhor para a cidade e para esta arquitetura.

Yorgis Yerolymbos, Atenas Espalhada

“Feito em Atenas”:

Descrição cortesia da impressa oficial do Pavilhão Grego

A Atenas contemporânea é uma cidade de fortes contradições: é uma cidade cuja identidade particular foi moldada durante a reconstrução pós Segunda Guerra Mundial. Uma cidade que tem à sua disposição um quadro excepcional de jovens arquitetos talentosos, de orientação internacional, com bons estudos e com uma rica experiência profissional. É, no entanto, a cidade que mais foi afetada pela atual crise econômica. Hoje, o espaço urbano ateniense está se decompondo, com sua malha social cada vez mais rompida. A jovem geração de arquitetos beneficiados pelos aspectos positivos da globalização, hoje, eles têm que enfrentar o aspecto mais severo da crise financeira mundial que diminui os padrões de vida, tendo que readaptar seus trabalhos a esta situação.

© Nico Saieh

Estas contradições estão dando forma a uma dinâmica particular da cidade. As condições estão sendo criadas em Atenas para expandir as conexões entre a arquitetura e a cidade, ambas durante a crise econômica, mas também após a normalização; além disso, as condições colocam em destaque novas formas de ver o papel da arquitetura sem seus padrões de bem-estar da década anterior.

© Nico Saieh

A participação grega apresenta este urbanismo idiossincrático dentro de dois temas: o primeiro concerne à tradição de lugar urbano e, especificamente, à evolução do edifício residencial ateniense ou polykatoikia dos anos 1950 até hoje. Este tema examinará as relações entre a arquitetura anônima e a homônima e o processo de produção de uma paisagem através da repetição de uma unidade básica.

© Nico Saieh

O segundo tema concerne à fragmentação e à disputa sobre o espaço público de Atenas, com foco no contrabalanço e/ou nas forças urbanas complementares. A deterioração do urbano é apresentada juntamente com as tentativas realizadas de reutilizar áreas centrais enquanto os programas de renovação urbana são auxiliados por redes de trabalho alternativas e iniciativas ativistas.

© Nico Saieh

A força criativa da Atenas contemporânea é destacada por uma exposição de obras realizadas por arquitetos e grupos de criação da cidade. A exposição foca em 8 narrativas sobre Atenas, incrementando novas estratégias de projeto e refletindo sobre os empreendimentos que acontecem na cidade.

© Nico Saieh

Uma apresentação simultânea da prática de projeto dos grupos de criação em Atenas, juntamente com as tradições urbanas locais e as transformações do espaço público buscam traçar o novo território comum que está sendo formado em Atenas por esta crise econômica.

© Nico Saieh

Curadores: Arquitetos  Panos Dragonas e Anna Skiada
Fundado por: Grécia e União Europeia
Financiado por: Município de Atenas, Hellenic National Centre for Maps & Cartographic heritage, Onassis Foundation

© Nico Saieh

Arquitetos participantes:

  • Andreas Angelidakis
  • ANTONAS Office (Aristide Antonas, Katerina Koutsogianni)
  • Aesopos Architecture
  • AREA Architecture Research Athens (Styliani Daouti, Giorgos Mitroulias, Michaeljohn Raftopoulos)
  • buerger katsota architects (Stephan Buerger, Demetra Katsota)
  • decaARCHITECTURE (Alexandros Vaitsos, Carlos Loperena, Eleni Zabeli)
  • draftworks* (Christiana Ioannou, Christos Papastergiou)
  • Point Supreme Architects (Konstantinos Pantazis, Marianna Rentzou)
© Nico Saieh

Em exposição estarão muitas propostas para o projeto de blocos de apartamentos e intervenções no espaço público de edifícios do município, bem como o projeto de KM Properties de reconstruir Kerameikos e Metaxourgeio.

Angelos Frantzis, Got To Be Real 1 + 2.

Os projetos residenciais são de autoria dos arquitetos:

  • D. & S. Antonakakis,
  • Argyropoulos & C. Decavallas
  • Atelier Bow Wow
  • Bertaki / C. Loukopoulou / C. Paniyiris
  • BIG
  • Boyd Cody Architects
  • Divercity (N. Travasaros, D. Karampelia, D. Travasaros, C. Achtypi, C. Dimitroukas)
  • doxiadis+ (T. Doxiadis, I. Vonderthann)
  • Dragonas & V. Christopoulou
  • Fatouros
  • FORA (João Fagulha, Raquel Oliveira e João Ruivo)
  • Gkikas & E. Filtsou
  • ISV Architects (B. Ioannou, T. Sotiropoulos, A. van Gilder)
  • Klab Architecture – Konstantinos Lambrinopoulos, K. Krokos, ksestudio (S. Krimizi, K. Kyriakou)
  • Ktenas
  • Μ. Nikoloutsou & M. Filippidis
  • Scroumbelos
  • Solid Objectives – Idenburg Liu (Florian Idenburg, Ioannis Kandyliaris, Ilias Papageorgiou)
  • D. Sotovikis / A. Sotovikis / C. Batziou, tense architecture network (T. Andrianopoulos, C. Mavros, T. Bampanelos)
  • N. Valsamakis, I. Vikelas, Τ. Ch. Zenetos
Área de arquitetura de Pesquisa Atenas, Charting Atenas.

Outras participações por arquitetos/fotógrafos:

  • Charalambos Louizidis & Aikaterini Niki Glinou
  • Yiorgis Yerolymbos
  • Dimitris Michalakis (fotógrafo)
  • Angelos Frantzis (diretor de cinema/artista visual)
  • b (arquiteto/artista de rua)
Panos Dragonas, Anna Skiada, Varvara Christopoulou, Maria Bourdi, Maria Chassioti, Instalação no pavilhão grego.

A exposição foi projetada pelos arquitetos Panos Dragonas, Anna Skiada, Varvara Christopoulou, Maria Bourdi e Maria Chassioti.

As inciativas dos cidadãos também foram apresentadas para a recuperação do espaço público, como o Demosion Sima, Navarino Park e a equipe local / atenienses.

Como citado no anúncio relatado: “A participação grega é parte do esforço que apoia o Ministério do Meio Ambiente a desenvolver uma política coerente em arquitetura, com a atualização e a promoção da produção de projetos contemporâneos na Grécia. O objetivo da participação é distinguir a participação grega do cenário internacional.”

A exposição foi realizada com o financiamento da Grécia e da União Europeia.

Point Supreme Architects, Atenas como uma ilha.
Charalambos Louizidis, Aikaterini NIki Glinou, Arquivo de Atenas
draftworks, Atenas Passagem Noroeste.

Cita: Fernanda Britto. "Bienal de Veneza 2012: “Feito em Atenas” Pavilhão Grego" 12 Set 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/70408/bienal-de-veneza-2012-feito-em-atenas-pavilhao-grego> ISSN 0719-8906