O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Concursos
  3. Resultado do Concurso Latino-americano para Estudantes UFLO / Revista 1:100

Resultado do Concurso Latino-americano para Estudantes UFLO / Revista 1:100

Resultado do Concurso Latino-americano para Estudantes UFLO / Revista 1:100
Resultado do Concurso Latino-americano para Estudantes UFLO / Revista 1:100, Primeiro Lugar: Oh Beibi
Primeiro Lugar: Oh Beibi

A Faculdade de Arquitetura da Universidade de Flores e a Revista 1:100 chamaram o concurso de ideias para o projeto de uma praça pública e pavilhão de banheiros localizados no bairro de Flores da cidade de Buenos Aires, Argentina.

A competição teve como objetivo promover propostas de projetos para futuros arquitetos, criando a consciência sobre as práticas construtivas, materiais, espaciais e ambientais no contexto de uma área pública.

O concurso recebeu 45 propostas e, em seguida, lhes apresentamos os três projetos vencedores juntamente com a apreciação do júri.

 

Primeiro Lugar: Oh Beibi

Primeiro Lugar: Oh Beibi

Agustín Pignata, Magdalena Hidalgo. Universidad Nacional de Córdoba (Argentina)  

Memorial dos autores

Onde muitos veem um “chapéu”, nós vemos um canal intensificador, um catalizador do espaço público, uma INTERFACE comunicativa. A arquitetura sempre foi a interface para a atividade humana, suportou usos, agora deve ser funcional e esteticamente sensível ao mundo digital, um mundo atual, que é, decididamente midiático e interativo, a opção de intervir, manipular, de contaminar, é quase uma necessidade. Pensá-lo como um dispositivo, capaz de abordar sua própria dimensão de infraestrutura e ao mesmo tempo de entrar em uma sinergia empática com ela, um reativo com o lugar. Nós carregamos o centro da cena, liberando as bordas reativas, dando a possibilidade de abertura das laterais; as ações são mínimas, um piso com iluminação, que conecta, um prado verde, e um dispositivo de ação.

Primeiro Lugar: Oh Beibi

 

Crítica do júri

A proposta se destaca pela forma como interpreta o sentido conceitual das bases tanto em sua relação com o entorno (territorialidade) e a oportunidades dentro do contexto social que é apresentada.

O júri também destaca a ação que propõe o trabalho em relação às margens do local proposto. Gera novas relações em torno da construção de um campo de desenvolvimento social e cultural fortalecendo as ações projetuais e programáticas para a região.

Primeiro Lugar: Oh Beibi

Propõe-se ao pavilhão de banheiros como um elemento isolado articulando vários espaços onde são desenvolvidas diferentes ações e recuperam o lugar compreendendo as lógicas espaciais próprias do contexto, gerando condições contemporâneas da dinâmica urbana.  É considerado pertinente a coerência entre o discurso e a proposta, destacando-se a linguagem gráfico com que a comunica.

 

Segundo Lugar: Tane 146

Segundo Lugar: Tane 146

Santiago Canen, Leandro Piazzi. Universidad Nacional de Córdoba (Argentina)

Memorial dos autores

“O caráter da nova praça é dado em três operações, articulando um sistema de lugares. 1. Um Pavilhão / Banheiro Público (pias e pavilhão de banheiros) como hiato no futuro Parque Linear do Oeste 2. Uma extensão semicoberta ligando ao futuro Museu  a atual Casa Alejandro Rosa, permitindo o funcionamento em conjunto de atividades culturais e exposições ao ar livre.  3. Uma esplanada Cívica que enquadra a chegada ao Parque Lineal del Oeste a partir do tecido urbano do bairro de Flores, permitindo a conglomeração de pessoas para eventos públicos. “

Segundo Lugar: Tane 146

 

Crítica do júri

Destaca-se na proposta o alto nível de resolução arquitetônica e sua materialidade, como também sua representação gráfica.

Ao colocar o projeto sobre as divisões se propõe uma relação intermediária entre o projeto e os caminhos (futuro parque linear), assumindo o controle das questões levantadas pelo concurso, reconstruir um setor urbano, tomando conta dos seus limites e respondendo a cada um deles. (limites, museu, vias/parque linear).

Segundo Lugar: Tane 146

Apesar de ser uma proposta equilibrada e bem resolvida nos aspectos anteriormente destacados, observa-se que se cria uma nova paisagem excessivamente campestre, muito distante da cultura urbana complexa que o lugar possui, quase como uma antítese da mesma.

Terceiro Lugar: Hey! 133

Terceiro Lugar: Hey! 133

Leonardo Botelli Dagum, Javier Naval Fernandez, María Sofía Oritiz Flores.  Universidad Nacional de Córdoba (Argentina)

 

Memorial dos autores

Diante de uma nova configuração urbana, que propõe o soterramento do ramal ferroviário e a aparição de um parque linear, dotando a cidade de novo espaço público que costura a trama urbana. Entendemos o local como um “lugar”, que não perde seu caráter linear e dinâmico. Atualmente estamos diante de um limite urbano e social, mas interpretando este limite como uma extremidade podemos dizer que tem espessura, e portanto, densidade e então podem conter atividades.

Com base nisso, observa-se que o setor responde à dualidade escalar: BAIRRO –URBE, o que permite uma proposta em torno a vazios e configuração de extremidades que admitam o convívio de escalas e espaços, gerando densidade de usos.

Em relação ao patrimônio, adotamos a postura forte com ambos os edifícios, lidar com esta situação urbana e gerar espaços intermediários que dialogam.

A proposta: Reconfiguração da margem junto ao parque linear. Elevação da bateria de  banheiros sobre ele (relação direta). Criação de um espaço semicoberto, poli funcional,  potenciador de atividades sociais tanto do bairro de Flores como do parque, com atividades de muito atrito. (Feiras, mercados, etc.) O banheiro, como suporte de atividades,  como abrigo de funções como higiene,  comunicador social, como um globo incandescente (iluminação).

Terceiro Lugar: Hey! 133

Crítica do júri:

 

A proposta baseia-se na premissa de entender o setor como um apêndice do futuro parque linear e que por sua localização e contexto é apresentado como um espaço para responder à relação BARRIO-URBE. Define o pavilhão de banheiros como uma peça arquitetônica  repetível e elevada do nível zero para reforçar a continuidade do parque para as bordas do local e criando espaços para descanso e recreação semicobertos em seu caminho. Sobre o mesmo colocam-se atividades comerciais, reservados e de troca diferenciando as ações que acontecem abaixo e em cima do pavilhão

Terceiro Lugar: Hey! 133

É destacável a resolução projetual e materialização da peça-módulo de banheiros elevados. Considera-se pertinente a coerência entre o discurso e a proposta, destacando-se graficamente a construção de um modelo do módulo. Como algo questionável do trabalho este júri entende que a escala da intervenção em relação ao pavilhão de banheiros se excedeu,  assim também como sua altura em relação aos edifícios que o circundam que são patrimônios.

Ficha técnica:

  • Arquitetos:
  • Ano: 2012
  • Tipo de projeto: projetos do mismo tipo">Público
  • Operação projetual:projetos na misma operacao">Intervenção
  • Status:projetos no status">Concurso
  • Características Especiais: Sustentável
  • Localização:

Sobre este autor
Paula Garcia Monteiro
Autor
Cita: Paula Garcia Monteiro. "Resultado do Concurso Latino-americano para Estudantes UFLO / Revista 1:100" 11 Set 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/70248/resultado-do-concurso-latino-americano-para-estudantes-uflo-revista-1-100> ISSN 0719-8906