O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Parque Pintor Vila Closes / David Closes

Parque Pintor Vila Closes / David Closes

Parque Pintor Vila Closes / David Closes
Parque Pintor Vila Closes / David Closes, © Jose Hevia
© Jose Hevia

Este pequeno parque está localizado em uma densa zona da cidade catalã Manresa, carente de vegetação. Com a configuração topográfica proposta, e sobretudo com a localização das estruturas características dos parques (umbrais e pérgulas), o objetivo do projeto consiste em dividir o parque e distinguir visualmente estes elementos. Esta fragmentação propõe converter o parque em um lugar rico e complexo, gerando a percepção espacial de um grande parque, mantendo a uniformidade formal do conjunto.

© Jose Hevia

A sequência de espaços e lugar dão definidas pela localização dos umbrais, assim como por uma configuração topográfica que utiliza plataformas que definem um percurso em zigzag. Alguns espaços de reunião estão abaixo dos pórticos, e outros são definidos pelos gradientes topográficos e pelo volume das pérgulas.

Planta

As estruturas são de aço tubular galvanizado cobertas por uma malha metálica, a qual dá forma à vegetação que crescem nelas. Os umbrais são estruturas que funcionam como um envelope de dupla malha metálica. A primeira camada tenta definir geometricamente as copas das árvores que foram plantadas no interior. Portanto, espera-se que a massa de árvores adquiram formas geométricas, formando uma topiaria. Na segunda camada, paralela à primeira, são plantadas espécies de trepadeiras, assemelhando-se a um muro vivo integrado no volume.

Corte

Com as pérgulas, que marcam a entrada principal do parque e os espaços de conexão entre as diferentes plataformas, o objetivo é estender as plantas trepadeiras, pelos menos parcialmente, sobre as estruturas. Desta forma, as estruturas de malha junto com a vegetação busca atuar como filtros espaciais, utilizando cores e graus de transparência em diferentes lugares e épocas do ano. Isto dará diferentes profundidades às zonas do parque durante as diferentes estações.

© Jose Hevia

Pela noite, as estruturas são convertidas em lâmpadas incandescentes que iluminam o parque.

Ficha técnica:

  • Arquitetos:David Closes
  • Ano: 2009
  • Área do terreno: 3800 m²
  • Tipo de projeto: Paisagismo
  • Status:Construído
  • Materialidade: Vidro
  • Estrutura: Aço
  • Localização: Manresa, Espanha

Equipe:

  1. Equipe de Projeto: Núria Bayó, Carles Jaén

Informação Complementar:

  1. Engenharia Civil: Oriol Puig
  2. Engenharia Industrial: Manel Ribera
  3. Agrónomo: Xavier Candela
  4. Construtora: GrupSoler
  5. Cliente: Municipalidad de Manresa

 

  1. Orçamento: 1,389,139 Euros

Cita: Marina de Holanda. "Parque Pintor Vila Closes / David Closes" 20 Ago 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/65966/parque-pintor-vila-closes-david-closes> ISSN 0719-8906