O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. La Liberté / Dominique Perrault Architecture

La Liberté / Dominique Perrault Architecture

La Liberté / Dominique Perrault Architecture
La Liberté / Dominique Perrault Architecture, © Jim Ernst / DPA / Adagp
© Jim Ernst / DPA / Adagp

“La Liberté”, habitação social e edifício de escritórios, foi realizada com a colaboração constante entre o cliente, o arquiteto e a cidade de Groningen.

O projeto é um símbolo forte da renovação urbana e do desenvolvimento social da cidade. Sinal novo na paisagem, “La Liberté teve um sucesso imediato: todos os apartamentos já estão alugados.

© Mark Sekuur / Prima Focus / DPA / Adagp

Groningen, uma cidade nova, colocada entre as 10 cidades mais importantes da Holanda, tem sido desenvolvida desde 2004 uma campanha de habitação chamada “The Intense City”. Evitando a suburnanização, protegendo as áreas rurais e garantindo a qualidade dos espaços urbanos, a prefeitura deseja manter a cidade compacta e viva.

Já reforçada por essa nova visão urbana para Groningen, a cidade lançou depois a iniciativa “ Ring Zuid Groningen”, para desenvolver mais particularmente os bairros alinhados com a rodovia principal do país, Weg der Verenidge Naties, localizada ao sul de Groningen.

Essa nova estratégia, encorajada pelo ministro de transportes, a província da cidade de Groningen, é uma questão importante na renovação social e urbana da cidade, mas também na área ambiental. Primeiro de tudo, esta rodovia, atuando como verdadeira fronteira urbana, será gradualmente entrincheirada e “dividida” a fim de melhorar e intensificar as circulações urbanas e ligações.

© Mark Sekuur / Prima Focus / DPA / Adagp

Ao redor da rodovia, a cidade recomendou arranha céus visando criar e preservar espaços verdes ao pé das construções. A preservação desses espaços verdes e suas conexões permitirão alamedas ecológicas, abrindo para todos e garantindo uma nova biodiversidade.

Em paralelo, a cidade começou a trabalhar com diferentes promotores imobiliários para a realização de edifícios de escritórios e/ ou habitação social  e nomear arquitetos internacionais. Diversos projetos estão sob construção  e em particular alguns escritórios do UN Studio e algumas habitações do Mecanoo.

Então, a companhia Christelijke Woningstichting Patrimonium encomendou em 2007 a Dominique Perrault a construção de dois edifícios de uso misto, habitação social e escritórios para alugar,  no sudoeste da cidade.

© Mark Sekuur / Prima Focus / DPA / Adagp

Localizado nos arredores de Groningen, o lote está rodeado por blocos de habitações sociais típicas do pós guerra . Dominique Perrault se aproveitará do contexto urbano para criar os volumes de “La Libertè”. Como o pedido foi que se construísse um edifício alto, o arquiteto se aproveita dessa horizontalidade para criar volumes crescentes.

O projeto compreende a construção de dois edifícios de planta quadrada: uma torre de aproximadamente 80 metros (torre A), e outro de 40 metros de altura (torre B)

Os edifícios ambos são feitos de uma plataforma, inteiramente em vidro, independente, com a mesma altura (R+2) e acomodam os escritórios. Como eles não são mais altos do que os blocos próximos, as plataformas respeitam e ampliam sua horizontalidade.

Então, dois blocos, com diferentes alturas, parecem estar flutuando acima das plataformas e acomodam as habitações. Aqui o arquiteto brinca com os volumes: na verdade a torre A é composta por dois blocos de habitações em proporções equivalentes e levemente deslocados. Parece que o arquiteto empilhou diferentes volumes, uns nos outros: um volume de escritórios e um volume de habitações para a torre B, um volume de escritórios e dois volumes deslocados de habitação para a torre A.

Planta

Os blocos de habitação estão pendurados acima dos escritórios graças à um terraço de 5 metros de altura. Nesse “espaço intermediário”, apenas um núcleo, abrigando os espaços comuns, trás uma transposição fácil entre os espaços privados e os escritórios. Finalmente, uma passarela, localizada no mesmo nível e aberta aos usuários, conecta ambas as torres.

Através do tratamento das fachadas, Dominique Perrault cria um diálogo real entre os dois edifícios e entre o projeto e o seu ambiente urbano. Qualquer que seja o ponto de vista, as fachadas dos três blocos de habitação nunca oferecem o mesmo tratamento de cores – preto, cinza e brancos. Esses tons de cor reforçam a impressão de empilhamento e energiza o horizonte da cidade.

Além disso alguns painéis de aço polido são posicionados perpendicularmente às fachadas, que pontuam as fachadas e multiplicam as percepções do edifício. Dominique Perrault entrega aqui habitação social de qualidade, oferecendo dimensões e espaços substanciais. Cada nível tem 5 apartamentos;  todos os apartamentos possuem 3 quartos e uma ampla área de superfície média.

Corte

A lei holandesa impõe uma fachada totalmente cega para os apartamentos voltados para a rodovia. Esta habitação não pode ter nenhuma janela que se abra e não há nenhuma ventilação. Dominique Perrault joga com essa imposição articulando esses apartamentos ao redor de galerias internas de vidro. Essas galerias, totalmente móveis e equipadas com filtros sofisticados,  funciona como uma proteção de verdade contra poluição sonora.

Finalmente os painéis de aço polido, configuram o nível das galerias, capturam luz natural e a refletem em direção dos apartamentos. Estes espelhos também oferecem aos residentes uma visão exterior alternativa.

“La Liberté” conta com 120 apartamentos, divididos em 15 tipos diferentes com aproximadamente 40 variações.

© Mark Sekuur / Prima Focus / DPA / Adagp

Assim, a construção alta permite espaços livres na parte inferior dos edifícios. Ao norte do edifício, e para responder à ordem, Dominique Perrault posiciona o jardim ecológico projetado para desenvolver a flora e a fauna local. Aberto a todos, ele será integrado à maneira ecológica da cidade. Um jardim “meditativo” será criado ao sul dos edifícios. Será um espaço oferecido e aberto a todos.

Dominique Perrault introduz aqui muitos níveis de diálogo: entre o projeto e seu ambiente urbano; entre as duas torres e seu tratamento arquitetônico; entre os espaços públicos e os privados através de transições fáceis permitindo a troca entre residentes e as pessoas trabalhando nos escritórios.

Dominique Perrault realiza um edifício aberto para a cidade: através dessa manipulação artística de diferenças em escala, esses edifícios foram projetados para se tornar um novo marco, criando uma nova paisagem urbana.

© Mark Sekuur / Prima Focus / DPA / Adagp

Ficha técnica:

Equipe:

  1. Arquiteto associado: Oving Architekten
  2. Engenharia: Dijkhuis Groningen (structures), Zonderman B.V. (electrical engineering), Feenestra (heating and ventilation systems), Gevekebouw B.V. (general contractor)



 

 

 

Informação Complementar:

  1. Cliente: Christelijke Woningstichting Patrimonium
  1. Fotografias: Jim Ernst, Mark Sekuur / Prima Focus

Sobre este escritório
Dominique Perrault Architecture
Escritório
Cita: Paula Garcia Monteiro. "La Liberté / Dominique Perrault Architecture" 25 Jun 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/55869/la-liberte-dominique-perrault-architecture> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.