O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. China copia uma aldeia austríaca

China copia uma aldeia austríaca

  • 17:00 - 23 Junho, 2012
  • por Joanna Helm
China copia uma aldeia austríaca
China copia uma aldeia austríaca, Hallstatt, na Áustria, patrimônio da UNESCO, literalmente, re-construída, tijolo por tijolo, na China. © Boris Stroujko via Inhabitat/Shutterstock
Hallstatt, na Áustria, patrimônio da UNESCO, literalmente, re-construída, tijolo por tijolo, na China. © Boris Stroujko via Inhabitat/Shutterstock

Os chineses são reconhecidos por sua propensão de serem inovadores, seja em marcas de bolsas ou aparelhos de alta tecnologia, porém, desta vez, eles levaram isto a um nível totalmente diferente.

Uma pequena vila protegida pela UNESCO na Áustria, Hallstatt, foi reconstruída, tijolo por tijolo, no distrito subtropical de Guangdong, China. Enquanto os moradores de Hallstatt estavam, no primeiro momento, infelizes com esta cópia, a maioria mudou de ideia (devido, em grande parte, à chegada de turistas chineses que agora abrem seu caminho para este pequeno sítio austríaco).

Por mais estranha que essa ideia possa parecer, é muito possível que Hallstatt será a primeira de muitas. Se considerado os avanços das impressoras 3D e o compartilhamento aberto cada vez mais comum do “physible data” (dados digitais que podem se transformar em objetos físicos), não é difícil imaginar, então, que um dia as cidades serão baixadas (assim como downloads) e reproduzíveis em todo o mundo. Talvez no futuro, os arquitetos trabalharão exclusivamente na esfera conceitual, desenhando plantas que os consumidores produzirão.

Se for este o caso, pode existir alguma dúvida de que a China liderará este feito?

Veja o vídeo a seguir ( em inglês)


História via Inhabitat e Reuters.

 

 

Cita: Joanna Helm. "China copia uma aldeia austríaca" 23 Jun 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/55401/china-copia-uma-aldeia-austriaca> ISSN 0719-8906