O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casa OS / NOLASTER

Casa OS / NOLASTER

Casa OS / NOLASTER
Casa OS / NOLASTER, © Jan Bitter
© Jan Bitter

© Jan Bitter

O projeto de arquitetura é apresentado sob as seguintes condições. Um casal comprou uma das poucas parcelas disponíveis no litoral do Golfo da Biscaia. Após avaliarem cada aldeia costeira de Plentzia até San Vicente de la Barquera por quase um ano, eles encontram o lugar que buscavam em um bairro residencial da década de 1970 próximo a Loredo, um resort de verão fora de Santander.

© Jan Bitter

A gleba se inclina para baixo e é cortada por um penhasco de 30 metros de altura, onde as ondas quebram. O vento do mar do norte é muito severo, tornando difícil o crescimento de árvores na orla. Sempre que alguém novo chega, se questiona por que as casas dão face ao sul e viram as costas para o mar. A orientação sul e o sol são mais apreciados pelo povo das terras altas que vêm aos arredores para comprar uma casa, enquanto o mar é apenas óbvio. “Nós, ao contrário, viemos de muito longe em busca do mar, do vento, das ondas, e assim decidimos obter o lote número 21, mesmo indo contra maré”.

© Jan Bitter

O tamanho do terreno é de 90×50 m, 4500 m² e taxa de construção de 8%, ou seja, 360 m². Embasamento não está incluído. Distância para os limites laterais de 10 metros, e 12 para o eixo da rua traseira. 11 metros de descida. 30 minutos de caminhada para a praia de Langre e 10 para o extremo leste da praia de Puntal, cuja extremidade oposta fecha a baía de Santander. O Golfo de Biscaía faz horizonte ao Cabo Mayor, para o oeste, e todo o caminho até o Cabo de Ajo, para o leste.

Corte

Uma nova topografia é definida em ordem para proteger um jardim posterior ao sul do forte e persistente vento do mar. O edifício está fechado num prisma quadrado (22×22 m), medindo três metros e meio de altura. A fachada mais exposta da casa é o telhado verde. O programa principal é desenvolvido no primeiro andar, sobre um piso térreo, que é composto por garagem, instalações, armazenamento, varanda e jardim sul. Nenhum dos pedaços ao longo do telhado é maior do que a linha do horizonte visto a partir da rua.

© Jan Bitter

O desejo de interferir o mínimo possível com a visual topográfica da paisagem solicitou uma solução para agregar a casa ao chão e encontrar soluções para a fachada e telhado que possuíssem uma relação direta com o entorno. A ideia de um “edifício agachado” norteia as decisões relativas ao volume, posição, ocupação, equipamentos exteriores e revestimentos da fachada.

© Jan Bitter

A propriedade requer o programa de uma casa de férias (embora certamente se torne a casa permanente dos proprietários no futuro), capaz de se ajustar às mudanças relacionadas ao número de usuários, a época, e assim por diante. Este programa complexo (casal, família, amigos; verão, inverno; fim de semana, longas estadias) é resolvido atendendo os valores de low-energy, simplicidade espacial e flexibilidade de uso.

Esquema conceitual

O programa da casa, disposto em faixas perpendiculares ao eixo longitudinal do terreno, é a seguinte (começando pelas áreas mais próximas do mar): sala de estar/jantar/biblioteca + escritório; sala Santander + banheiro + toilet/depósito + cozinha + banheiro duplo + sala “multiview”; pátio vertical + hall norte + pátio de acesso; sala introvertida + banheiro indiscreto + breve espaço + espaço flexível + banheiro aberto + banheira; pátio vazio + hall sul + pátio “feto”; sala múltipla + banheiro + estar ao sul + banheiro + espaços para vagas. OS HOUSE está pronta.

© Jan Bitter

Ficha técnica:

  • Arquitetos:NOLASTER
  • Ano: 2002
  • Área construída: 360 m²
  • Endereço: Loredo, Ribamontán al Mar Cantabria Espanha
  • Tipo de projeto: Habitacional
  • Status:Construído
  • Materialidade: Metal
  • Estrutura: Aço
  • Localização: Loredo, Ribamontán al Mar, Cantabria, Espanha
  • Implantação no terreno: Isolado

Equipe:

  1. Arquitetos: NOLASTER - Carmina Casajuana, Beatriz G. Casares, Marcos González, Pablo Oriol, Fernando Rodríguez y Arturo Romero
  2. Contratadores Gerais: Construcciones Volga + Ramiro Bra Rivas
  3. Engenharia Estrutural: NOLASTER + Constantino Hurtado
  4. Serviços: Fernando Rodríguez Cerón
  1. Cliente: Carmen Salgado y José Miguel Oriol
  2. Início da Construção: 2002
  3. Completo em: 2005

Cita: Victor Delaqua. "Casa OS / NOLASTER" 02 Mai 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/46394/casa-os-nolaster> ISSN 0719-8906