O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casa Fink / Ian Moore Architects

Casa Fink / Ian Moore Architects

Casa Fink / Ian Moore Architects
Casa Fink / Ian Moore Architects, © Brett Boardman
© Brett Boardman

© Brett Boardman

Esta é a reforma de uma pequena casa de arenito de 1840 classificada como patrimônio que foi substancialmente complementada nos anos 1980. A fachada principal da casa não pode ser alterada e nenhuma adição pode ser visível acima da linha da cumeeira existente. O interior da residência, incluindo suas paredes de arenito, estava em péssimas condições, logo, uma estratégia de ocultamento foi adotada: um novo revestimento em gesso cobriu todas as paredes e as duas janelas existentes na parede do fundo da casa.

© Brett Boardman

As janelas originais da fachada principal foram mantidas, porém cobertas com cortinas de tecido para prover privacidade, ainda recebendo luz. A porta principal é o único elemento original visível no interior. As adições dos anos 1980 foram destruídas e novas janelas e portas foram encaixadas nas aberturas existentes enquanto o sótão sob o telhado de duas águas da garagem foi demolido e um segundo pavimento foi inserido. A primeira inovação conceitual no projeto foi a passarela sobre o pátio. A casa principal era simplesmente muito pequena para acomodar os três quartos e os dois banheiros solicitados pelo cliente. A passarela permitiu que a suíte principal fosse colocada sobre a garagem, no fundo da propriedade, mas ainda fisicamente conectada ao mesmo nível dos quartos das crianças.

© Brett Boardman

O segundo conceito foi integrar o pátio e a garagem (que pode ser usada como um espaço de brincadeiras para as crianças) na área de estar principal, de modo que o interior pareça muito maior do que realmente é, e colocar o pátio no centro da casa para que todos os espaços se voltem para ele ,criando um ambiente de estar inspirador.

© Brett Boardman

A casa possui uma ampla planta legível com o nível mais baixo dividido em quatro espaços quase quadrados, sala de estar (a casa original), cozinha e sala de jantar, pátio e garagem (espaço das crianças e área adicional de entretenimento quando não há carros). O nível superior acomoda os dois quartos das crianças, banheiro e sala de estudos, a passarela que atravessa o pátio e a suíte principal sobre a garagem.

Planta térreo
Planta 1º pavimento

Jim Osbourne do escritório Material colaborou com o projeto de paisagismo do jardim e do pátio. O jardim foi concebido como um jardim de casa de campo tradicional, com árvores e arbustos para proporcionar privacidade da rua movimentada e do ponto de ônibus na frente do portão. O pátio foi projetado como um jardim perfumado de sebes e videiras formadas sobre as paredes existentes e um bordo japonês que cria um elemento forte de cor.

Corte longitudinal

O projeto inclui alguns conceitos ambientais simples como: ventilação natural através do modo ajustável de persianas e grandes portas de vidro de correr, brises externos de alumínio para as janelas e claraboias, piso de madeira reciclável, retenção da casa existente de arenito e da vedação das adições dos anos 1980, reciclagem do piso de granito presente no pátio, passarela que proporciona sombra aos bancos do pátio, iluminação de longa vida e baixo consumo de energia, torneiras que poupam o consumo de água e bacias com caixa embutida. Uma lareira de combustão de etanol eco-inteligente foi instalada na sala de estar no lugar da lareira original de madeira.

© Brett Boardman

 

 

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Ian Moore Architects
  • Ano: 2007
  • Área construída: 171 m²
  • Endereço: Woollahra Sydney Austrália
  • Tipo de projeto: Residencial
  • Operação projetual:Reforma
  • Status:Construído
  • Localização: Woollahra, Sydney, Austrália
  • Implantação no terreno: Adossado às 2 divisas

Equipe:

  1. Arquiteto principal: Ian Moore
  2. Arquiteto de projeto: Yoshihito Kashiwagi
  3. Equipe de projeto: Zoe Spiegel

 

 

 

 

Sobre este escritório
Ian Moore Architects
Escritório
Cita: Fernanda Britto. "Casa Fink / Ian Moore Architects" 24 Fev 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/34346/casa-fink-ian-moore-architects> ISSN 0719-8906