O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Almajayar Offices / Cruz y Ortiz Arquitectos

Almajayar Offices / Cruz y Ortiz Arquitectos

Almajayar Offices / Cruz y Ortiz Arquitectos
Almajayar Offices / Cruz y Ortiz Arquitectos, © Duccio Malagamba
© Duccio Malagamba

A zona de Almajayar, a área escolhida para a construção das sedes administrativas do Governo Regional Andaluz de Granada, não proporcionou nenhum tipo de estímulo para projeto ou layout do edifício.

© Duccio Malagamba

O terreno escolhido foi cercado por edifícios residenciais a oeste, um grande centro de compras ao sul, um supermercado ao norte e construções eternamente inacabadas a leste. Em essência, o objetivo preciso da administração pública foi alcançar o rezoneamento da área através da presença deste novo edifício; sem dúvidas, uma abordagem positiva em termos de desenvolvimento urbano, mas que também apresentou uma série de desafios para o desenho da edificação, como se não houvesse quaisquer pontos de referência ou informações positivas para se desenhar sobre.

© Duccio Malagamba

Isto levou ao projeto de um edifício do qual sua única fachada externa evita replicar qualquer linha das construções próximas. Na verdade, o edifício adquire sua forma de um novo espaço, um pátio precisamente geométrico que ocupa seu centro e seu entorno onde toda a estrutura é organizada. Basicamente, todo o complexo gira em torno desse espaço; cada estrutura cresce progressivamente em altura, de três a cinco, sete ou nove pavimentos, alinhada com os quatro lados do pátio retangular. Em suma, o edifício se desassocia das fachadas externas e origina sua estrutura a partir de seu próprio centro, deste novo espaço criado.

© Duccio Malagamba

O complexo é acessado pelo sul onde, após passar pelos pontos de controle e pórticos, os visitantes chegam sobre o pátio em uma descoberta inesperada. A partir de lá, eles podem acessar as várias áreas de circulação vertical. A influência deste espaço central e sua importante organização estendem-se até a disposição dos escritórios em vários pisos; os escritórios individuais são agrupados em torno do pátio enquanto as vistas para as áreas externas de geometria mais irregular estão reservadas para os escritórios de planta livre.

© Duccio Malagamba

Após cruzar o pátio, os visitantes chegam a um edifício complementar que foi desenvolvido posteriormente. Esta estrutura se abre em direção ao edifício principal enquanto se fecha para a rua de trás. Um contraste é, então, criado – as fachadas externas do segundo edifício espelham as fachadas internas – que são abertas para o pátio – do primeiro edifício.

Planta

As fachadas de ambos os edifícios foram revestidas com painéis de zinco, tornando monocromático o complexo como um todo; um tom de cinza que se diferencia claramente das construções vizinhas. Para além de distinguir este edifício de seu entorno suburbano, um grande relógio foi colocado no ponto mais alto do complexo, permitindo que a construção seja orgulhosamente reconhecida como um estabelecimento público.

Corte
© Duccio Malagamba

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Cruz y Ortiz Arquitectos
  • Ano: 2010
  • Área construída: 46.893 m²
  • Endereço: Calle Joaquín Eguarás Granada Espanha
  • Tipo de projeto: Comercial
  • Status:Construído
  • Materialidade: Metal
  • Estrutura: Concreto
  • Localização: Calle Joaquín Eguarás, Granada, Espanha
  • Implantação no terreno: Isolado
  1. Cliente: Direção Geral de Patrimônio. Ministério de Economia e Finanças. Junta de Andalucía
  2. Orçamento: 34.930.267,43 euros
  3. Construção: 2004-2010

Sobre este escritório
Cruz y Ortiz Arquitectos
Escritório
Cita: Fernanda Britto. "Almajayar Offices / Cruz y Ortiz Arquitectos" 17 Fev 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/32001/almajayar-offices-cruz-y-ortiz-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.