O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Carabanchel Housing / Foreign Office Architects

Carabanchel Housing / Foreign Office Architects

Carabanchel Housing / Foreign Office Architects
Carabanchel Housing / Foreign Office Architects, © FAG, AGG
© FAG, AGG

Este terreno é um paralelogramo de 100×45, de orientação norte-sul e que é limitado a oeste por um parque urbano e ao norte, leste e oeste por blocos habitacionais similares, localizado em um novo empreendimento no sul de Madri. A regulamentação determina o número e tipo das unidades que devem atingir áreas maiores e menores e respeitar o gabarito estabelecido, porém não restringe o alinhamento com o terreno retangular.

© FAG, AGG

Dado à adjacência do futuro parque urbano e a orientação norte-sul do terreno, nossa proposta foi de compactar o volume conforme a altura máxima determinada para que cada unidade tivesse dupla orientação leste-oeste. Para isso, as unidades se tornaram uma espécie de “tubos” de 13,40m de comprimento, conectando ambas as fachadas e evitando qualquer tipo de estrutura na partição dos apartamentos. Este foco no lado oeste do terreno nos concedeu a possibilidade de criar jardins privados para as unidades no lado leste, localizados acima da garagem de cada apartamento.

Diagrama de apartamentos

As unidades residenciais são, no entanto, abertas para dois diferentes jardins em cada orientação e suas fachadas são totalmente envidraçadas. Cada lado do edifício é equipado com um terraço de 1,5m de largura ao longo de toda a fachada que torna possível o uso de um espaço “semi-externo” em diferentes estações. Esses terraços são limitados por persianas de bambu estruturadas em folhas de correr que permitem a proteção necessária contra a exposição do sol leste-oeste e segurança para as unidades, podendo se abrir inteiramente para os jardins.

© SP

Houve muitas discussões nos últimos anos sobre explorar o potencial de tipologias residenciais personalizadas e a possibilidade de diferenciar a aparência das unidades para que seus moradores pudessem ter a oportunidade de adquirir algum tipo de identificação pessoal com suas residências. Mesmo que a aproximação seja legítima e interessante, muitas vezes os experimentos desenvolvidos acabam em arranjos arbitrários onde algumas dessas identidades são puramente coloridas e decorativas. O risco desta intenção é cair em um tipo de ideologia provincial na qual os habitantes urbanos contemporâneos almejam que suas casas sejam diferentes e características enquanto, de fato, uma das vantagens de se viver em uma metrópole é a possibilidade de ser anônimo, de perder a identificação rural e burguesa entre a casa e seus moradores.

© FAG, AGG

Muitas vezes, este tipo de busca absorve recursos substanciais nessas contorções decorativas à custa da qualidade de detalhe e de espaço. Nosso experimento com esse projeto de casas de baixo custo foi prover o máximo de espaço, flexibilidade e qualidade para as residências e apagar a visibilidade das unidades e suas diferenças, criando um único volume com uma pele homogênea capaz de incorporar algumas diferenças gradativas que dependem do gosto de cada cidadão e não da visão do arquiteto.

Plantas de apartamentos
© SP

Ficha técnica:

Equipe:

  1. Colaboradores: David Casino, Leo Gallegos, Joaquim Rigau, Caroline Markus, Nerea Calvillo

Informação Complementar:

  1. Cliente: Empresa Municipal de la Vivienda y Suelo
  2. Empreiteira: ACCIONA
  3. Engenheiro estrutural: Jesus Hierro
  4. Fiscal Quantitativo: Alfonso Cuenca Sanchez
  5. Engenheiro Elétrico: FASEVEN
  6. Fotografias: Francisco Andeyro Garcia & Alejandro Garcia Gonzalez (FAG, AGG), Sergio Padura (SP)
  1. Valor de contrato: 6.060.530 euros (9.565.230 dólares)

Sobre este escritório
Foreign Office Architects
Escritório
Cita: Fernanda Britto. "Carabanchel Housing / Foreign Office Architects" 30 Jan 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/25982/carabanchel-housing-foreign-office-architects> ISSN 0719-8906