O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Escola Secundária
  4. Espanha
  5. Fernández Soler Monrabal Arquitectos
  6. 2012
  7. CEIP Mediterrâneo de Alicante / Fernandez Soler Monrabal Arquitectos

CEIP Mediterrâneo de Alicante / Fernandez Soler Monrabal Arquitectos

CEIP Mediterrâneo de Alicante / Fernandez Soler Monrabal Arquitectos
CEIP Mediterrâneo de Alicante / Fernandez Soler Monrabal Arquitectos, © Diego Opazo
© Diego Opazo

© Diego Opazo © Diego Opazo © Diego Opazo © Diego Opazo + 28

  • Colaboradores

    Alejandro Rodríguez Sáenz, Ismael Planelles Naya
  • Estruturas

    David Gallardo Llopis
  • Construtora

    Fcc Construccion.S.A
  • Instalação

    Indigo Ingenieria S.L
  • Supervisor de quantitativos

    Juan Antonio Díaz Romero
  • Mais informações Menos informações

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto consiste em uma Escola Elementar com seis unidades de creche, doze unidades primárias, refeitório, ginásio e espaços complementares.

O terreno se localiza em uma área de crescimento urbano onde a cidade de Alicante e o balneário de San Juan convergem. Esta área é caracterizada por suas construções abertas, compostas principalmente por blocos de apartamentos de uma determinada época, com espaços abertos e gabaritos que variam de cinco a doze pavimentos. As construções mais recentes adotam uma tipologia semelhante, porem com maior densidade.

© Diego Opazo
© Diego Opazo

O terreno tem uma geometria retangular. O lado mais longo apresenta um aclive constante que se eleva a uma altura de oito metros; esta característica se tornou uma das principais exigências econômicas e formais do projeto.

O edifício se alinha com o limite oeste do terreno e aloca ai a entrada principal. As áreas de salas de aula são resolvidas em duas faixas paralelas no lado de menor dimensão do terreno. Esta estratégia forma um esquema enclausurado e concentra o edifício na plataforma superior, por onde se dá o acesso.

© Diego Opazo
© Diego Opazo

O terreno apresenta um declive acentuado e solo rochoso. Acomodar a enorme área esportiva nos espaços internos teria exigido uma enorme movimentação de terra, o que ia contra as limitações financeiras. Então, os cortes na topografia foram pensados como um jogo de plataformas, buscando mover o menor volume de pedra e terra possível.

As salas das crianças se localizam ao sul do terreno. O playground é delimitado pelo edifício e pelo limite do terreno e se encontra no nível do térreo.

© Diego Opazo
© Diego Opazo

As salas de aula contam com espaços ao ar livre, apropriadamente protegidos da incidência solar por um proeminente balanço.

As salas de aula do primário se organizam em dois níveis, sendo que seis delas se voltam para norte. Para evitar exposição solar excessiva, elas contam com um imponente balanço que proporciona a proteção necessária. As outras áreas (Biblioteca, Laboratório de Computação, Sala de Música e Oficinas) se localizam no térreo, voltadas para leste e organizadas em blocos perpendiculares ao corredor que leva ao refeitório. 

Os materiais do projeto foram adaptados devido à situação de crise econômica; portanto, optou-se pelo uso de alvenaria. Foi evitado ao máximo o uso de revestimentos e gesso nos ambientes internos.

Planta do primeiro pavimento
Planta do primeiro pavimento

Permitimo-nos o uso de tecnologias como soleiras e persianas externas de alumínio, o que não representou um acréscimo muito acentuado no orçamento

A escolha de tijolos e persianas brancas permitiu que brincássemos com a atmosfera da praia de Cabo de las Huertas: praticamente todas as construções locais estão em harmonia cromática e de materiais, que o projeto busca integrar.

© Diego Opazo
© Diego Opazo

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "CEIP Mediterrâneo de Alicante / Fernandez Soler Monrabal Arquitectos" [CEIP Mediterráneo de Alicante / Fernandez Soler Monrabal Arquitectos] 12 Abr 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/188391/ceip-mediterraneo-de-alicante-slash-fernandez-soler-monrabal-arquitectos> ISSN 0719-8906