O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Jardim De Infância
  4. Colômbia
  5. Alejandro Restrepo-Montoya Arquitectura
  6. 2009
  7. Jardim de Infância Moravia / Alejandro Restrepo Montoya + Javier Castañeda Acero

Jardim de Infância Moravia / Alejandro Restrepo Montoya + Javier Castañeda Acero

Jardim de Infância Moravia / Alejandro Restrepo Montoya + Javier Castañeda Acero
Jardim de Infância Moravia / Alejandro Restrepo Montoya  + Javier Castañeda Acero , © Sergio Gómez
© Sergio Gómez

© Sergio Gómez © Juan Felipe Gómez Tobón © Sergio Gómez © Vásquez Villegas Fotografía + 34

© Sergio Gómez
© Sergio Gómez

1. As Características Urbanas e Sociais
Entre Carências Sociais e Construções informais
O Barrio Moravia está localizado na ponta nordeste da cidade de Medellín e está ligado à área central da cidade através do Paseo Urbano Carabobo. Novos espaços urbanos e atividades culturais próximos a Moravia estão começando a gerar uma percepção diferente do setor. O bairro tem sido lugar de assentamentos não planejados e diversos crescimentos urbanos. Em dezembro de 2004, censo indicou que existem 4.300 imóveis localizados na zona de riscos físicos e ambientais não-recuperável, além de áreas de riachos ocupadas por assentamentos informais e uma boa oportunidade para o desenvolvimento de projetos de mobilidade, a geração do espaço público e diversas instalações. Habitações não planejadas têm sido historicamente construídas no bairro Moravia, a maioria deles localizados em um aterro sanitário. Moravia é um sistema urbano com uma configuração fechada, o que favorece o "desenvolvimento interno" da vida comunitária dos seus habitantes, com uma malha urbana labiríntica e reduzidas relações físicas com a cidade.

Planta Baixa Segundo Pavimento
Planta Baixa Segundo Pavimento

Wall Section Section B Planta Baixa Primeiro Pavimento Perspective + 34

De acordo com o censo de 2004, 35% da população de Morávia tem entre três e dez anos de idade, idades estas que permitiriam pensar a necessidade de equipamentos públicos e coletivos para os cidadãos na primeira infância. Intervenções planejadas sucessivas desde 2005 mostraram que o processo de consolidação física do bairro como um dos assentamentos mais densamente povoados da cidade. Este problema-aliado ao descaso histórico do Estado, a presença de um conflito armado e o agravamento dos problemas sociaos, econômicos, educacionais e culturais - exigiu a intervenção compreensiva e abrangente por parte da Administração Municipal.

© Sergio Gómez
© Sergio Gómez

2. Um espaço para uma Educação Primária e Encontros Familiares
A Origem do Projeto

Um Concurso de Mérito, formulado pelo Gabinete do Secretário de Obras Públicas de Medellín, permitiu que se estabelecessem linhas guia para projetar e construir um Jardim de Infância de qualidadecom recursos públicos. O projeto seguiu as linhas guia estabelecidas pelo Instituto Colombiano de Bem-estar Familiar (ICBF) e o Programa Começo Saudável da Prefeitura de Medellín.

O Projeto e Territoriedade
Num terreno com inclinações que excedem a marca dos 90% e cercado por construções informais ao norte e ao sul - que evidenciam a história da formação informal do bairro - O Jardim de Infância Moravia e Centro Familiar está localizado. É um espaço para o encontro familiar, um lar para as crianças do bairro de zero à cinco anos de idade. O projeto está na Carrera 57 (a rodovia que liga o Jardim de Infância com o Centro Cultural de Moravia) através do Pátio das Árvores, um espaço público com acesso controlado, que integra entorno com o projeto. É um espaço urbano para reuniões sociais e familiares em meio à crescente densidade não planejada do setor, o que permite a geração de espaços coletivos e familiares em intervenções estatais destinadas a infância.

© Vásquez Villegas Fotografía
© Vásquez Villegas Fotografía

3. O jardim de infância e o Projeto Urbano: Articulação e Transformação da Terra
Em um setor historicamente caracterizado por condições de violência, pobreza e negligência do Estado, com construções informais e aumento da densidade ocupacional, esta proposta fortalece o tecido social e familiar por meio de estratégias de educação, lazer, saúde e nutrição no meio da cidade informal densamente construída. É um espaço que transforma o território através do reconhecimento da diversidade e a geração de espaços coletivos para encontros, lazer e diálogo.

O jardim de infância, proposta pelo Gabinete do Secretário de Municipal de Obras Públicas da Prefeitura de Medellín e coordenado pelo Programa Começo Saudável, é a primeira experiência deste tipo de edifícios públicos, o que serviu para aprovar 21 novos pré-escolas da cidade. Três deles foram realizados através de concurso público nacional e mais de 18 foram desenvolvidos pela Empresa de Desenvolvimento Urbano de Medellín, EDU.

© Vásquez Villegas Fotografía
© Vásquez Villegas Fotografía

O Patio de los Árboles junta o prédio com a rua (o espaço público do bairro); dentro dele, se promove a vida familiar e o encontro comunitário. A cidade informalmente construída permite a inclusão de espaços coletivos e espaços educacionais como estratégia para fortalecer a fibra social através da educação, saúde e nutrição, aspectos específicos do Programa de Qualidade de Jardim de Infância na cidade de Medellín.

Atravessar o Patio de los Árboles significa entrar em contato com a terra e o a: uma sucessão de pários e rampas permite o descobrimento - passo a passo - dos espaços coletivos ao passo que a planta base se desdobra na topografia natural do terreno.

Uma rampa de circulação funciona como item crucial do sistema espacial, e permite o acesso para o segundo nível, onde estão a área para comer, cozinha e escritórios.

© Sergio Gómez
© Sergio Gómez

As Salas de Atenção e de Interação: Espaços para a Construção dos Habitats Coletivos
Na encosta da montanha, as Salas de Atenção e de Interação geram uma relação com o mundo exterior, permitindo o controle de seu espaço interior a partir dos pátios. Três blocos independentes, unidos através de espaços abertos e áreas de circulação cobertas integram as salas com espaços ao ar livre, controlado e monitorado pelos professores. No primeiro pavimento, as salas destinadas às crianças de um a três anos de idade estão ligadas ao Patio de los Juegos (o pátio para brincadeiras), enquanto o segundo pavimento - as salas para crianças de três a cinco anos de idade - são integradas ao Patio del Conocimiento (o pátio do Conhecimento).

Perspective
Perspective

4. A Linguagem Material 
O edifício incorpora os componentes formais e materiais que são característicos do bairro para a sua proposta urbana, espacial e técnica. A fundação continua as linhas existentes da fachada e constitui a porta de entrada para o projeto. O Edifício de Atividades Múltiplas é um volume recuado para formar o Patio de los Árboles, um espaço coletivo construído em tijolo, o material característico das casas do setor.

O Edificio de Atividades Múltiplas apresenta um sistema de controle solar através de elementos em concreto pré-moldado em nas cores ocre, branco e terracota, dispostos de acordo com a localização do sol em cada dia do ano.

Concreto em seu estado natural e pigmentado, alvenaria pintada e paredes de tijolos - materiais que foram originalmente estiveram presentes na formação do bairro - são usados ​​mais uma vez para estabelecer uma linguagem material através de sistemas de instalação padronizados que permitem a utilização da força de trabalho do bairro de construção eficiente, coordenada e modular.

© Juan Felipe Gómez Tobón
© Juan Felipe Gómez Tobón

5. O Projeto Ambiental
Orientação Solar Orientation e Ventos Urbanos

Dada a orientação do edifício com suas longas fachadas leste e oeste, foi necessário reforçar a sombra no Patio de los Árboles com espécies de árvores de porte médio, que tivessem folhagem que permitisse uma permeabilidade de 60% da luz. A sombra no espaço coletivo é reforçado pelas correntes de vento predominantes, com velocidades entre 1,5 e 2 metros por segundo.

A ventilação cruzada nas áreas sobreadas permite a troca favorável de temperaturas e umidade relativa, melhorando a qualidade do ar no Edifício de Atividades Múltiplas, nos pátios e na Sala de Atenção e Interação.

Controle Solar, Iluminação e Ventilação Natural

Um sistema de elementos pré-moldado de concreto pigmentado controla a incursão solar na fachada oeste. A disposição desses elementos é feita de acordo com a inclinação do sol em todas as épocas do ano e, a fim de gerar bem-estar nos espaços interiores. Os pátios recebem as sombras da vegetação e as construções, o terraço do Edifício de Atividades Múltiplas permite a exposição ao sol para os bebés entre 0 e 1 ano de idade, nas primeiras horas da manhã.

A Sala de Atenção e Interação funciona com um sistema de janelas e perfurações nas paredes laterais, que permitem a passagem do ar para o espaço interno. O ambiente e os espaços coletivos do Jardim de Infância de Moravia foram adaptados para dar à cidade um espaço urbano cultural, recreativo e educacional, com o objetivo de integrar o bairro com a cidade através da compreensão da família, a unidade básica de sociedade.

© Sergio Gómez
© Sergio Gómez

6. Um espaço cultural, educacional e cultural na cidade não planejada

O Jardim de Infância Moravia é uma oportunidade para compreender o espaço educacional como um lugar para a família e para a comunidade, além das especificidades de suas funções. Entre construir sem planejamento prévio que caracterizara a morfologia do Bairro, um espaço público para a infância permite a inclusão. No meio de carências, ele oferece a possibilidade de encontros familiares, fortalecimento social e direito à esperança.

Um jardim de espaços abertos, um lugar onde os sonhos começam a crescer.

© Vásquez Villegas Fotografía
© Vásquez Villegas Fotografía
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Jardim de Infância Moravia / Alejandro Restrepo Montoya + Javier Castañeda Acero " [The Moravia Kindergarten / Alejandro Restrepo Montoya + Javier Castañeda Acero ] 27 Dez 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/162819/jardim-de-infancia-moravia-slash-alejandro-restrepo-montoya-plus-javier-castaneda-acero> ISSN 0719-8906