O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Exposição: RioNow no Centro Cultural São Paulo

Exposição: RioNow no Centro Cultural São Paulo

Exposição: RioNow no Centro Cultural São Paulo
Exposição: RioNow no Centro Cultural São Paulo, Cortesia de X Bienal de Arquitetura de São Paulo
Cortesia de X Bienal de Arquitetura de São Paulo

A exposição propõe uma leitura multifacetada do processo de transformação urbana em curso no Rio de Janeiro a partir do cruzamento de diferentes informações e conteúdos: no mapa digital, é possível localizar os principais projetos e as obras em andamento e considerar seus efeitos sobre a estruturação territorial da cidade e sua articulação com a infraestrutura existente.

 Uma linha do tempo permite seguir, mês a mês, a aceleração do processo em curso desde que o Rio foi escolhido sede das Olimpíadas e sua relação com práticas artísticas locais e fatos sociopolíticos correlatos, em escala nacional, sobrepostos a alguns expressivos indicadores econômicos. E um amplo painel de notícias extraídas da grande imprensa e dos canais oficiais apresenta os projetos e as obras recentes conforme têm sido veiculados publicamente, num embaralhamento que aponta para a dificuldade de monitorar o processo em curso, bem como de exercer uma crítica que possa contribuir para a maturação da própria prática projetual contemporânea, em sua relação intrínseca com as técnicas sociais e urbanas.

O Rio de Janeiro vive um processo de transformações cada vez mais intenso, impulsionado pela realização da Copa do Mundo em 2014 e dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos em 2016. Mas o calendário de megaeventos já começou com a Rio+20, no ano passado, a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude, neste ano.

Nessa dinâmica cada vez mais acelerada, alimentada por um modelo já bem conhecido de cidade global e estratégias de city-marketing, oportunidades, recursos e negócios não faltam. Há um verdadeiro boom de projetos e obras em andamento, que move os setores público e privado. Dois museus foram inaugurados nos últimos meses: o Museu de Arte do Rio (MAR) e a Casa Daros Latinoamericana, e ao menos mais dois estão em construção: o Museu do Amanhã e o Museu da Imagem e do Som (MIS). Ao mesmo tempo, lugares históricos e carregados de simbolismo estão sendo radicalmente transformados, mesmo que à custa de desalojamentos e remoções, como o Estádio do Maracanã e seus arredores e toda a área portuária. Uma série de concursos públicos de arquitetura tem sido organizada pelo Instituto de Arquitetos do Brasil, como o do Parque Olímpico, do Porto Olímpico e do Morar Carioca (os dois primeiros destinados a instalações olímpicas e o último, à meta ambiciosa de urbanizar 260 favelas até 2020), enquanto espaços públicos como a Marina da Glória (em parque tombado pelo Iphan) são objeto de polêmicos projetos de revitalização.
Investimentos maciços em infraestrutura em áreas críticas têm sido realizados, boa parte deles em parceria entre o governo do estado e o governo federal, como o teleférico do Complexo do Alemão, o Elevador do Cantagalo e a elevação da linha férrea em Manguinhos. O metrô está sendo ampliado (com a construção da linha 4, que vai ligar Ipanema e a Barra da Tijuca, com 16 quilômetros de extensão e seis novas estações, e da linha 3, ligando Niterói a Itaboraí). Estão em construção quatro linhas de corredores expressos para ônibus (tipo Bus Rapid Transit – BRT): Transcarioca, Transoeste, Transbrasil e Transolímpica). E está em vias de ser iniciada a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que vai ligar a região portuária ao Aeroporto Santos Dumont, com recursos que resultam de parceria entre a prefeitura e o governo federal.

Um generoso pacote de incentivos fiscais para o setor hoteleiro aprovado pela prefeitura resultou num verdadeiro surto de construção e reforma de hotéis por toda a cidade, para garantir o compromisso assumido com o Comitê Olímpico Internacional – de passar de 29 mil para 50 mil leitos até 2016. Já na área portuária, emblema máximo das operações em curso, a demolição do elevado da Perimetral segue juntamente com a abertura de 4 quilômetros de túneis, incluindo trechos com 50 metros de profundidade escavados sob o centro histórico do Rio de Janeiro e alguns de seus sítios de maior valor histórico, paisagístico e simbólico, como o Morro de São Bento e o Morro da Saúde.
A essas obras somam-se outras de grande escala e impacto na região, em decorrência da descoberta recente de reservas de petróleo na camada de pré-sal da Bacia de Campos, como o Arco Metropolitano (rodovia de 146 quilômetros em construção, ligando os municípios de Itaboraí e Itaguaí), o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj, em construção em Itaboraí, pela Petrobrás) e o Porto do Açu (empreendimento logístico do grupo EBX em São João da Barra, considerado um dos maiores investimentos em infraestrutura portuária das Américas). Além disso, surgem outras unidades industriais na Baixada Fluminense e segue em expansão o polo automotivo localizado entre Resende, Porto Real e Itatiaia.

Leia mais:

Que lugar resultará desse processo?

Participante
CAMPO/Novas Cartografias, Mapa digital do Rio, Rio de Janeiro, Brasil

Centro Cultural São Paulo - "Modos de Agir"

Rua Vergueiro, 1000, Paraíso - (Metrô Vergueiro – Linha Azul)

Sobre este autor
Joanna Helm
Autor
Cita: Joanna Helm. "Exposição: RioNow no Centro Cultural São Paulo" 15 Nov 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/153671/exposicao-rionow-no-centro-cultural-sao-paulo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.