1. ArchDaily
  2. Yekaterinburg

Yekaterinburg: O mais recente de arquitetura e notícia

Zaha Hadid Architects projeta sala de concertos inspirada em ondas sonoras

© Zaha Hadid Architects
© Zaha Hadid Architects

Zaha Hadid Architects acaba de ser anunciado como o grande vencedor do concurso internacional para o projeto da nova Filarmônica de Sertdlovsk na cidade de Ecaterinburgo, na Rússia. Capital do distrito federal dos montes Urais , Ecaterimburgo é conhecida como um das cidades mais industrializadas do país e local de grande diversidade social e cultural. A filarmônica de Sverdlovsk leva o nome que designou a cidade entre 1924 e 1991. Tendo se apresentado em mais de 20 países ao redor do mundo, a Filarmônica contará com um novo edifício inspirado na histórica sede de Sverdlovsk, construída em 1936.

O projeto da nova sede da Orquestra Filarmônica dos Urais, “ecoa os aspectos físicos das ondas sonoras” criando um espaço inspirador que deverá alavancar a tradicional orquestra de Ecaterimburgo a outro patamar, convidando a comunidade internacional a conhecer melhor o seu crescente programa além de criar uma nova praça pública para o benefício de todos os cidadãos.

© Zaha Hadid Architects© Zaha Hadid Architects© Zaha Hadid Architects© Zaha Hadid Architects+ 11

Arquitetura construtivista de Yekaterinburg fotografada por Denis Esakov

A arquitetura construtivista é mais frequentemente relacionada à escritos e projetos que não saíram do papel. As duas estruturas mais famosas e radicais do movimento, o Monumento à Terceira Internacional de Vladimir Tatlin e o Tributo a Lenin de El Lissitzky nunca foram construídos. Na esteira da Revolução Russa de 1917, o construtivismo foi o resultado de artistas cubistas e futuristas combinando suas preocupações com a abstração e o movimento com as questões sociais dos bolcheviques na esperança de usar a arte como uma plataforma para motivar mudanças na sociedade. Enxergando os museus como "mausoléus da arte", em 1918 um novo jornal chamado "Arte da Comuna" afirmou: "O proletariado criará novas casas, novas ruas, novos objetos da vida cotidiana... A arte do proletariado não é um santuário sagrado onde as coisas são tratadas com indolência, mas trabalho, uma fábrica que produz novas coisas artísticas." [1]

Vídeo: A cidade mais construtivista do mundo

Poucos projetos construtivistas sobreviveram às Grandes Guerras, mas se você estiver procurando por aqueles que não foram arrasados, melhor começar por Yekaterinburg, na Rússia. Com dezenas de complexos, a cidade apresenta provavelmente o maior conjunto de edifícios construtivistas do mundo.

O vídeo acima, produzido por Ural Life and Culture, percorre a cidade e examina os elementos comuns dessas obras construtivistas. Yekaterinburg foi um laboratório para os arquitetos dessa vanguarda, que começaram a construir na cidade logo após o movimento ter sido fundado em Moscou em 1921. Arquitetos de toda a União Soviética, Polônia e Alemanha projetaram blocos residenciais de 4 e 5 pavimentos e edifícios de escritórios para substituir as pequenas casas de madeira. Os soviéticos também introduziram novas tipologias como banhos públicos, jardins de infância e outros programas.