1. ArchDaily
  2. Willem Marinus Dudok

Willem Marinus Dudok: O mais recente de arquitetura e notícia

Acesse a obra completa do arquiteto modernista holandês Willem Marinus Dudok

O jornalista holandês Peter Veenendaal criou um website que apresenta todas as 136 obras do arquiteto modernista Willem Marinus Dudok. Dudok é reconhecido como um dos arquitetos mais influentes dos Países Baixos, ostentando uma prolífica carreira que começou com o projeto de quartéis militares e abrange edifícios públicos em toda a Europa. Influenciado por Frank Lloyd Wright, Dudok é lembrado por sua abordagem modernista guiada pela forma, influenciando o trabalho posterior de arquitetos britânicos e holandeses.

Veenendaal dedicou grande parte de sua carreira a documentar a obra de Dudok, incluindo um documentário sobre seus projetos mais importantes, intitulado “City of Light”. Acesse o website de Veenendaal para explorar o portfolio completo de Dudok.

© Peter Veenendaal© Peter Veenendaal© Peter Veenendaal© Peter Veenendaal+ 35

“City of Light”: A história do projeto De Bijenkorf em Roterdã

Produzido pelo jornalista holandês Peter Veenendaal, City of Light é um documentário sobre o projeto, construção e os efeitos sociais do edifício De Bijenkorf de Willem Marinus Dudok em Roterdã, Países Baixos. De Bijenkorf foi inaugurado em 1930 e após ser danificado na Segunda Guerra Mundial, foi destruído em 1960 para dar lugar a uma estação de metrô e uma loja projetada por Marcel Breuer. City of Light apresenta o centro comercial de Dudok como um importante modelo para esse tipo de programa arquitetônico - que surgiu nos anos em que também surgia o modelo tradicional de shopping center.

Apesar de ser relativamente desconhecido hoje em dia, De Bijenkorf foi importante não apenas para a comunidade arquitetônica, mas também para a cidade de Roterdã. No documentário de Veenendaal, o historiador de arquitetura Herman van Bergeijk destaca que, na época de sua construção, De Bijenkorf era a "maior e mais moderna loja de departamentos da Europa." A loja era muito popular entre os locais; de acordo com o vídeo, mais de 70 mil pessoas compareceram à abertura, e com o passar do tempo o edifício se tornou um ícone do crescente sucesso comercial de Roterdã.