1. ArchDaily
  2. Vivienda Social

Vivienda Social: O mais recente de arquitetura e notícia

Habitação social na América Latina: exemplos de padrões e códigos geradores

O artigo a seguir faz parte de uma série desenvolvida por Nikos A. Salingaros, David Brain, Andres M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit, que explora as particularidades da habitação social na América Latina. Nesta ocasião, os autores revisam exemplos de estratégias e planejamento, como a importância de processos sociais colaborativos e a sequência específica das etapas de construção. 

Habitação social na América Latina: biofilia, conectividade e espiritualidade

Esta série de artigos desenvolvida por Nikos A. Salingaros, David Brain, Andres M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit trata das particularidades da habitação social na América Latina. Aborda sua pesquisa e não apenas um sistema de práticas baseado na experiência e aplicável a situações gerais, mas sua continuidade a longo prazo com o objetivo de ajudar os residentes a criar raízes em seu ambiente construído.

O presente artigo enfoca em como a saúde e o bem-estar humanos dependem fortemente da geometria do meio ambiente. 

Antipadrões da habitação social na América Latina

Continuando a série de artigos desenvolvidos por Nikos A. Salingaros, David Brain, Andrés M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit, as reflexões sobre a habitação social na América Latina são agora abordadas do ponto de vista antagônico de crenças desatualizadas. Nestas, noções e erros cometidos - em alguns casos simplesmente por inércia - são discutidos no contexto latino-americano, e as soluções adaptáveis focam no longo prazo e nas raízes urbanas dos moradores.

Habitação social na América Latina: desenho capaz de estabelecer 'pertencimento emocional'

Desenvolvida por Nikos A. Salingaros, David Brain, Andrés M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit, esta série de artigos oferece um conjunto das melhores práticas para a habitação social, baseadas em evidências, que são aplicáveis em situações gerais. Exemplos variados são discutidos para o contexto latino-americano: soluções adaptáveis que agem buscando uma sustentabilidade duradoura e ajudam os residentes a vincularem-se ao seu (novo) ambiente construído. 

Se proponen, entonces, nuevos aportes a la ciencia de la complejidad, en particular, el trabajo de Christopher Alexander sobre cómo evolucionar exitosamente la forma urbana. Con la aplicación de las herramientas conceptuales del 'Lenguaje de Patrones' y los 'Códigos generativos', estos principios apoyan soluciones previas derivadas de otras, que nunca se habían propuesto como formas viables.

O primeiro bairro completamente impresso em 3D será construído para acolher famílias carentes em El Salvador

A tecnologia é uma poderosa ferramenta utilizada a serviço do capital. Na maioria dos casos, leva-se muito tempo para que tais inovações estejam disponíveis e acessíveis no mercado de países subdesenvolvidos. 

Juntas, a ICON, uma construtora de Austin, Texas, e a New Story, organização sem fins lucrativos com foco na habitação, criaram uma impressora 3D capaz de construir casas pré-fabricadas com um custo de apenas 4 mil dólares. O equipamento, chamado de Vulcan, é capaz de "imprimir" uma casa em blocos de cimento com 60 metros quadrados entre 12 e 24 horas. Com a intenção de popularizar esta inovadora ferramenta, a empresa está enviando a impressora para El Salvador, aonde será construída o primeiro bairro do mundo totalmente impresso em 3D.

Cortesia de ICON e New StoryCortesia de ICON e New StoryCortesia de ICON e New StoryCortesia de ICON e New Story+ 28

Paris anuncia medidas radicais para impedir a gentrificação

A prefeitura de Paris publicou um plano governamental radical para deter o processo de gentrificação pelo qual passam os bairros centrais da capital francesa: através de um comunicado oficial, o governo regional anunciou uma lista de 257 endereços - 8.021 apartamentos - onde a prefeitura terá o direito de impedir a venda dos imóveis com a finalidade de convertê-los em moradias subsidiadas.

Os planos de Anne Hidalgo - primeira mulher a assumir a prefeitura de Paris - apontam tanto para incrementar as opções de aluguel subsidiado como para assegurar zonas residenciais bem conectadas a serviços e equipamentos no centro histórico a populações de baixo poder aquisitivo, evitando a desapropriação e expulsão dessas pessoas para as periferias e a consequente ocupação das regiões centrais por grupos de alto poder aquisitivo - os chamados guetos milionários.

Saiba mais sobre esse plano radical, a seguir.

Nova Iorque anuncia um ambicioso plano de construir 200 mil habitações a preços acessíveis

Nova Iorque. Imagem © niogaco [Flickr]
Nova Iorque. Imagem © niogaco [Flickr]

O crescimento demográfico de Nova Iorque, a especulação imobiliária num dos mercados mais atrativos do mundo e a enorme concentração milionários estão complicando as coisas para quem efetivamente vive na Big Apple e procura um lugar para morar. "Temos uma crise de acessibilidade habitacional em nossas mãos. Afeta todos: desde a base da pirâmide econômica [...] até a classe média", reconheceu Bill de Blasio, prefeito de Nova Iorque.

Posto isso, já estão sendo divulgados detalhes do mais ambicioso plano de habitação na história dos Estados Unidos: Housing New York, que pretende construir e preservar 200 mil unidades de habitação a preços acessíveis para famílias de baixa e média renda em cinco bairros da cidade nos próximos dez anos.

"Quando fizemos o anúncio as pessoas pensaram que havíamos enlouquecido", comenta Gary Rodney da Corporação de Desenvolvimento Habitacional de Nova Iorque (HDC).

Saiba mais sobre os detalhes desse plano, a seguir.

Cinema e Arquitetura: "74 Metros Quadrados"

74 m2 é um documentário que retrata a travessia das líderes de 150 famílias em Valparaíso para conseguir a casa própria. A equipe liderada pela direção de Tiziana Panizza e Paola Castillo acompanhou estas mulheres durante sete anos, abordando o tema da integração social no novo bairro, as divisões na comunidade e os desastres provocados pelas chuvas nas novas residências. Uma luta pela casa própria que se repete ao longo de todo Chile.

O documentário é uma coprodução entre Errante, Coletivo La Tribu e ITVS. Mais informações sobre o filme, a seguir.