1. ArchDaily
  2. Play Time

Play Time: O mais recente de arquitetura e notícia

Os erros da arquitetura moderna segundo o cineasta Jacques Tati

Na maturidade da sua carreira, o diretor francês Jacques Tati apresentou ao mundo, em 1967, uma obra magistral onde a arquitetura moderna foi a protagonista. Com o humor refinado que lhe era característico, “Play Time” desata uma crítica absoluta sobre o progressismo mecanicista que estava sendo consolidado a nível mundial. A modernidade havia chegado na cidade de Paris com a promessa de melhores condições para o homem e o desenvolvimento do seu entorno; porém, agora era ele quem não se encaixava naquela utopia. O diretor francês conseguiu recriar o modelo que cativou o mundo e a inegável ineficiência que o conduziu a um crescente desmembramento das cidades e de suas histórias.

© Play Time (1967) - Sony Pictures© Play Time (1967) - Sony Pictures© Play Time (1967) - Sony Pictures© Play Time (1967) - Sony Pictures+ 31