1. ArchDaily
  2. Mohammad Hassan Forouzanfar

Mohammad Hassan Forouzanfar: O mais recente de arquitetura e notícia

Antigos miranetes persas são transformados em colagens retrofuturistas

No passado, os minaretes eram considerados um importante elemento arquitetônico com diversos propósitos. Eles eram construídos ao lado das mesquitas para a chamada à oração, bem como nas entradas das cidades como um marco para orientar os viajantes. Hoje, entretanto, não têm a mesma utilidade de outrora, tornando-se símbolos de tempos históricos.

Na mais recente série de seu projeto Retrofuturismo, o arquiteto e artista visual iraniano Mohammad Hassan Forouzanfar introduziu uma nova função nos históricos minaretes persas por meio de ilustrações fantásticas que complementam as antigas estruturas de tijolos com a arqueologia industrial contemporânea.

Artista recria a cidade iraniana de Persépolis através de montagens com elementos contemporâneos

O arquiteto e artista visual Mohammad Hassan Forouzanfar combina marcos arquitetônicos contemporâneos com construções tradicionais iranianas em uma série de fotomontagens intitulada Retrofuturism. Em seu mais recente trabalho, Peace, o arquiteto recria o Persépolis, a antiga capital do Império Aquemênida.

Artista recria a cidade iraniana de Persépolis através de montagens com elementos contemporâneosArtista recria a cidade iraniana de Persépolis através de montagens com elementos contemporâneosArtista recria a cidade iraniana de Persépolis através de montagens com elementos contemporâneosArtista recria a cidade iraniana de Persépolis através de montagens com elementos contemporâneos+ 13

Artista recria antigas pinturas persas com arquiteturas contemporâneas

O arquiteto e artista visual Mohammad Hassan Forouzanfar mesclou ícones contemporâneos com edifícios tradicionais iranianos em uma série de imagens intitulada Retrofuturism. Em sua última postagem, o arquiteto persa deslocou edifícios emblemáticos de nossa era, reinserindo-os em pinturas do século XIX que retratam o Irã, feitas pelo artista Eugène Flandin.

Artista recria antigas pinturas persas com arquiteturas contemporâneas Artista recria antigas pinturas persas com arquiteturas contemporâneas Artista recria antigas pinturas persas com arquiteturas contemporâneas Artista recria antigas pinturas persas com arquiteturas contemporâneas + 10

Retrofuturismo: colagens mesclam palácios persas e arquitetura contemporânea

É frequente o debate se arquitetos e engenheiros devem restaurar edifícios antigos e preservar o que ainda está de pé como um símbolo do passado, introduzir elementos contemporênos ou simplesmente demoli-los completamente. No Irã, ruínas de monumentos históricos, algumas das quais consideradas Patrimônio da Humanidade, ainda não tiverem um destino devido a esta incerteza sobre como lidar com elas. 

Como parte de sua série de Retrofuturism, o arquiteto iraniano Mohammad Hassan Forouzanfar produziu algumas fotomontagens que mesclam castelos pré-islâmicos de cidades persas com marcos da arquitetura contemporânea, apresentando uma perspectiva fantástica de restauração.

Retrofuturismo: colagens mesclam palácios persas e arquitetura contemporânea Retrofuturismo: colagens mesclam palácios persas e arquitetura contemporânea Retrofuturismo: colagens mesclam palácios persas e arquitetura contemporânea Retrofuturismo: colagens mesclam palácios persas e arquitetura contemporânea + 10

Monumentos tradicionais da arquitetura iraniana são reimaginados como arranha-céus

Monumentos tradicionais da arquitetura iraniana são reimaginados como arranha-céusMonumentos tradicionais da arquitetura iraniana são reimaginados como arranha-céusMonumentos tradicionais da arquitetura iraniana são reimaginados como arranha-céusMonumentos tradicionais da arquitetura iraniana são reimaginados como arranha-céus+ 10

Monumentos tradicionais da arquitetura iraniana são frequentemente construídos abaixo do solo devido às especificidades técnicas dessa cultura vernacular. Palácios, mesquitas e edifícios públicos são construídos com apenas um ou dois andares, e a arquitetura iraniana raramente apresenta torres ou arranha-céus.