Ampliar imagem | Tamanho original
O arquiteto e artista visual Mohammad Hassan Forouzanfar mesclou ícones contemporâneos com edifícios tradicionais iranianos em uma série de imagens intitulada Retrofuturism. Em sua última postagem, o arquiteto persa deslocou edifícios emblemáticos de nossa era, reinserindo-os em pinturas do século XIX que retratam o Irã, feitas pelo artista Eugène Flandin. Em 1840, Eugène Flandin foi contratado para visitar o Irã e produzir imagens de antiguidades daquele país. Após sua jornada, que durou mais de dois anos, o artista escreveu um livro em vários volumes intitulado "Jornada ao Irã", e foi publicado em Paris em 1851. Para esse projeto, algumas das pinturas de Eugène Flandin de cenas iranianas de época foram combinados com estruturas contemporâneas de todo o mundo, unindo passado e o futuro em um único quadro. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar