1. ArchDaily
  2. Mercado Inmobiliario

Mercado Inmobiliario: O mais recente de arquitetura e notícia

Nova Iorque anuncia um ambicioso plano de construir 200 mil habitações a preços acessíveis

Nova Iorque. Imagem © niogaco [Flickr]
Nova Iorque. Imagem © niogaco [Flickr]

O crescimento demográfico de Nova Iorque, a especulação imobiliária num dos mercados mais atrativos do mundo e a enorme concentração milionários estão complicando as coisas para quem efetivamente vive na Big Apple e procura um lugar para morar. "Temos uma crise de acessibilidade habitacional em nossas mãos. Afeta todos: desde a base da pirâmide econômica [...] até a classe média", reconheceu Bill de Blasio, prefeito de Nova Iorque.

Posto isso, já estão sendo divulgados detalhes do mais ambicioso plano de habitação na história dos Estados Unidos: Housing New York, que pretende construir e preservar 200 mil unidades de habitação a preços acessíveis para famílias de baixa e média renda em cinco bairros da cidade nos próximos dez anos.

"Quando fizemos o anúncio as pessoas pensaram que havíamos enlouquecido", comenta Gary Rodney da Corporação de Desenvolvimento Habitacional de Nova Iorque (HDC).

Saiba mais sobre os detalhes desse plano, a seguir.

Vendido em Londres o apartamento mais caro do mundo

A venda do apartamento mais caro do mundo em Londres, traz de volta à tona a discussão sobre a nova bolha imobiliária na capital britânica: 170 milhões de euros foram pagos por um empresário anônimo para a cobertura de 1.500 m² no One Hyde Park, o projeto residencial desenhado por Richard Rogers.

Quantos metros quadrados poderiam ser comprados em Nova York, Barcelona, Cidade do México ou na sua cidade por esse mesmo valor? Descubra a seguir.