1. ArchDaily
  2. Habitar Portugal 12 14

Habitar Portugal 12 14: O mais recente de arquitetura e notícia

Exposição Habitar Portugal 12-14: Está a arquitetura sob resgate?

O Habitar Portugal 12-14, pretende ser um olhar sobre a produção arquitetônica portuguesa do último triênio (obras concluídas entre 1 de Janeiro de 2012 e 31 de Dezembro de 2014). O comissariado desta edição, Luis Tavares Pereira, Bruno Baldaia e Magda Seifert, propôs um tema de fundo, um princípio de análise a partir do momento que o País vive a que, presumimos, a produção de arquitectura não será alheia.

Habitar Portugal 2012-14 > Está a arquitectura sob resgate?

O Habitar Portugal 12-14, pretende ser um olhar sobre a produção arquitectónica portuguesa do último triénio (obras concluídas entre 1 de Janeiro de 2012 e 31 de Dezembro de 2014). O comissariado desta edição, Luis Tavares Pereira, Bruno Baldaia e Magda Seifert, propôs um tema de fundo, um princípio de análise a partir do momento que o País vive a que, presumimos, a produção de arquitectura não será alheia. O tema proposto - está a arquitectura sob resgate? - estabelece desde logo um lugar onde situar as obras e um enquadramento para as poder ver e analisar. Foi a partir destes pressupostos que o Habitar Portugal seleccionou um conjunto de obras que representem este contexto, este espaço específico de tempo.

Exposição "Habitar Portugal 12-14"

A Ordem dos Arquitectos de Portugal promove, do dia 18 de fevereiro do próximo ano, a abertura da exposição "Habitar Portugal 12-14", que reúne as obras selecionadas pelo comissariado para esta edição do evento. A mostra permanecerá aberta ao público na Galeria Municipal do Porto até o dia 25 de abril.

Ordem dos Arquitectos divulga as obras selecionadas para o Habitar Portugal 12-14

A Ordem dos Arquitetos divulgou esta semana a lista de obras selecionadas para o Habitar Portugal 12-14, iniciativa que pretende divulgar uma seleção de obras construídas por arquitetos portugueses a cada triênio que, por sua relevância, representem e possam dar a conhecer um panorama da arquitetura em Portugal durante cada período.

Às setenta obras distribuídas em cinco categorias em território nacional (Área Metropolitana de Lisboa, Área Metropolitana do Porto, Norte, Sul, Ilhas) somam-se dez outras distribuídas em território internacional em lugares tão distintos como Angola, Alemanha,Cabo Verde, China, Colômbia, Emirados Árabes Unidos, Grécia e Kuwait. 

A organização desta edição propôs um tema de fundo, um princípio de análise a partir do momento que o país vive a que a produção de arquitetura não será alheia. O tema proposto - está a arquitetura sob resgate? - estabelece um ponto onde situar as obras e um enquadramento para vê-las e analisá-las. Foi a partir destes pressupostos que o Habitar Portugal selecionou um conjunto de obras que representem este contexto, este espaço específico de tempo.

Veja a seguir, a lista completa de obras selecionadas em cada categoria:

Habitar Portugal 12-14 / apresentação das obras selecionadas

A Ordem dos Arquitectos de Portugal promove, no dia 26 de outubro, o evento em que serão conhecidas as obras selecionadas pelo comissariado para esta edição Habitar Portugal 12-14. A cerimônia acontecerá no Museu do Dinheiro do Banco de Portugal, em Lisboa, e contará com a presença dos organizadores desta edição.

Habitar Portugal 12-14: está a arquitetura sob resgate?

O Habitar Portugal 12-14 se coloca como um olhar sobre a produção arquitetônica portuguesa do último triênio a partir de um ponto de vista que articula duas ideias fundamentais. A primeira decorre do momento que o país vive a que, presume-se, a produção arquitetônica não está alheia.