1. ArchDaily
  2. Database

Database: O mais recente de arquitetura e notícia

Banco de dados online oferece informações sobre espécies de madeira menos conhecidas

A madeira sempre foi um dos materiais básicos usados na construção, e com a recente retomada desse material construtivo para estruturas (inclusive de edifícios em altura), é importante conhecer os impactos ambientais de cada espécie de madeira.

Existem mais de 50 mil espécies tropicais de madeira no mundo, no entanto, apenas uma pequena porcentagem destas é usada na construção civil. A exploração exagerada de espécies mais conhecidas de madeira vem causando a alteração da biodiversidade das florestas tropicais, colocando algumas espécies em risco de extinção. Mas e se começássemos a construir com todas as espécies disponíveis?

Em um esforço de conscientizar o público para a variedade de espécies de madeira disponíveis no mercado, o Conselho de Manejo Florestal da Dinamarca (FSC Denmark) desenvolveu uma base de dados online com espécies de madeira menos conhecidas.

Basurama cria banco de dados público com imóveis desocupados na Espanha

É de conhecimento público que os seis anos da crise econômica na Espanha - caracterizada pelas exigências da troika europeia, os escândalos de corrupção, a recente sucessão monárquica, o desgaste político do bipartidarismo, a massiva emigração profissional e a política de desocupações habitacionais - são em grande parte consequência da "crise do tijolo" - o crescimento econômico da Espanha com base na especulação imobiliária e financeira, uma miragem de desenvolvimento.

O revés deixou - e segue deixando - uma grande marca nas cidades espanholas, e nesse contexto o coletivo Basurama aproveitou o recente festival Arquinset 2014 para começar, juntamente com diferentes grupos locais, a desenvolver uma base pública de imóveis desocupados na Espanha, um verdadeiro obituário urbano da especulação financeira.

Saiba mais sobre os primeiros passos dessa iniciativa coletiva, pública e aberta, a seguir.