Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Council Of Tall Buildings And Urban Habitat

Council Of Tall Buildings And Urban Habitat: O mais recente de arquitetura e notícia

CTBUH divulga lista dos melhores edifícios em altura de 2019

19:00 - 11 Abril, 2019
CTBUH divulga lista dos melhores edifícios em altura de 2019, Salesforce Tower, San Francisco / Pelli Clarke Pelli Architects. Image Jason O'Rear
Salesforce Tower, San Francisco / Pelli Clarke Pelli Architects. Image Jason O'Rear

O Council on Tall Building and Urban Habitat anunciou os vencedores da 17ª edição do CTBUH Tall Building Awards. Dentre 65 finalistas, foram escolhidos vencedores de diferentes faixas de altura, incluindo o Melhor Edifício em Altura com menos de 100 metros, o Melhor Edifício em Altura entre 100 e 199 metros, o Melhor Edifício em Altura entre 200 e 299 metros e o Melhor Edifício em Altura com mais de 400 metros. Destes finalistas, o CTBUH destacou a Salesforce Tower (San Francisco) de Pelli Clarke Pelli Architects.

15 Razões porquê 2018 foi o ano dos arranha-céus

10:00 - 24 Dezembro, 2018
15 Razões porquê 2018 foi o ano dos arranha-céus, Shenzhen Energy Mansion / BIG. Image © Laurian Ghinitoiu
Shenzhen Energy Mansion / BIG. Image © Laurian Ghinitoiu

O CTBUH, Conselho de Edifícios Altos e Habitat Urbano, divulgou sua retrospectiva de 2018, que mostra como este foi o ano para os edifícios em altura. O período foi recorde de construção, com 18 edifícios super altos (aqueles com mais de 300 metros de altura) e outros 143 edifícios com até 200 metros de altura, construídos em todo o mundo.

Para quantificar em que medida a arquitetura atingiu os céus este ano, o CTBUH estima que se todos os edifícios em altura concluídos em 2018 fossem empilhados, ultrapassariam a extensão da ilha de Manhattan, cerca de 21,6 quilômetros.

Um panorama da história dos arranha-céus no Japão

15:00 - 22 Maio, 2015
Um panorama da história dos arranha-céus no Japão, Arranha-céu mais alto do Japão, Abeno Harukas. Imagem © Hisao Suzuki
Arranha-céu mais alto do Japão, Abeno Harukas. Imagem © Hisao Suzuki

Uma recente pesquisa elaborada pelo Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH), intitulada Tall Buildings in Numbers – Japan: A History of Tall Innovations, examina a evolução dos edifícios em altura no Japão desde a década de 1960. O estudo destaca as inovações no skyline do Japão através de uma compilação de representações gráficas, incluindo uma linha do tempo com os edifícios mais representativos, um mapa com as torres de mais de 150 metros de altura e as taxas anuais de construção e uma comparação entre a densidade de arranha-céus e a população de cada região.

Veja os gráficos interativos, a seguir.

Os edifícios mais altos do mundo ao longo da história

10:00 - 29 Março, 2015
Os edifícios mais altos do mundo ao longo da história, Burj Khalifa. Imagem © Flickr CC user Colin Capelle
Burj Khalifa. Imagem © Flickr CC user Colin Capelle

O artista e designer gráfico Martin Vargic, do Halcyon Maps, criou uma fascinante série de infográficos que mostram tanto as tipologias tradicionais da arquitetura de cada continente como a evolução de seus edifícios mais altos ao longo da história. Explorando as mudanças nos edifícios mais altos da Europa, América do Norte, Ásia, África, América do Sul e Oceania, o trabalho de Vargic detalha cinco mil anos de história da construção, da antiguidade aos tempos modernos.

Veja os infográficos a seguir:

Os edifícios mais altos de 2014

07:00 - 16 Janeiro, 2015
Os edifícios mais altos de 2014, Mais alto de 2014 #10: Torre Costanera, Santiago, 300 metros. Imagem © Pablo Blanco
Mais alto de 2014 #10: Torre Costanera, Santiago, 300 metros. Imagem © Pablo Blanco

Ano passado, a construção de arranha-céus bateu todos os recordes. Segundo um novo relatório do Council of Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH), em 2014 foram construídos 97 edifícios com mais de 200 metros de altura. Desses, 11 tinha mais de 300 metros, rendendo-lhes a nomeação de "super altos". Esses são os números mais altos já registrados, com 2011, por exemplo, dando lugar a apenas 87 edifícios de mais de 200 metros.

Além disso, em 2014 a altura total dos edifícios construídos (23.333 metros) bateu o recorde de 2011 de 19.852 metros. Com grandes países como a China se tornando cada vez mais urbanizados e a economia global se recuperando da recessão, o CTBUH espera que esses números apenas aumentem. Veja os detalhes do relatório do conselho e saiba o que esses números podem dizer sobre o futuro da construção de arranha-céus, a seguir.