Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Brinquedos

Brinquedos: O mais recente de arquitetura e notícia

Mini arquiteturas para montar e brincar

Há tempos publicamos artigos relacionando a infância e o ímpeto construtivo do ser humano e, nesse sentido, temos a certeza que a maioria dos arquitetos e arquitetas que são pais e mães, já pensaram em algum momento projetar e construir algum brinquedo para seus filhos. A arquiteta Paula Zasnicoff, sócia-diretora do escritório Arquitetos Associados, junto com a designer Andrea Gomes, resolveram avançar na ideia e criaram a marca Bubud.

Giancarlo Mazzanti desenvolve brinquedos inspirados no Bosque da Esperança de Bogotá

A Equipe Mazzanti, dirigida por Giancarlo Mazzanti, desenvolveu uma linha de brinquedos inspirada no Bosque da Esperança, localizado nos arredores de Bogotá, na Colômbia. A primeira edição da série "Nosotros Jugamos Tu Juegas" é inspirada nos projetos arquitetônicos e sociais mais reconhecidos do escritório, incorporando o espírito da "brincadeira como ferramenta de design".

Com mais de 15 anos de experiência em design arquitetônico, a equipe desenvolveu um interesse especial em usar elementos lúdicos como método para envolver e incentivar o comportamento social nas comunidades. O jogo "Bosque de la Esperanza", portanto, apresenta 16 peças modulares e 30 conectores, com geometrias complexas, que criam uma estrutura cognitiva e um desafio criativo.

Cortesia de Equipe Mazzanti Cortesia de Equipe Mazzanti Cortesia de Equipe Mazzanti Cortesia de Equipe Mazzanti + 12

Dia das Crianças: brinquedos e artefatos lúdicos projetados por arquitetos e designers

As experiências lúdicas foram e são lugar de pesquisa e experimentação por parte de profissionais das mais diversas áreas. Interessados em estabelecer um diálogo sério e compromissado a partir de um assunto leve, que rendeu iniciativas bastante interessantes em vários campos ao longo do tempo, esses agentes colocam em debate o potencial das ferramentas que despertam tais situações ligadas ao prazer, à imaginação, à diversão e, em muitos casos, à infância.

No campo da arquitetura, projetos notáveis fizeram uso da estratégia lúdica na construção de seus espaços. Exemplo importante dessa abordagem são os projetos das Escolas Apollo, do holandês Herman Hertzberger, edifícios alinhados a uma vertente vanguardista de ensino básico, que materializam nos projetos preceitos referentes a uma proposta pedagógica que tinha como um de seus nortes o sentido lúdico e coletivo do aprendizado infantil.