1. ArchDaily
  2. Alagoas

Alagoas: O mais recente de arquitetura e notícia

Projeto baseado em economia circular transforma cascas de sururu em cobogó em Alagoas

Considerado patrimônio imaterial pelo Conselho Estadual de Cultura (CEC) de Alagoas, o sururu é um molusco cuja pesca constitui a principal fonte de renda para diversas comunidades do estado. Apenas em torno do lago Mundaú, em Maceió, cinco favelas que vivem abaixo da linha de pobreza produzem anualmente cerca de 300 toneladas de cascas de sururu – uma enorme quantidade de um material que, até então, não apresentava nenhuma utilidade e acabava sendo destinado a aterros sanitários da capital alagoana.

Enxergando nisso grande potencial econômico e de engajamento social, os designers Marcelo Rosenbaum, Adriana Benguela, e Rodrigo Ambrósio desenvolveram o projerto Cobogó da Mundaú, que incorpora os resíduos da pesca do sururu na fabricação de elementos vazados para arquitetura.

Foto: Via @mrosenbaumFoto: Via @mrosenbaumFoto: Via @mrosenbaumFoto: Via @mrosenbaum+ 10

Residência Cave Canem / Juliano Barros Arquiteto

© Juliano Barros© Juliano Barros© Juliano Barros© Juliano Barros+ 22

Alagoas, Brasil
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  163
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2015
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Deca, Marcenaria do Nito, Olaria Sr. Milton

Uma reforma com técnicas regionais em Alagoas

Este artigo é parte da nossa nova série "Material em Foco", onde os arquitetos compartilham conosco o processo de criação através da escolha de materiais que definem parte importante da construção de seus projetos.

A Casa Alagoas se utilizou de cores e mobiliários neutros deram destaque ao artesanato local. Obras de artistas da região e reaproveitamento de objetos típicos na decoração foram algumas das estratégias que nortearam o projeto.Nós conversamos com o arquiteto João Duayer do ateliê Tavares Duayer Arquitetura para saber mais sobre a escolha dos materiais e do papel determinante que desempenhou em seu conceito de projeto.

Programa da ONU ajudará Alagoas a desenvolver projetos de urbanismo

O Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) ajudará o governo de Alagoas na elaboração de estudos técnicos para a implementação de projetos de urbanismo e desenvolvimento social. A cooperação é fruto de um acordo firmado no início do mês (6), quando representantes da agência da ONU visitaram o estado para a inauguração de obras públicas.

Em Maceió, o diretor do ONU-HABITAT para América Latina e Caribe, Elkin Velásquez, conheceu a comunidade de Grota do Iraci, onde cinco escadas foram construídas e outras duas foram reformadas para facilitar o deslocamento da população local. Também foram instalados 500 metros de corrimãos e cinco pontes para pedestres. Trinta e quatro residências foram pintadas.

Abertas Inscrições XXIV Congresso Panamericano de Arquitetos - Maceió/2012

XXIV Congresso Panamericano de Arquitetos 2012 / Maceió - Alagoas