Pagina inicial

Conheça a história por trás da nova identidade da nossa marca

Saiba mais

Centro de Descoberta AstraZeneca / Herzog & de Meuron

Centro de Descoberta AstraZeneca / Herzog & de Meuron
© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

© Hufton+Crow© Hufton+Crow© Hufton+Crow© Hufton+Crow+ 12

  • Arquitetos: Herzog & de Meuron
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  53
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2021
  • Fotógrafo Fotografias:  Hufton+Crow
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Sto
© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

Descrição enviada pela equipe de projeto. A AstraZeneca está inaugurando uma instalação global de pesquisa e desenvolvimento, denominada Centro da Descoberta — The Discovery Centre (DISC) no Cambridge Biomedical Campus (CBC), em Cambridge, Reino Unido. Como parte de um desenvolvimento mais amplo conhecido como Cambridge Southern Fringe Area, o CBC é idealizado como um futuro centro líder para pesquisa e desenvolvimento biomédico com instituições e empresas dos setores de educação, saúde, ciência e pesquisa.

O DISC está situado no meio do CBC; a localização central reflete a ambição da AstraZeneca de ser um ponto-chave de intercâmbio e colaboração no complexo, com base em suas muitas colaborações existentes com membros da comunidade de Ciências da Vida de Cambridge, incluindo a Universidade de Cambridge, o Conselho de Pesquisa Médica e a Cancer Research UK. A arquitetura embasa este impulso e a torna visível com um edifício poroso acessível por três fachadas diferentes.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

O novo edifício é um disco de vidro triangular com bordas arredondadas que segue livremente a forma do local; sendo definido por um telhado em shed, que vai de leste a oeste para fornecer luz natural no interior do edifício. O shed segue até a fachada criando uma geometria vertical em zig-zag com diferentes escalas. O disco de vidro, a cobertura e fachada escalonada dão ao edifício uma identidade característica.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

O DISC está situado sobre seis caixas de vidro retangulares agrupadas em três pares. Elas configuram um pátio aberto, que em combinação com a estrutura do prédio de baixa altura, fazem referência às faculdades históricas no centro de Cambridge. O pátio é o ponto central do local, um ponto de encontro, acessível de três lados diferentes.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

As caixas de vidro retangulares percorrem verticalmente todos os pavimentos e abrigam o principal elemento programático do edifício, os laboratórios. Elas permitem que vários grupos trabalhem lado a lado, promovendo a colaboração. Os perímetros com blocos de vidro acima do solo propiciam a máxima transparência em todo o pavimento e através do edifício, tornando a ciência visível para funcionários e visitantes.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

O espaço de trabalho possui uma planta integrada, oferecendo aos funcionários uma gama de ambientes de trabalho alternativos, desde espaços de estudo privados e cabines silenciosas até salas informais de colaboração entre os funcionários. Ao longo do anel interno, o principal espaço de circulação ao redor do pátio nos pavimentos superiores, existem zonas complementares que proporcionam uma gama de espaços diversificados para intercâmbio, reuniões informais e opções de alimentação.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

Todas as instalações — centro de conferências, auditório, café e restaurante — estão concentradas no pavimento térreo com acesso direto pela entrada principal para torná-las igualmente acessíveis para todo o edifício.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

A diversidade de materiais é minimizada de modo a promover uma clara distinção entre os diferentes programas. Os materiais do piso refletem a organização funcional do edifício: pedra natural para os acessos, carvalho maciço serrado bruto para as escadas principais, e as circulações, e carpete para os escritórios. O piso dos laboratórios possui um acabamento contínuo em resina branca. As divisórias principais do edifício são paredes de vidro do piso ao teto, permitindo transparência e transições sem emendas entre as diversas áreas. O outro material utilizado é o concreto aparente, revelando o método de construção e a função estrutural, enquanto complementa o vidro e a madeira.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow
© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

A diversidade funcional e o edifício baixo do Centro da Descoberta da AstraZeneca permitem que cada pavimento seja específico e diferente. O subsolo abrigará instalações de apoio, uma área de carregamento e uma área técnica; o térreo é aberto e poroso, com amenidades e laboratórios em exibição; o primeiro pavimento do disco flutuante é conectado através do anel e o segundo pavimento é iluminado pela parte superior da claraboia do shed. Apesar dos ambientes de trabalho distintos, o edifício se mostra como uma estrutura única servindo como um ponto central para todo o campus do CBC.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:136 Hills Rd, Cambridge CB2 8PA, Reino Unido

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro de Descoberta AstraZeneca / Herzog & de Meuron" [AstraZeneca’s The Discovery Centre / Herzog & de Meuron] 03 Dez 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/972864/centro-de-descoberta-astrazeneca-herzog-and-de-meuron> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.