Espírito comunitário: projetos liderados coletivamente em todo o mundo

Espírito comunitário: projetos liderados coletivamente em todo o mundo

Um projeto de escala relevante, raramente é obra de um único homem. Desde os primórdios levantamentos de celeiros em aldeias, realizados nos séculos 18 e 19 até a força-tarefa padrão hoje em dia, uma edificação requer muitas mãos a bordo, trazendo diferentes contribuições e conhecimentos para moldá-la e executá-la.

© Diego LizamaCortesia de ICD/ITKE© Michael Lyrenmann© Santiago Oviedo+ 35

Muitas vezes, nenhuma dessas intervenções adicionais influenciam o projeto e as decisões do arquiteto. As necessidades de uma comunidade, feedback e habilidades de trabalho podem indicar o que é mais adequado ao contexto. Consultores e engenheiros de todos os ramos podem definir os parâmetros de uma determinada obra e até mesmo propor novas soluções para estender as possibilidades do projeto, através do uso de materiais disponíveis ou novas tecnologias.

Cortesia de ICD/ITKE
Cortesia de ICD/ITKE

No artigo, listamos apenas alguns exemplos de projetos liderados por coletivos, organizações ou universidades. Esses grupos são compostos por diversos especialistas e membros, além de arquitetos, todos retratando a importância que o trabalho coletivo desempenha na criação de nosso ambiente construído e como as transferências colaborativas podem melhorar a qualidade de vida em nossas cidades.

Lim'uhphile Co-op / Collectif saga

© Johan Badenhorst
© Johan Badenhorst

O canteiro de obras é aberto a todos, reúne membros de organizações sem fins lucrativos e diversos voluntários locais e internacionais. Graças a uma parceria com uma ONG local, o processo de construção passa a fazer parte de um programa de treinamento, envolvendo cinco jovens locais e desempregados.

Cortesia de Saga
Cortesia de Saga

Parque da Ciência / LAAR

© Diego Lizama
© Diego Lizama

Em 2009, ao sul do estado de Yucatán, um grupo de jovens estudantes, filhos de camponeses de língua maia pertencentes à comunidade rural de Dzan, cuja atividade econômica se baseia principalmente em frutas cítricas, impulsionados por seu entusiasmo audacioso para transformar seu mundo, tomou a iniciativa de trabalhar em conjunto para transformar, através da ciência e da cultura, o setor mais vulnerável da sua população: as crianças e os jovens, cujos índices de abandono escolar, toxicodependência e falta de orientação profissional estão aumentando.

© Diego Lizama
© Diego Lizama

Fabricando a Utopia - Como o coletivo Assemble criou uma fábrica modelo no Brooklyn

Cortesia de Sam Nixon
Cortesia de Sam Nixon

Com ‘A Factory As It Might Be’, estamos interessados em como as ideias utópicas podem ser aplicadas à realidade muito prática da construção e como os elementos de construção - e seu método de produção - podem se tornar uma expressão de aspirações sociais, econômicas e políticas. - Lewis Jones, membro fundador do Assemble.

Palco Haduwa / [aplicada] Relações Exteriores, Instituto de Arquitetura, Universidade de Artes Aplicadas de Viena

© Julien Lanoo
© Julien Lanoo

A estrutura primária do pavilhão foi executada em uma grade de bambu — um material versátil e sustentável, além de amplamente acessível nesta região do país. Sua geometria complexa resulta das próprias características físicas e materiais do bambu, conscientemente escolhido pela equipe para promover o desenvolvimento da arquitetura em bambu em Gana. Nesse sentido, um dos principais objetivos deste projeto é “colocar Gana no mapa da arquitetura em bambu” (Jörg Stamm). O projeto foi construído pelos próprios autores, em conjunto com especialistas e trabalhadores locais.

© Julien Lanoo
© Julien Lanoo

ReYard House / Team Bosphorus from Turkey

© Hacer Bozkurt
© Hacer Bozkurt

O Team Bosphorus é - o primeiro time turco a competir no Solar Decathlon - incluindo alunos e professores de duas conhecidas universidades de Istambul / Turquia; Universidade Técnica de Istambul e Universidade Técnica de Yildiz. A equipe foi premiada em 3 categorias na competição; Inovação, Engenharia e Construção, Comunicação e Sensibilização Social.

The Voxel Quarantine Cabin / Valldaura Labs

© Adrià Goula
© Adrià Goula

O projeto Voxel foi produzido por uma equipe formada por estudantes, profissionais e especialistas do Mestrado em Edificações Ecológicas Avançadas e Biocidades (MAEBB), do Instituto de Arquitetura Avançada da Catalunha (IAAC) Valldaura Labs. A cabine de quarentena foi projetada para a autocontenção de um ocupante. O projeto foi concebido inteiramente em condições de quarentena e é uma resposta arquitetônica à crise atual.

© Adrià Goula
© Adrià Goula

Torre Urbach / ICD/ITKE University of Stuttgart

Cortesia de ICD/ITKE
Cortesia de ICD/ITKE

Augmented Bricklaying / Gramazio Kohler Research

© Michael Lyrenmann
© Michael Lyrenmann

Para enfrentar esses desafios, o projeto “Assentamento em Realidade Aumentada de Tijolos” reintroduz os artesãos em um processo de fabricação digital. Ao instruir opticamente os pedreiros com informações digitais personalizadas, por meio de uma interface de usuário de realidade aumentada personalizada, uma conexão direta com o modelo do projeto digital pode ser estabelecida.

© Michael Lyrenmann
© Michael Lyrenmann

Arqueologia do território Pachacámac: sala para arqueólogos e crianças / ETH Zurich + PUCP

Cortesia de ETH Zurich, PUCP
Cortesia de ETH Zurich, PUCP

O resultado foram quinze projetos, apresentados e discutidos em grupo. O desafio era como integrar as melhores ideias, descobertas e conhecimentos produzidos pelas quinze equipes em um único projeto.

Cortesia de ETH Zurich, PUCP
Cortesia de ETH Zurich, PUCP

Chamanga Cultural Center / Munich University of Applied Sciences + Portland State University + Atarraya Taller de Arquitectura + Opción Más

© Santiago Oviedo
© Santiago Oviedo

O projeto foi organizado em duas fases dentro de uma estrutura de projeto / construção, onde os alunos projetam, planejam e constroem em colaboração com a comunidade local, profissionais e professores.

© Santiago Oviedo
© Santiago Oviedo

Pavilhão de Madeira BUGA / ICD/ITKE University of Stuttgart

Cortesia de ICD/ITKE
Cortesia de ICD/ITKE

AirMesh Pavilion / AIRLAB

Cortesia de AirMesh Pavilion
Cortesia de AirMesh Pavilion

AirMesh é a primeira estrutura arquitetônica do mundo feita de componentes impressos em 3D em aço inoxidável, demonstrando design digital inovador e tecnologias de fabricação desenvolvidas pela AirLab na Universidade de Tecnologia e Design de Cingapura, em Cingapura.

DFAB House / NCCR Digital Fabrication

© Roman Keller
© Roman Keller

O projeto é o resultado de uma iniciativa de pesquisa interdisciplinar nacional na Suíça, chamada NCCR Digital Fabrication, que visa transformar o processo de arquitetura e construção integrando o design computacional e a fabricação digital em arquitetura.

Timescapes Pavilion / AIRLAB

Cortesia de AIRLAB
Cortesia de AIRLAB

Casa do grande arco / Frankie Pappas

© Frankie Pappas
© Frankie Pappas

Nota: Os textos citados são trechos das descrições arquivadas de cada projeto, previamente enviadas pelos arquitetos. Encontre mais projetos de referência nesta pasta My ArchDaily criada pelo autor.

Este artigo é parte do Tópico do ArchDaily: Arquitetura Multidisciplinar. Mensalmente, exploramos um tema específico através de artigos, entrevistas, notícias e projetos. Saiba mais sobre os tópicos mensais. Como sempre, o ArchDaily está aberto a contribuições de nossos leitores; se você quiser enviar um artigo ou projeto, entre em contato.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Abdel, Hana. "Espírito comunitário: projetos liderados coletivamente em todo o mundo" [It Takes a Village: Collective Led Projects from Around the World] 29 Jun 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Bisineli, Rafaella) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/962714/espirito-comunitario-projetos-liderados-coletivamente-em-todo-o-mundo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.