Apartamentos L’Orée des sens / Yves Ballot et Nathalie Franck

Apartamentos L’Orée des sens / Yves Ballot et Nathalie Franck

© Antoine Guilhem Ducléon© Antoine Guilhem Ducléon© Antoine Guilhem Ducléon© Antoine Guilhem Ducléon+ 24

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  3120
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2013
  • Fotógrafo Fotografias:  Antoine Guilhem Ducléon
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Arcelor Mittal, AutoDesk, Tilly
  • Arquitetos Responsáveis:Yves Ballot, Nathalie Franck
  • BETTEC:engenharia de estrutura em concreto
  • 3b Batut:engenharia de estrutura em madeira
  • HOLISUD:engenharia térmica
  • HCI:engenharia de fluidos
  • Cidade:Cornebarrieu
  • País:França
Mais informaçõesMenos informações
© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon

Descrição enviada pela equipe de projeto. Localização. Esta operação está localizada no "bloco E2" do Z.A.C. Monges Croix-du-Sud, projetado por Bruno Fortier e Michel Desvignes em Cornebarrieu, uma vila na periferia norte de Toulouse, França. Esta região urbanizada desfruta de uma paisagem na qual vales, florestas, arbustos, vistas para o antigo vilarejo foram preservadas como PAZ, enquanto apenas a encosta arborizada da estrada Coulommiers separa Cornebarrieu dos principais destinos aeroportuários de Blagnac.

© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon

Este conjunto de 45 unidades residenciais está localizado em um platô criado na encosta do terreno natural voltado para o leste. Assim como é o caso das outras plataformas previstas no P.A.Z, ele é cercado por uma superfície arbustiva, uma espécie de base para o edifício, enquanto reforça o efeito de uma varanda aberta sobre a grande paisagem por vezes animada magicamente em seu fundo pelos Pirineus.

© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon

Programa e tratamento arquitetônico. O edifício é todo construído em madeira. Reúne os 45 apartamentos distribuídos em 3 pavimentos e no subsolo um estacionamento com 47 vagas. Conhecido como "o marco" devido a sua posição dominante, na confluência do "Parkway" do ZAC e da via Norte, ele desempenha o papel de uma junta esférica a nível urbano. Sua geometria particular com sua forma "dobrada", estabelece relação com as principais direções dadas pelas grandes vias de acesso plantadas do ZAC.

© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon
Planta Implantação
Planta Implantação
© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon

Lado leste / lado oeste, uma dupla face. O "Jalon" se desdobra e se oferece à paisagem do lado leste. Seu tratamento arquitetônico em camadas horizontais reduz sua altura, reforça suas direções e cria uma dinâmica que ressoa com a paisagem ao redor. Do estacionamento, dependendo dos pontos ou ângulos de vista, surgem percepções totalmente diferentes deste edifício, fragmentos fluidos ou continuidades até os frontões Norte e Sul que se opõem a sua frontalidade.

© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon

No lado oeste, ele se dobra para formar com a folhagem do "Talabot path" um espaço mais íntimo, pontuado em sua entrada por uma pérgola que fica sobre outras vagas de estacionamento. A expressão da fachada se vale principalmente da verticalidade. Cheios e vazios se alternam nos níveis superiores, arrematados na horizontal contínua do toldo do térreo. Isto contempla as câmaras de vidro dos pavilhões A e B que dão acesso aos pavimentos superiores. Este quintal dá acesso direto aos apartamentos no térreo do lado oeste. Uma passagem central entre as asas norte e sul abre-se para a plataforma e sua vista desobstruída, e leva ao alojamento RDC Est.

© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon

O exercício para nós foi desenvolver esta forma particular a partir da espessura da fachada, composta dos espaços externos como extensões da casa; acomodações extremamente padronizadas, a maioria das quais são pequenas em tamanho, adequadas para uma clientela mais modesta, o Z.A.C também oferece uma maioria de acomodações T4 individuais.

© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon

Cada nível oferece uma relação diferente com o exterior: terraços, loggias ou varandas no térreo. A grande projeção do primeiro andar elimina as vistas alta e baixa para os terraços do térreo e para as varandas do segundo andar. Estas espessuras da fachada organizam a arquitetura deste edifício. As estruturas metálicas suspendem totalmente as loggias e varandas dos 2 pavimentos superiores, liberando o espaço coberto no térreo que, assim, desprende completamente o ritmo formado pelas loggias do R + 1.

© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon

A proposta ao Bouygues Immobilier de criar este complexo com uma estrutura de madeira e a forma tomada pelo edifício, nos permitiu escapar do modelo do coletivo "barre". O trabalho em madeira e a volumetria, um modelo alongado de baixo relevo, ajuda a fazer sobressair este edifício de apartamentos cercado pela natureza.

© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon

Materiais. Em todo o térreo e no fundo das loggias na parte oeste, o revestimento de madeira é feito com painéis Douglas de 3 camadas. As fachadas dos níveis superiores são revestidas com ripas também de madeira Douglas em toda a sua altura, distinguindo-as do térreo. A carpintaria externa é em madeira de lariço decorada com persianas articuladas.

© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon

Os ângulos formados pelo vidro enriquecem o interior do apartamento e sua relação com o exterior. Os brises das loggias R + 1 são em madeira laminada Douglas. A cobertura do edifício em madeira Douglas repousa sobre uma estrutura metálica que esconde os sensores e as unidades de renovação de ar. Os guarda-corpos em barra de aço galvanizado acompanham a volumetria e os apoios, também em aço galvanizado, sublinham as horizontais.

© Antoine Guilhem Ducléon
© Antoine Guilhem Ducléon

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:31700 Cornebarrieu, França

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Apartamentos L’Orée des sens / Yves Ballot et Nathalie Franck" [L’Orée des sens Apartments / Yves Ballot et Nathalie Franck] 11 Mai 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/961473/apartamentos-loree-des-sens-yves-ballot-et-nathalie-franck> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.