Praça Poljana / Atelier Minerva + Faculdade de Arquitetura, Universidade de Zagreb + Instituto de Arquitetura

Praça Poljana / Atelier Minerva + Faculdade de Arquitetura, Universidade de Zagreb + Instituto de Arquitetura

© Ervin Husedžinović© Marko Mihaljević© Marko Mihaljević© Marko Mihaljević+ 32

Šibenik, Croácia
  • Arquitetos Responsáveis:Ivana Tutek; Paula Šimetin; Iva Dubovečak; Izvor Simonović Majcan
  • Colaboradores:Nedjeljka Bobanović, Ivana Curić, Bernarda Lukač, Lucija Megla
  • Design Gráfico Air Mail Gêmeos:Stanislav Habjan; Petikat
  • Arquiteto Paisagista:Ksenija Diminić
  • Lighting Design:Telektra
  • Engenharia Estrutural:Kap4
  • Construção:Lavčević
  • Coordenação De Obra:Adria građevinski projekti
  • Consultor De Infraestrutura:Grid d.o.o., Inspekting d.o.o., Šprem-projekt d.o.o.
  • Consultor Climatização:Termoprojekting d.o.o., Apin projekt d.o.o.
  • Cidade:Šibenik
  • País:Croácia
Mais informaçõesMenos informações
© Ervin Husedžinović
© Ervin Husedžinović

Descrição enviada pela equipe de projeto. A nova praça principal de Šibenik foi projetada como um campo urbano, social e de infraestrutura integrado estabelecendo um diálogo aberto entre a cidade medieval, moderna e contemporânea. A praça configura uma vasta comunidade de potencial surpreendente, com um parque arqueológico, garagem e centro de logística inferior.

© Marko Mihaljević
© Marko Mihaljević
Planta Pavimento Térreo
Planta Pavimento Térreo
© Marko Mihaljević
© Marko Mihaljević

Poljana era originalmente um cume plano de um promontório rochoso bem em frente ao portão da cidade medieval. Sua configuração espacial específica é consequência de sucessivas campanhas de nivelamento ao longo dos séculos, tendo o contorno definitivo concretizado no final do século XIX.

© Marko Mihaljević
© Marko Mihaljević

Na estrutura urbana contemporânea, a praça Poljana é um espaço dinâmico sem limites, na intersecção de diferentes ruas e malhas, como um mecanismo central de conexão para os locais públicos da cidade.

© Marko Mihaljević
© Marko Mihaljević

O programa do local integra o parque arqueológico com a zona social e centro de logística infraestrutural inferior. As quebras espaciais constituem locais de reunião sociais: tribunas e palcos abertos, pontes, beirais e fontes. Linhas urbanas configuram tensões e dinâmicas na plataforma, enquanto redes de pedras com caixas infraestruturais permitem uma organização flexível do local.

Planta Subsolo
Planta Subsolo

A praça Poljana foi projetada como uma plataforma urbana tridimensional contínua sem quaisquer volumes sólidos intrusivos, de forma a acomodar vários eventos sociais e fazer a mediação entre artefatos urbanos históricos e modernos. A estratégia proposta parte de um conceito aberto, estabelecendo um diálogo na área indefinida da cidade moderna, enquanto preserva a identidade existente e direciona o uso futuro para novos cenários em uma transformação discreta.

© Ervin Husedžinović
© Ervin Husedžinović

A superfície do quadrado sobrepõe duas malhas, uma grade clássica voltada para o teatro, e um campo quadrado flexível de pontos dirigido pela lógica do prédio da biblioteca e muralhas históricas, com vértices espaciais nos cantos que introduzem as características do entorno no espaço da Poljana. A superfície é ativada por direções de movimento reconhecidas na vida cotidiana e na história - e nos locais de encontro ao longo delas. Em áreas de interseção da malha, volumes espaciais formam superfícies estendidas e elevadas nas coberturas dos pavilhões. A cobertura, um artefato dinâmico flutuante, fornece um elo e define a fronteira espacial da praça, criando assim um diálogo e uma continuidade de formas na nova era.

© Marko Mihaljević
© Marko Mihaljević

O projeto consiste em uma parte subterrânea e uma parte acima do solo, integradas por uma interpretação moderna com materiais tradicionais mediterrâneos e industriais. A estrutura inferior tem uma designação específica, constituída por uma garagem e um centro logístico, construídos em concreto armado e piso industrial. O volume acima do solo é um deck urbano moderno, pavimentado com pedras brancas mediterrâneas, com gradis e construções de aço, pontes, beirais, marquises… A estrutura da cobertura, pré-fabricada no estaleiro Split, foi projetada para manter um diálogo formal ativo com os edifícios modernistas da biblioteca.

© Ervin Husedžinović
© Ervin Husedžinović

A praça com uma infraestrutura de organização flexível visível no perímetro quadrado, é composta por pontos de conexão, como elementos de caixa urbana para recepção de equipamentos urbanos, que permitem a fácil criação de vários cenários de eventos e apresentações artísticas.

Corte 02
Corte 02

O centro de logística subterrâneo inclui um centro de gerenciamento de mobilidade, estações de carregamento para veículos elétricos, revitalização da cidade velha e da área de abastecimento da ilha. O espaço é parte integrante do projeto global da UE Mobilidade Integrada na cidade de Šibenik.

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Šibenik, Croácia

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Praça Poljana / Atelier Minerva + Faculdade de Arquitetura, Universidade de Zagreb + Instituto de Arquitetura" [Poljana Square / Atelier Minerva + Faculty of Architecture, University of Zagreb + Institute of Architecture] 08 Abr 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/959538/praca-poljana-atelier-minerva-plus-faculdade-de-arquitetura-universidade-de-zagreb-plus-instituto-de-arquitetura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.