Renovação do Armazém Fenix I / Mei architects and planners

Renovação do Armazém Fenix I / Mei architects and planners

© Marc Goodwin© Marc Goodwin© Marc Goodwin© Marc Goodwin+ 27

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  23000
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Marc Goodwin
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Adobe, AutoDesk, Forster, HCI Betonindustrie, KONE, Reynaers Aluminium, Rometa, Schellekens, Smits Gemert, Stairway trappen, Trahecon, Trimble Navigation
  • Equipe De Projeto:Robert Winkel , Robert Platje , Michiel van Loon , Ruben Aalbersberg , Sean Bos , King Chaichana, Kasia Ephraim , Johan van Es , Danijel Gavranovic , Jan Hoogervorst , Rutger Kuipers , Arjan Kunst , Daam van der Leij , Ruben van der Plas , Riemer Postma , Rob Reintjes , Ed de Rooij , Adriaan Smidt , Lore van de Venne , Roy Wijte , Menno van der Woude , Reinoud van der Zijde
  • Cliente:Heijmans Vastgoed
  • Construtora:Heijmans Woningbouw
  • Construção:ABT
  • Estrutura Metálica:CSM Steelstructures
  • Consultoria:Techniplan adviseurs
  • Consultoria Estrutural:LBP | Sight
  • Consultoria De Prevenção E Combate A Incêndio:LBP | Sight
  • Pesquisa E Investigação:Windsafe
  • Cidade:Roterdã
Mais informaçõesMenos informações
© Marc Goodwin
© Marc Goodwin

Descrição enviada pela equipe de projeto. Com quase 45.000m² de espaço de uso misto e uma estrutura de aço única construída no armazém monumental existente, Roterdã ganhou um edifício ousado e icônico: o Fenix I.

© Marc Goodwin
© Marc Goodwin

O antigo depósito São Francisco, construído em 1922 para a Holland America Line, foi fortemente danificado entre 1940 e 1950 e restaurado em dois edifícios: Fenix I e Fenix II. Na década de 1980, as atividades portuárias deslocaram-se para o oeste e os armazéns caíram em desuso. Em 2007, a cidade de Roterdã se comprometeu com a reestruturação do distrito de Katendrecht. Com o tempo, Katendrecht se transformou de uma área desfavorecida em um bairro moderno e popular, com inúmeras empresas culinárias, criativas e culturais, onde Fenix I é um grande exemplo.

© Marc Goodwin
© Marc Goodwin

O desenho do Fenix I consiste em três partes principais. Em primeiro lugar, compreende o armazém existente - 140 metros de comprimento e 40 metros de profundidade, com 2 pavimentos com 6 metros de altura livre - que foi amplamente remodelado e renovado para uso misto.

Axonométrica
Axonométrica
Planta
Planta

O volume residencial no topo, um bloco fechado executado como uma construção de concreto flexível, suporta uma imensa estrutura de aço que é construída através do armazém. Ele é composto por 214 lofts, para aluguel e privados, com elevado grau de flexibilidade de dimensão e disposição e espaços exteriores de 2,5 metros de profundidade em todo o perímetro. Um nível intermediário consistindo de uma grande estrutura separa o armazém existente e o novo volume. Esse pavimento tem uma altura de 4 metros a 6 metros e acomoda apartamentos adjacentes a um grande pátio com jardim, que é caracterizado por luz, vegetação e transparência, e cria um forte contraste com as estruturas do armazém industrial. Foi uma decisão consciente usar uma galeria para encorajar a interação social e estimular uma comunidade inclusiva.

© Marc Goodwin
© Marc Goodwin

A galeria no interior do bloco de construção se conecta a uma passagem pública ao nível da rua, que atravessa o coração do armazém original, ligando o lado da cidade ao cais. As diferentes camadas de tempo e dinâmicas do Fenix tornam-se visíveis e tangíveis por meio das muitas linhas de visão que unem as várias funções. O desafio técnico do Fenix I é mais evidente na sua construção. Colocando uma imensa construção de aço no armazém existente e criando uma base separada, o armazém monumental pôde ser amplamente preservado. O novo edifício no topo é tecnicamente mantido separado do armazém.

© Marc Goodwin
© Marc Goodwin

A sustentabilidade é parte integrante do Fenix I, começando com o máximo reaproveitamento do edifício existente. O Fenix I foi otimizado em termos de circularidade e biodiversidade por meio de uma estrutura de construção adaptável e preparada para o futuro, jardins no telhado, fachadas verticais do pátio, captação de água da chuva, vidros de controle solar de alto desempenho e recuperação de calor e e frio de alta eficiência.

© Marc Goodwin
© Marc Goodwin

A arquitetura diferenciada, assim como o excepcional produto residencial oferecido pelo Fenix I, atrai moradores e usuários com uma mentalidade semelhante. Logo após a finalização, o Fenix I mostra como contribuir para a interação social e solidária do bairro sendo o lar de uma comunidade inclusiva e solidária.

© Marc Goodwin
© Marc Goodwin

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Katendrecht, Roterdã, Países Baixos

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Renovação do Armazém Fenix I / Mei architects and planners" [Fenix I Warehouse Renovation / Mei architects and planners] 24 Jan 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/955369/renovacao-do-armazem-fenix-i-mei-architects-and-planners> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.