Casa Bem-vindo a Selva / CplusC Architectural Workshop

Casa Bem-vindo a Selva / CplusC Architectural Workshop
© Michael Lassman
© Michael Lassman

© Michael Lassman© Michael Lassman© Michael Lassman© Michael Lassman+ 34

Darlington, Austrália
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Michael Lassman
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AH Joinery, Aneeta Windows, AstraWalker Tapware, Australia Wide Solar, Australian Wood Industries, AutoDesk, BWO Fitout & Interiors, Bell Landscapes, Breezway, Concreative, Corian® Exteriors, Fibonacci Stone, GSR Sheet Metal, Galloway Engineering, Hampton & Larsson, Hanson, Hardware & General, MAXI Plywood, Rallis Timber, Ramos Bricklaying, +1
  • Clientes:Clinton Cole & Hannah Henning
  • Cidade:Darlington
Mais informaçõesMenos informações
© Michael Lassman
© Michael Lassman

Descrição enviada pela equipe de projeto. Construída dentro de uma fachada patrimonial com intervenção em alvenaria, aço, madeira e vegetação, a Welcome to the Jungle está situada em uma área de preservação de patrimônio no centro da cidade de Darlington, Austrália, caracterizada por casas em terraço vitoriano tardio e conversões de armazéns pós-industriais. Uma casa no alto de uma loja de dois andares em mau estado de conservação e perto de desabar ocupava originalmente o terreno triangular de 90m². A fachada original de alvenaria rebocada e pulverizada tinha um significado cultural e paisagístico para a área de preservação do patrimônio local e sua reconstrução necessária foi administrada sob estritos controles patrimoniais.

© Michael Lassman
© Michael Lassman

As aberturas originais foram emolduradas em aço pré-enferrujado e justapostas a novas janelas em aço com revestimento branco brilhante. Um painel fotovoltaico preto sinaliza a nova adição à fachada norte original, aproveitando a luz solar ao longo do dia, agindo como um outdoor para os atributos de sustentabilidade da arquitetura e contrastando fortemente com a fachada original representada.

© Michael Lassman
© Michael Lassman

O revestimento interno de vidro totalmente operável da casa é inserido na fachada de alvenaria, fornecendo abundância de luz e novas perspectivas, mantendo a privacidade. Esta zona intersticial fornece regulação térmica passiva em todos os pavimentos superiores com canteiros "flutuando" entre o vidro e a alvenaria para fornecer uma paisagem vegetada e resfriamento para espaços internos. As floreiras flutuantes também são uma solução integrada estruturalmente projetada para as necessidades de reforço lateral da parede de alvenaria.

© Michael Lassman
© Michael Lassman

O telhado é construído com canteiros de aço que fornecem solo profundo para plantas, frutas e vegetais nativos. Os canteiros são irrigados com o açude de peixes, fornecendo água rica em nutrientes.

Planta - Térreo
Planta - Térreo
Planta - Primeiro Pavimento
Planta - Primeiro Pavimento

A jornada do térreo ao telhado começa com as texturas brutas de painéis de concreto polido e fibrocimento, subindo uma escada de aço e madeira reutilizada para o nível do quarto e do banheiro com acabamento em placas de madeira que revestem as paredes e forros. A área de estar do andar superior continua com piso e ilha de madeira reutilizada para aquecer o ambiente. A cozinha foi montada com uma variedade de metais usinados e polidos contrastando com os acabamentos de concreto e madeira dos pisos.

© Michael Lassman
© Michael Lassman

Aço inoxidável não polido e alumínio anodizado dourado refletem a luz revelando seus acabamentos de fábrica. Uma colunata de lâmina de aço apoia o telhado e foi deliberadamente escalonada perpendicular à borda da edificação para fornecer sombra do sol da tarde e manter o volume fresco no verão, sem a necessidade de dispositivos mecânicos de proteção. Acima estão floreiras galvanizadas por imersão que formam a estrutura do telhado em sua totalidade.

© Michael Lassman
© Michael Lassman

Essas 'calhas' estruturais são as vigas do telhado que medem até 8,5 m, enquanto mantêm o solo profundo para as floreiras, expostas em suas bases para criar o acabamento do teto industrialmente bruto abaixo, um detalhe complementado pelos acabamentos de fábrica das cozinhas em aço inoxidável.

© Michael Lassman
© Michael Lassman

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Bem-vindo a Selva / CplusC Architectural Workshop" [Welcome to the Jungle House / CplusC Architectural Workshop] 24 Nov 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/951690/casa-bem-vindo-a-selva-cplusc-architectural-workshop> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.