Pavilhão Portalen / Map13 Barcelona + Summum Engineering + Edyta Augustynowicz

Pavilhão Portalen / Map13 Barcelona + Summum Engineering + Edyta Augustynowicz

© Ricard EstayCortesia de Map13 Barcelona© Ricard Estay© Ricard Estay+ 39

  • Arquitetos Encarregados:Marta Domènech Rodríguez, David López López, Mariana Palumbo Fernández
  • Equipe De Projeto:Map13 Barcelona, Summum Engineering, Edyta Augustynowicz
  • Colaboradores:Delfina Capiglioni, Teresa del Pozo, Alejandro Caballero, Antonio Planas, Irene Subils, David León, Aleix Arcarons, Jaime Feliu, Albert Rabinad, Andy Penuela, Marina Huguet
  • Proprietário:Hyresbostäder
  • Empreendimento:Public Art Agency Sweden (Statens Konstråd). Joanna Zawieja, Lena From
  • Design Paramétrico:Edyta Augustynowicz, Diederik Veenendaal
  • Engenharia:Diederik Veenendaal, Sjef Brands, Andreas Alpkvist, Joacim Vilén, Limträteknik i Falun
  • Apoio De Projeto:Marcus Abrahamsson
  • Construtora:David Ramberg, JR Dala Bygg, Steve Corbett, Andrew Holloway
  • Patrocinadores:Norrköpings Konstmuseum
  • Agradecimento:Embassy of Spain in Stockholm
  • Cidade:Hageby
  • País:Suécia
Mais informaçõesMenos informações
© Ricard Estay
© Ricard Estay

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Pavilhão Portalen, uma obra de arte pública, é uma cobertura de madeira com bordas curvas. Serve como local de encontro e de debates, recitais, cursos, teatro ao ar livre e outras atividades culturais. O pavilhão, projetado como uma grelha de madeira dobrável, foi desenvolvido pelos arquitetos espanhóis do Map13 Barcelona em colaboração internacional com Summum Engineering da Holanda e Edyta Augustynowicz da Suíça.

Cortesia de Map13 Barcelona
Cortesia de Map13 Barcelona

O pavilhão faz parte do centro comunitário de Portalen (o Portal) no distrito de Hageby da cidade de Norrköping, na Suécia. Portalen é uma organização e um centro que acolhe novos migrantes para a cidade e facilita sua integração no mercado de trabalho local.

Ground floor 01
Ground floor 01

Um grupo de arquitetos e engenheiros, que havia imigrado recentemente para a Suécia, queria criar um local de encontro atraente e icônico. O projeto foi formalizado sob o programa nacional "Arte está acontecendo", dirigido por Statens Konstråd (Agência Pública de Arte), em colaboração com o Museu de Arte Norrköping e Portalen. Para a contribuição artística, o grupo original convidou o Map13 Barcelona, um escritório de arquitetura conhecido por suas estruturas projetadas em computador desenvolvidas com técnicas de construção locais e tradicionais.

© Ricard Estay
© Ricard Estay

No verão de 2016, o Map13 organizou duas séries de oficinas participativas intensivas para explorar a natureza potencial deste local de encontro. As conclusões do processo participativo exigiam um amplo, flexível e expressivo espaço interno (mas transparente) que pudesse ser utilizado para reuniões e eventos. Além disso, com a orientação adequada, a inclinação verde do parque próximo serviria como arquibancada natural. A equipe do projeto foi ampliada com a Summum Engineering junto com Edyta Augustynowicz, para fornecer o trabalho de modelagem paramétrica e engenharia estrutural do pavilhão de dupla curvatura.

© Ricard Estay
© Ricard Estay

O projeto final foi uma grelha de madeira leve e dobrável, inspirada no trabalho pioneiro do Instituto Frei Otto de Estruturas Leves nos anos 70. O material e a técnica de construção foram cuidadosamente escolhidos para o contexto e função específicos. A estrutura leve procurou cobrir o espaço máximo com o mínimo de material, utilizando uma técnica de construção eficiente que não requer uma forma para construir, e que é feita em um material sustentável e local em um país com uma longa tradição na construção em madeira.

© Ricard Estay
© Ricard Estay

O Pavilhão Portalen consiste em duas camadas de ripas de madeira em duas direções, formando uma grelha. A grelha pode ser construída como um tapete plano no chão e depois suspensa para formar uma superfície curva tridimensional que funciona como uma eficiente carcaça. A grelha é apoiada por quatro arestas curvas que estão localizadas nos quatro cantos. Estes arcos abertos são feitos de madeira laminada colada. Depois de erguer a grelha sustentada por cabos de aço, toda a carcaça foi coberta com chapas de policarbonato. Esta cobertura permite a passagem da luz, transformando a percepção do espaço interior e exterior.

Corte Transversal
Corte Transversal
Cortesia de Map13 Barcelona
Cortesia de Map13 Barcelona

A obra dearte final serve agora como um pavilhão público permanente para os cidadãos mais novos da Suécia que vêm a Portalen e encontram seu lugar em seu novo país de origem.

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Plåtslagaregatan, 603 48 Norrköping, Suécia

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Pavilhão Portalen / Map13 Barcelona + Summum Engineering + Edyta Augustynowicz" [Portalen Pavilion / Map13 Barcelona + Summum Engineering + Edyta Augustynowicz] 27 Out 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/950175/pavilhao-portalen-map13-barcelona-plus-summum-engineering-plus-edyta-augustynowicz> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.