Cinema Grand Palais / Antonio Virga Architecte

Cinema Grand Palais / Antonio Virga Architecte

© Luc Boegly© Luc Boegly© Luc Boegly© Luc Boegly+ 41

Cahors, França
  • Diretor De Projeto:Miguel Allen
  • Arquiteto Paisagista :Grue
  • BET TCE:Projex
  • Consultoria Acústica:Diagobat
  • Iluminação:PhA
  • Design Gráfico :Stefania Corrado
  • Cidade:Cahors
  • País:França
Mais informaçõesMenos informações
© Luc Boegly
© Luc Boegly

Descrição enviada pela equipe de projeto. Localizado na parte norte do centro histórico da cidade de Cahors, França, e a poucos passos das margens do rio Lot, este cinema está implementado em um antigo local dedicado ao exército (hoje rebatizado de Place Bessières). O projeto ofereceu a oportunidade de recriar e reinterpretar a simetria do quartel do exército preexistente ao ocupar a ala leste deste complexo, destruída por um incêndio em 1943. Anteriormente servindo como estacionamento, a Place Bessières foi transformada em um amplo espaço urbano dedicado aos pedestres e protegido pelas copas das árvores existentes.

© Luc Boegly
© Luc Boegly
Planta - Térreo
Planta - Térreo
© Luc Boegly
© Luc Boegly

A praça é maioritariamente pavimentada, mas se beneficia de uma área densamente verde no centro chamada "oásis". O Museu da Resistência, anteriormente instalado em um edifício neste local que foi demolido para dar lugar ao projeto, ficará situado no pavimento superior do novo volume com uma entrada claramente separada do cinema.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

Os edifícios e áreas externas adjacentes são organizados de acordo com um layout rigoroso, harmonioso e nivelado, de acordo com as práticas que regem as instalações militares e públicas do século XIX. Para cumprir o objetivo de recuperar a sua escala anterior, este conjunto de espaços é tratado com simplicidade e unidade de materiais, mobiliário e vegetação.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

O volume monolítico revela fachadas inspiradoras, mas nos andares superiores, foi cercado por um muxarabi composto por pequenas perfurações que iluminam a fachada e intrigam à distância, atraindo o espectador para o ambiente. A intrincada alternância de sólidos e vazios tem um propósito funcional. A pele perfurada anima os espaços interiores durante o dia graças à luz penetrante e à interação de luz e sombra enquanto, à noite, a fachada cria uma tela de pequenas luzes cintilantes.

© Luc Boegly
© Luc Boegly
Corte
Corte
© Luc Boegly
© Luc Boegly

A busca do arquiteto por uma estética contemporânea marcante procura transportar a arquitetura do cinema para além do simples objetivo de recriar a morfologia dos antigos quartéis. O edifício está dividido em dois volumes distintos, metódicos e visualmente destacados: um construído em tijolo e outro em metal perfurado e dourado, cada um desempenhando um papel muito preciso em relação ao espaço público. O volume de tijolos espelha os dois edifícios do antigo quartel e é imaginado como uma reinterpretação contemporânea e identificável dessas estruturas existentes. É o elemento mais marcante e visível da praça, pela referência direta à história da cidade. Brick foi escolhido com o objetivo de valorizar a memória coletiva dos cidadãos de Cahors, evitando qualquer indício de pastiche.

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Côte des Bessières, 46000 Cahors, França

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Cinema Grand Palais / Antonio Virga Architecte" [Grand Palais Cinema / Antonio Virga Architecte] 23 Out 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/949669/cinema-grand-palais-antonio-virga-architecte> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.