Centro do Japão / Álvaro Bohórquez Rivero + Maribel Moreno Cantillo

Centro do Japão / Álvaro Bohórquez Rivero + Maribel Moreno Cantillo

© Enrique Guzman© Enrique Guzman© Enrique GuzmanCortesía de Gerencia del Campus+ 38

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1050
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Enrique Guzman
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Adobe Systems Incorporated, Argos, AutoDesk, Exiplast, Mitsubishi Electric, Toto, Trimble Navigation, Ventanar
  • Promotor:Universidade de los Andes, Embaixada do Japão
  • Gerenciamento E Auditoria:Payc
  • Cálculo Estrutural:CNI Ingenieros
  • Design De Interiores:Monastral. SAS
  • Projeto De Iluminação:MTS Consultoría
  • Projeto Elétrico:Serticol.SA
  • Projeto Hidrossanitário:IHC Ingenieros. SAS
  • Concretagem E Estrutura:Madoc SAS
  • Construção:Páez Casas Ingenieros. SAS
  • Cidade:Bogotá
  • País:Colômbia
Mais informaçõesMenos informações
© Enrique Guzman
© Enrique Guzman

Descrição enviada pela equipe de projeto. A cultura japonesa é conhecida por priorizar acima de tudo o coletivo sobre o individual. Para isso, existe uma série de padrões de conduta ou comportamento que nos ajuda a melhor entender como se dão estas relações sociais, seja entre diferentes grupos ou entre indivíduos. Fundamentalmente baseados no respeito mútuo, este código de conduta pode ser resumido em um conceito bastante simples: o “uchi-soto”.

© Enrique Guzman
© Enrique Guzman
Planta - Primeiro Pavimento
Planta - Primeiro Pavimento
© Enrique Guzman
© Enrique Guzman

uchi, que poderia ser traduzido literalmente como “dentro”, representa o nosso círculo social mais íntimo, que abrange a família, amigos próximos e colegas de trabalho. Desta forma, a “família” é a base de todo o código de comportamento social japonês e o principal elemento do “uchi”.

“Soto”, que poderíamos interpretar simplesmente como “fora”, representa grupos ou indivíduos que não se encontram em nossos círculos pessoais, mas com os quais podem vir a existir algum tipo de vínculo ou relação social.

© Enrique Guzman
© Enrique Guzman
Axonométrica 02
Axonométrica 02
© Enrique Guzman
© Enrique Guzman

Desta forma, portanto, uchi-soto não é uma negação ou barreira, muito pelo contrário, ele constitui um vínculo entre estas duas esferas da vida coletiva ao mesmo tempo que determina um código de comportamento social.

Dois conceitos ou padrões de comportamento emergem em paralelo da noção de uchi-soto. Conhecido como tatemae-honne, onde tatemae (ou fachada em tradução literal) representa o que devemos projetar para fora, e para o qual existem claramente uma série de restrições, e honne simboliza padrões de comportamento mais livres e portanto, que se aplicam apenas dentro do nosso círculo íntimo ou uchi.

© Enrique Guzman
© Enrique Guzman
Corte A
Corte A
Cortesía de Gerencia del Campus
Cortesía de Gerencia del Campus

Buscando inspiração nesta rica trama sócio-cultural de padrões de comportamento, a arquitetura do Centro do Japão no Campus da Universidade de Los Andes de Bogotá, Colômbia, pretende materializar o conceito de uchi-soto, manifestando suas distintas escalas e diferentes qualidades que vão do mais público (a praça) ao mais privado (o jardim), controlando o seu grau de abertura através da transparência e das relações que ele constrói com o espaço público, definindo duas categorias de espacialidade: a familiar (miuchi), e a individual (wathasi).

© Enrique Guzman
© Enrique Guzman

Por outro lado, a noção de tatemae-honne, foi incorporada no projeto para projetar externamente uma sensação de solidez e transparência, características próprias não apenas da cultura japonesa mas também de sua arquitetura. Pensando nisso, os arquitetos conceberam o edifício como um grande bloco sólido em concreto preto – cuja textura simula a madeira carbonizada típica das construções tradicionais japonesas—, o qual pousa delicadamente sobre um volume ou caixa de vidro. Interiormente, podemos experimentar uma atmosfera mais cálida e aconchegante, principalmente devido às condições de iluminação natural e os materiais naturais utilizados.

© Enrique Guzman
© Enrique Guzman
Axonométrica 01
Axonométrica 01
© Enrique Guzman
© Enrique Guzman

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Cra. 1 18ª-12, Campus da Universidade de los Andes, Bogotá, Colômbia

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro do Japão / Álvaro Bohórquez Rivero + Maribel Moreno Cantillo" [Centro del Japón / Álvaro Bohórquez Rivero + Maribel Moreno Cantillo] 02 Set 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/946743/centro-do-japao-alvaro-bohorquez-rivero-plus-maribel-moreno-cantillo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.