Expansão da Casa Barrocas / Carlos Castanheira

Expansão da Casa Barrocas / Carlos Castanheira

© Fernando Guerra | FG+SG© Fernando Guerra | FG+SG© Fernando Guerra | FG+SG© Fernando Guerra | FG+SG+ 26

  • Arquiteto Responsável:Carlos Castanheira
  • Equipe De Projeto:Sara Pinto, Fernanda Sá
  • Cliente:Sociedade Agrícola Monte das Barrocas, Lda.
  • Arquiteto De Projeto:João Figueiredo
  • Engenharia:HDP- Construction and Engineering Projects, Lda
  • Cidade:Estremoz
  • País:Portugal
Mais informaçõesMenos informações
© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Descrição enviada pela equipe de projeto. O acesso é uma linha reta por entre azinheiras que desafiam todas as regras da estabilidade prolongando os seus braços em consolas impossíveis. É um monte e sobre o monte se erguem as construções. Recentes e todas obras do proprietário. O edifício central é em madeira. Construção dita standard que se adapta com alguma dificuldade à topografia. Agradados com a vivência de uma casa em madeira, a Família, agora mais numerosa, pretende aumentar a Sala e um Quarto com as condições para uma vivência ou ocupação permanente. Quando se começa a mexer no existente, aos poucos, começa a ser evidente que não basta justapor ou colar novas áreas, novos volumes.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG
Planta
Planta
© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

É necessário reorganizar e fazer correções. De imediato ficou claro que o evidente respeito pelo existente – bem tratado pelos proprietários – obrigaria a que a adição de novos volumes ao existente teria que ser de modo que facilitasse a linguagem como com a construção, pois a casa continuaria a ser usada durante o período de construção. Longe da minha imaginação que algum dia iria adaptar a minha linguagem arquitetónica a uma construção – existente – da qual não sou particularmente respeitoso mas que, pela existência e valor, a tratei como se um monumento fosse. Foram estudados os desenhos de construção, verificadas medidas, feito levantamento topográfico da envolvente. Tudo ao milímetro. O Quarto – principal – destaca-se do volume dos quartos por um pescoço na continuação do corredor existente. Adapta volume e cobertura às cotas do existente. Integrasse, mas cria uma personalidade própria, contemporaneidade e restituindo valor ao existente. Abre-se, amplamente, sobre a paisagem, criando privacidade.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

A Sala isola-se como uma varanda coberta sobre a paisagem a poente. Abre a casa sobre a paisagem. Este novo volume, com a sua cobertura em cobre com duas masseiras, cria uma nova imagem à chegada, obrigando a recriar o acesso abrindo os espaços, recebendo pessoas e horizonte. Impõe-se ao existente, mostrando volume e espaço e materialidade. É justaposto, com cuidado, mas passou a ser dominante ou dominador do conjunto. Eleva-se absorvendo o espaço de estacionamento coberto. Marca e hierarquiza acessos e esconde espaços técnicos. A vegetação – quase luxuriante – é mista e quase mística. A horizontalidade – quase exagerada – das azinheiras contrasta com outras espécies, mais verticais, importadas e comuns nestes jardins ecléticos. Como sempre assim foi.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG
Projeto
Projeto
© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Expansão da Casa Barrocas / Carlos Castanheira" 14 Ago 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/945597/expansao-da-casa-barrocas-carlos-castanheira> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.