Complexo Residencial Schmollerplatz / Zanderroth Architekten

Complexo Residencial Schmollerplatz / Zanderroth Architekten

© Simon Menges© Simon Menges© Simon Menges© Simon Menges+ 20

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  8312
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Simon Menges
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Bega, FSB, JUNG, NUR-Holz
  • Equipe De Projeto:Christian Roth, Sascha Zander, Burkhard Köhler, Elisa Gersdorf, Sofie Vaasen, Ronny Bittner, Mareike Schlatow, Sabrina Schreiber, Jens Vandenheede
  • Cliente:Garbe Immobilien-Projekte GmbH
  • Planejamento De Estruturas:Wetzel & von Seht Ingenieurbüro für Bauwesen
  • Hvac:Ingenieurbüro Scheibler
  • Paisagismo:Susanne Friedburg in herrburg Landschaftsarchitekten
  • Cidade:Berlim
  • País:Alemanha
Mais informaçõesMenos informações
© Simon Menges
© Simon Menges

Descrição enviada pela equipe de projeto. Majoritariamente concebida na década de 1930, a estrutura urbana ao redor da Schmollerplatz em Berlim-Treptow foi quase que completamente reestruturada durante o pós-guerra. Mais recentemente, um antigo supermercado da década de 1970 foi demolido liberando um enorme terreno de frente para a praça, uma grande oportunidade para a reestruturação de todo este bairro no extremo leste da capital alemã.

© Simon Menges
© Simon Menges
Planta - Térreo
Planta - Térreo
© Simon Menges
© Simon Menges

Como um amplo terreno de esquina em uma área bastante restrita e irregular, este lote urbano era demasiado pequeno para a inserção de um bloco-quadra e grande demais para a implantação de um único edifício linear. Desta maneira, o projeto assume a forma de dois edifícios residenciais idênticos posicionados em ângulos de 90 graus sobre um platô elevado de 75 centímetros em relação à rua. Esta abordagem permitiu devolver parte do espaço anteriormente ocupado pelo edifício do supermercado ao espaço público da Schmollerplatz. Sua ligeira elevação foi pensada para criar um segundo nível de privacidade, estabelecendo uma clara distinção entre os espaços públicos e privados da praça. De forma semelhante, junto a esquina entre a Onckenstrasse e Lexisstrasse, os edifícios se afastam para acolher uma nova praça urbana como uma extensão da Schmollerplatz, criando um espaço ao ar livre de uso compartilhado que define e organiza a implantação dos dois novos edifícios.

© Simon Menges
© Simon Menges

Somando-se a isso, toda a área livre do terreno foi incorporada à praça, criando conexões e promovendo a acessibilidade através do bairro. Os apartamentos do térreo também usufruem de um pequeno jardim elevado, proporcionando uma relação equilibrada entre as esferas públicas e privadas. Nos pavimentos superiores, cada um dos apartamentos conta com sua própria área de varanda, e o que é melhor, com pé direito duplo — favorecendo a sensação de abertura e continuidade entre o espaço exterior dos apartamentos e o jardim público no miolo da quadra. Ambos os edifícios contam com amplas áreas de acesso abundantemente iluminadas.

© Simon Menges
© Simon Menges
© Simon Menges
© Simon Menges

Formalmente, os edifícios se revelam em volumes simples, marcados por paredes revestidas de madeira natural e lajes de concreto pintadas de branco. Apesar do dinâmico jogo dos volumes das varandas e das janelas deslocadas, é fácil reconhecer o rigor da estrutura do projeto. Ao escalonar as varandas, criando sempre espaços de dupla altura e nunca salientes nas esquinas dos edifícios, a volumetria cúbica e regular do conjunto é posta em evidência. Contrastando com o extremo rigor de suas formas e volumes, as unidades são extraordinariamente flexíveis além de desfrutarem de um uso muito eficiente dos seus espaços e materiais. Além disso, a circulação central do edifício permite ainda que os apartamentos possam ser adaptados interiormente segunda as necessidades de cada morador.

© Simon Menges
© Simon Menges

Estruturalmente, os edifícios foram executados em uma combinação de madeira e concreto armado. Todas as paredes exteriores foram concebidas em painéis duplos de madeira maciça, os quais revelam a aparência natural do material tanto por dentro quanto por fora. Através de uma solução construtiva inovadora, composta por estruturas complementares de travamento, a instalação das paredes de madeira dispensa o uso de qualquer tipo de cola ou adesivo — permitindo que todos os eus elementos sejam futuramente desparafusados e reciclados.

© Simon Menges
© Simon Menges

Em vez de simplesmente preencher a totalidade da quadra ou estabelecer um bloco único, isolado e autônomo, as novas estruturas residenciais da Schmollerplatz são edifícios concebidos para compor o espaço público, criando uma simbiose que favorece tanto o uso e apropriação dos espaços públicos do bairro quanto o bem estar e a qualidade de vida de seus moradores.

© Simon Menges
© Simon Menges

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Schmollerpl. 27, 12435 Berlim, Alemanha

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Complexo Residencial Schmollerplatz / Zanderroth Architekten" [Residential Complex Schmollerplatz / Zanderroth Architekten] 07 Ago 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/944971/complexo-residencial-schmollerplatz-zanderroth-architekten> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.