Renovação da Antiga Fábrica de Motores de Pingyao / Architectural Design and Research Institute of Tsinghua University

Renovação da Antiga Fábrica de Motores de Pingyao / Architectural Design and Research Institute of Tsinghua University

© Shengliang Su© Shengliang Su© Shengliang Su© Shengliang Su+ 26

Jinzhong, China
  • Arquiteto Responsável:Yirui Lian
  • Equipe De Projeto:Fei Ren, Xiaomei Xu, Lei Liu, Hong Chen, Zetong Jiao, Meng Chen, Dan Li, Brain Wong, Yu Zhou, Yuxia Guo, Jing Tan, Xiaoyu Wang, Sijia Liu
  • Cliente:Committee on housing and urban-rural development, Pingyao
  • Cidade:Jinzhong
  • País:China
Mais informaçõesMenos informações
© Shengliang Su
© Shengliang Su

Descrição enviada pela equipe de projeto. Pingyao é uma cidade histórica chinesa, Patrimônio Mundial da Humanidade com mais de 2700 anos de idade. Anualmente, a cidade é sede do Festival Internacional de Cinema de Pingyao, criado em 2017 para se tornar um dos mais importantes festivais no circuito internacional de cinema. Embora a cidade seja um destino turístico por si só há décadas, Pingyao estava parada no tempo, presa em sua estrutura urbana histórica e medieval.

© Shengliang Su
© Shengliang Su
Planta - 1º pavimento
Planta - 1º pavimento
© Shengliang Su
© Shengliang Su

O Festival Internacional de Cinema de Pingyao é realizado em uma antiga fábrica de motores, um complexo de edifícios construído nos anos 70 e reformado para acolher a vasta programação do festival. Devido às multidões que atendem ao festival a cada verão, havia uma enorme demanda por espaços públicos amplos e capazes de acolher grandes platéias. Desta forma, as quatro naves industriais do complexo foram renovadas e adaptadas para acomodar os programas do festival, um projeto que procura preservar o caráter histórico dos pavilhões ao mesmo tempo em que cria um ambiente adequado à sua nova função. 

© Shengliang Su
© Shengliang Su

Como os pavilhões são tombados pelo patrimônio histórico local, o projeto de reforma da fábrica de motores de Pingyao teve de cumprir com uma série de requisitos impostos pelo código de obras do município. A partir disso, o projeto desenvolvido pelos arquitetos do Departamento de Projeto e Pesquisa do Instituto da Universidade de Tsinghua, procura preservar o caráter histórico e as principais características do projeto original, mantendo o layout de implantação da fábrica assim como incorporando alguns de seus elementos arquitetônicos mais marcantes. A abordagem é bastante conservadora no sentido que os arquitetos optaram por não alterar as especificidades do lugar, encaixando delicadamente suas novas estruturas programáticas, quase sempre subordinadas ao conjunto pré-existente preservado, resultando em uma combinação perfeita ente o passado e o presente que até certo ponto, é difícil distinguir.

© Shengliang Su
© Shengliang Su

Um novo volume foi inserido para introduzir uma sala de projeção com capacidade para 500 espectadores, uma estrutura que mantém o telhado em duas águas caraterístico do conjunto fabril de Pingyao. Em sua materialidade, o campus da antiga fábrica de motores é caracterizado por estruturas de tijolos de tonalidade cinza e alguns detalhes em tijolos vermelhos, utilizados para ressaltar importantes momentos arquitetônicos das estruturas das naves. Para contrapor-se a esta díade, os arquitetos optaram por inserir novas estruturas em aço, uma combinação que permitiu tanto uma redução drástica no cronograma de obras, quanto no orçamento do projeto como um todo.

© Shengliang Su
© Shengliang Su

Embora os patrocinadores do festival internacional de cinema exigissem a construção de uma nova sala IMAX de 15 metros de altura livre no interior, as normas restritivas impostas sobre o conjunto histórico da fábrica limitavam esta possibilidade. Como alternativa, os arquitetos propuseram a criação de um cinema ao ar livre, tirando proveito da topografia do terreno para implantar o espaço de platéia, criando uma estrutra eficiente e causando o mínimo impacto possível na paisagem industrial do campus. Além disso, as árvores de grande porte foram preservadas, gerando espaços multifuncionais espalhados pelo complexo. Deste seus pátios, é possível avistar as antigas muralhas que cercam a cidade milenar de Pingyao, contribuindo para a experiência visual do público que atende ao festival.

© Shengliang Su
© Shengliang Su

Ao longo do ano, enquanto os moradores de Pingyao esperam pelo festival, a antiga fábrica renovada pode ser utilizada livremente, proporcionando espaços públicos e uma programação cultural continuada, além é claro, de um cinema à céu aberto. Depois de testemunharem esta completa e radical transformação, os moradores da cidade histórica perceberam que suas antigas estruturas podem sim ser atualizadas e trazidas de volta à vida, tornando-se úteis uma vez mais à comunidade como um todo. Ao invés de congelá-las em um passado remoto, estas intervenções pontuais permitem ressignificar a historia do lugar, criando novos espaços e oportunidades para o desenvolvimento econômico, cultural e social de pequenas cidades históricas na China e no mundo todo. 

© Shengliang Su
© Shengliang Su

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:West St. Pingyao Old Town, Pingyao, Shanxi, China

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Renovação da Antiga Fábrica de Motores de Pingyao / Architectural Design and Research Institute of Tsinghua University" [Pingyao Diesel Engine Factory Renovation / Architectural Design and Research Institute of Tsinghua University] 20 Jul 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/944050/renovacao-da-antiga-fabrica-de-motores-de-pingyao-architectural-design-and-research-institute-of-tsinghua-university> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.