Penitenciária Mas d'Enric / AiB estudi d'arquitectes + Estudi PSP Arquitectura

Penitenciária Mas d'Enric / AiB estudi d'arquitectes + Estudi PSP Arquitectura

© José Hevia© José Hevia© José Hevia© José Hevia+ 25

El Catllar, Espanha
  • Arquitetos Colaboradores (A I B ):Iñigo Solano, David Baró, Nicolás Aparicio, Marta Mulà, Luís Arredondo, Jordi Brunés, Gerard Cuartero-Betriu, Eduard Dalmau, Gerard Garcia, Estíbaliz Guitérrez, Jordi Pascual, Arne Schultz-Gambard, Enric Verdú, Sandra Vergara, Cristian Vivas.
  • Arquitetos Colaboradores (Psp):Josep Perez, Jordi Morató, Enric Palou, Rafel Montsonís, Fernando Morales, Coral Pallarés, Gemma Mercader.
  • Engenharia Estrutural:BOMA (Robert Brufau, Nacho Costales)
  • Instalações:JG Ingenieros (Lluís de la Torre, Jesús Valle)
  • Paisagismo, Infraestrutura E Engenharia Civil:BCN (Joan Antoni Paez, Joan Rovira), EGI (Carles Noguera, Vicent Ballester), EGI (Carles Noguera, Vicent Ballester) Auding-Intraesa (Josep Secanell)
  • Cidade:El Catllar
  • País:Espanha
Mais informaçõesMenos informações
© José Hevia
© José Hevia

Descrição enviada pela equipe de projeto. A prisão é uma instituição desconfortável e sua arquitetura é frequentemente sujeita a critérios tecnocráticos. Essa imagem força a prisão para fora do campo sociocultural a que pertence, apagando-a do discurso público. A invisibilidade da penitenciária como instituição demonstra uma contradição não resolvida subjacente à sociedade contemporânea. Pretendemos explorar essa contradição através da arquitetura. Uma penitenciária deve responder à demanda por disciplina (confinamento) e liberdade (reinserção) ao mesmo tempo. Dentro dessa estrutura complexa, a arquitetura pode usar sua capacidade de articular sinteticamente problemas que parecem contraditórios para se tornar um agente ativo na resolução do paradoxo da penitenciária contemporânea. Com base na experiência com a penitenciária Mas d´Enric, reivindicamos a prisão como um objeto de proeto crítico e o papel da arquitetura na multiplicação de possibilidades, em vez de limitá-las.

© José Hevia
© José Hevia

Dadas exigências programáticas muito estritas, uma série de decisões cria um vínculo entre o utilitário e o conceitual: a construção de um ambiente apropriado e não opressivo; a introdução de um número máximo de vetores de exterioridade; e a geração de um espaço aberto central.

© José Hevia
© José Hevia
© José Hevia
© José Hevia

Três aspectos principais permeiam todo o processo de projeto e servem como horizontes conceituais que articulam o projeto:
Totalidade: Lidar com o problema de projetar um ambiente total;
Vibração: Introdução à diversidade espacial e perceptiva;
Abertura: Celebrando a abertura no coração da detenção.

© José Hevia
© José Hevia
© José Hevia
© José Hevia

As estratégias de design topológico são centrais no desenvolvimento da Penitenciária Mas d´Enric: Nosso objetivo era ir além da arquitetura prisional convencional: a prisão é extensa e próxima ao chão. A contiguidade elimina os espaços residuais entre os edifícios e também permite flexibilidade organizacional enquanto gera espaços exteriores na forma de pátios em diferentes escalas.

© José Hevia
© José Hevia
© José Hevia
© José Hevia

A adaptação topográfica permite uma integração suave com o terreno. Cria variedade espacial, permitindo a ausência de qualquer tipo de cercas. Vistas distantes das montanhas são possíveis graças à articulação do nível do solo. As vistas das florestas adjacentes melhoram as condições nas celas e nos pátios.

© José Hevia
© José Hevia
© José Hevia
© José Hevia

A continuidade da cobertura funciona tanto em nível tipológico quanto topográfico, criando unidade morfológica para a construção e estabelecendo relações com a grande escala da paisagem. O confinamento exigido pelo programa não é monumentalizado, pelo contrário, a arquitetura da prisão enfrenta o desafio, talvez impossível, de criar um lar genuíno.

Publicado originalmente em 3 de julho de 2016.

© José Hevia
© José Hevia

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:43764 El Catllar, Tarragona, Espanha

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Penitenciária Mas d'Enric / AiB estudi d'arquitectes + Estudi PSP Arquitectura" [Mas d'Enric Penitentiary / AiB estudi d'arquitectes + Estudi PSP Arquitectura] 10 Jul 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/943150/penitenciaria-mas-denric-aib-estudi-darquitectes-plus-estudi-psp-arquitectura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.