Praça Azatlyk / DROM

Praça Azatlyk / DROM

© Evgeny Evgrafov© Dmitry Chebanenko© Evgeny Evgrafov© Evgeny Evgrafov+ 42

Naberezhnye Chelny, Rússia
  • Arquitetos Responsáveis:Timur Karimullin, Sofia Koutsenko e Timur Shabaev
  • Equipe De Projeto:saf Barnea, Aga Batkiewicz, Valentina Ciccotosto, Elif Gözde Öztoprak, Roos Pulskens e Pratyusha Suryakant
  • Colaboradores:Strelka KB
  • Arquitetos Locais:KMT-PRO
  • Cliente:Strelka KB, DOM.RF
  • Consultores:NOVASCAPE
Mais informaçõesMenos informações
© Evgeny Evgrafov
© Evgeny Evgrafov

Descrição enviada pela equipe de projeto. A antiga Praça Azatlyk na cidade de Naberezhnye Chelny, na região do Tartaristão, Rússia, foi projetada ainda em tempos de URSS como um eixo monumental de conexão entre o edifício da prefeitura e o Museu Lenin – o qual nunca chegou a ser construído. Destituída de seu papel e incapaz de cumprir um objetivo incansável, a Praça central de Naberezhnye Chelny transformou-se em um espaço residual, uma relíquia de um passado arrastado até o presente, completamente alheio à vida cotidiana de seus habitantes.

© Dmitry Chebanenko
© Dmitry Chebanenko
Novo masterplan
Novo masterplan
© Evgeny Evgrafov
© Evgeny Evgrafov

Ladeado por uma densa e retilínea fileira de pinheiros, o eixo principal da praça foi deslocado neste novo projeto em direção à borda do terreno, operando como um elemento de conexão entre os seus dois extremos, criando um bulevar lateral animado pela presença de um playground e um café, além de uma escultórica plataforma de observação em forma de mirante. O antigo platô monumental da praça foi então dividido em três pequenos espaços programáticos, cada um com uma função específica. A Praça de Eventos localizada à leste, assume a forma de um amplo espaço aberto com piso de concreto rosa, concebida para acolher feiras e mercados à céu aberto nos finais de semana. Próximo a esta, encontra-se a Praça Verde, um local de relaxamento com um anfiteatro de madeira em frente a uma imensa área gramada, a qual se revela de diferentes formas ao longo do ano de acordo com o projeto de paisagismo sazonal conduzido pela equipe municipal de planejamento urbano. Finalmente, a Praça Cultural é o espaço mais simbólico destes três, contando com um grande espelho d'água e uma fonte aonde as crianças podem brincar e se refrescar nos dias mais quentes do verão.

© Evgeny Evgrafov
© Evgeny Evgrafov

Em diálogo com o bulevar, cada um dos componentes do eixo monumental conta com conexões imediatas com a passagem lateral, criando uma relação simbiótica que promove o uso integrado e constante do espaço público como um todo: o anfiteatro se apropria da presença do café; o observatório adiciona um vetor vertical em um espaço ampla e monumentalmente horizontal; o espelho d'água por sua vez, assume o papel de pista de patinação durante os longos invernos do Tartaristão.

© Evgeny Evgrafov
© Evgeny Evgrafov
© Evgeny Evgrafov
© Evgeny Evgrafov

O escritório responsável pelo projeto, o DROM, concebeu distintos espaços que, de acordo com o tipo de  pavimentação, assumem diferentes programas proporcionando formas dissemelhantes de apropriação por parte dos usuários. Esta rede integrada de espaços foi pensada de forma a proteger as áreas de estar dos fortes ventos que costumam assolar a região ao longo do ano, assim como aproveitar ao máximo as condições de iluminação natural ao logo do verão.

© Evgeny Evgrafov
© Evgeny Evgrafov

Além de seus pequenos pavilhões, a Praça Azatlyk conta com um projeto de mobiliário exclusivo assim como sistemas de iluminação desenvolvidos sob medida, os quais foram desenvolvidos e produzidos em parceria com fabricantes da região de forma a incentivar a economia local.

Diagramas
Diagramas
© Dmitry Chebanenko
© Dmitry Chebanenko

A estrutura da plataforma de observação foi construída com um sistema muito similar ao utilizado nas tubulações de gás que atravessam a região. Os bancos foram produzidos por uma usina local de concreto e todas as luminárias foram fabricadas utilizando apenas perfis metálicos comerciais. Ao manter grande parte da vegetação existente, adicionando pontualmente algumas novas árvores, os arquitetos procuraram preservar o ecossistema existente, valorizado a peculiar paisagem que foi sendo construída ao longo dos anos. Ao considerar e apropriar-se de todas estas pré-existências, os arquitetos conseguiram conceber um projeto que se integra facilmente à paisagem, resultando em um menor impacto visual, minimizando custos e devolvendo um importante espaço público aos moradores de Naberezhnye Chelny.

© Evgeny Evgrafov
© Evgeny Evgrafov

Como resultado disso, os habitantes abraçam o projeto, redescobrindo um importante e significativo espaço urbano de sua cidade, o qual serviu como um grande estímulo para que eles pudessem superar um passado industrial já esquecido à favor de um novo modo de vida, mais sustentável e conectado com as suas raízes.

© Evgeny Evgrafov
© Evgeny Evgrafov

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Prospekt Khasana Tufana, 18, Naberezhnye Chelny, Respublika Tatarstan, Rússia

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Praça Azatlyk / DROM" [Azatlyk Square / DROM] 13 Jun 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/940973/praca-azatlyk-drom> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.