Residência A.B.V. / Andrade Morettin Arquitetos Associados

Residência A.B.V. / Andrade Morettin Arquitetos Associados
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

© Maíra Acayaba© Maíra Acayaba© Maíra Acayaba© Maíra Acayaba+ 22

Rio de Janeiro, Brasil
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  389
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Maíra Acayaba
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Tramontina, Brastemp, Deca, Mekal, Alwitra, AutoDesk, Dimlux, Foscarini, Lumini, O/M, Phoenix, Samsung, Tecnosystem, Trimble Navigation, reka iluminacao
  • Arquiteta Responsável:Adriane De Luca
  • Equipe De Projeto:Bruno Gondo, Carlos Eduardo Miller, Fernanda Mangini, Gabriel Sepe, Guido Otero, Raphael Souza
  • Instalações:Zamaro Engenahria
  • Luminotécnica:Lux Projetos
  • Paisagismo:Isabel Duprat
  • Gerenciamento:Canal & Musse / Construtora São Bento
  • Cidade:Rio de Janeiro
  • País:Brasil
Mais informaçõesMenos informações
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Descrição enviada pela equipe de projeto. Esta casa para hóspedes situa-se em uma charmosa propriedade inserida em meio à Mata Atlântica, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. A presença desta mata exuberante e belas visuais determinam a atmosfera do lugar.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Uma construção preexistente, executada em pedra e alvenaria, foi parcialmente demolida para acomodar um volume leve, em forma de pavilhão que se insere sobre os elementos de pedra remanescentes. Essa estratégia, além de revelar-se racional por tirar proveito de grande parte do esforço realizado ali anteriormente, manifesta o desejo de preservação do patrimônio natural e construído.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba
Planta - Primeiro pavimento
Planta - Primeiro pavimento
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

O novo pavilhão é concebido como um volume único que busca integrar as diversas atividades a acomodar. Sua circulação interna, periférica, permite que os ambientes se agrupem livremente em seu interior, ao mesmo tempo em que propicia o desfrute contínuo das vistas.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba
Corte longitudinal
Corte longitudinal
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Sua cobertura é concebida como uma pérgula, elevada do volume, proporcionando sombra contínua, tanto sobre a nova construção, quanto sobre as áreas de estar ao ar livre. Este descolamento constitui a principal estratégia para o condicionamento climático do pavilhão, permitindo que a franca passagem da brisa entre os elementos construtivos proporcione o resfriamento e a remoção da excessiva umidade.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Construído a partir de um esqueleto metálico, o pavilhão foi concebido como uma estrutura leve incorporando componentes pré-fabricados, como o piso e forro de madeira, pérgola de madeira, cobertura de manta impermeabilizante, esquadrias de alumínio, fechamentos externos de vidro e telas mosquiteiro, fechamentos internos de painéis de madeira e estantes da biblioteca de aço.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Residência A.B.V. / Andrade Morettin Arquitetos Associados" 27 Abr 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/937997/residencia-abv-andrade-morettin-arquitetos-associados> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.