Ampliar imagem | Tamanho original
Esta casa para hóspedes situa-se em uma charmosa propriedade inserida em meio à Mata Atlântica, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. A presença desta mata exuberante e belas visuais determinam a atmosfera do lugar. Uma construção preexistente, executada em pedra e alvenaria, foi parcialmente demolida para acomodar um volume leve, em forma de pavilhão que se insere sobre os elementos de pedra remanescentes. Essa estratégia, além de revelar-se racional por tirar proveito de grande parte do esforço realizado ali anteriormente, manifesta o desejo de preservação do patrimônio natural e construído. O novo pavilhão é concebido como um volume único que busca integrar as diversas atividades a acomodar. Sua circulação interna, periférica, permite que os ambientes se agrupem livremente em seu interior, ao mesmo tempo em que propicia o desfrute contínuo das vistas. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar