Edifício Sirius / Paulo Bruna Arquitetos Associados

Edifício Sirius / Paulo Bruna Arquitetos Associados

© Nelson Kon© Nelson Kon© Nelson Kon© Nelson Kon+ 39

Bosque das Palmeiras, Brasil
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  68000
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Nelson Kon
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes:Itaim Iluminação,Aureon,AutoDesk,Intereng,Jatobá,Lumini,Nora,OWA,Portinari,Roofway Kalzip,Stone,Sul Metais,Tropo Bella
  • Arquitetos Responsáveis:Paulo Bruna, Pedro Bruna
  • Colaboradores:Joan Font, Camila Schmidt, Ana Carolina Bertassoni, Ana Beatriz Barros, Dayane Gusso Miranda, Felipe Pujol, Elnei Tavares, Gabriela Sendyk, Katia Vieira.
  • Gerenciamento:Engineering
  • Instalações:MHA
  • Ar Condicionado:MHA
  • Fundações:Ivan Grandis – IGR Engenharia
  • Estrutura:ENGETI Consultoria e Engenharia
  • Vibrações Nas Fundações E Estrutura:LSE – Laboratório de Sistemas Estruturais
  • Piso:Monobeton Soluções Tecnológicas
  • Terraplenagem:HZ Engenharia
  • Paisagismo:Licuri Paisagismo
  • Automação:MHA
  • Drenagem:MHA
  • Impermeabilização:Proassp
  • Construção:Racional Engenharia
Mais informaçõesMenos informações
© Nelson Kon
© Nelson Kon

Descrição enviada pela equipe de projeto. A estrela Sirius é a mais brilhante do hemisfério sul. Foi por conta de seu intenso brilho azul que o projeto foi batizado. A nova fonte de Luz Sincrotron de quarta geração, uma das primeiras com esta intensidade no mundo, vai permitir o conhecimento de como as coisas funcionam na escala dos átomos e moléculas.

© Nelson Kon
© Nelson Kon
Planta nível 614.00
Planta nível 614.00
© Nelson Kon
© Nelson Kon

O projeto do edifício foi 100% desenvolvido no Brasil, e 85% dos equipamentos é nacional, incluindo desenvolvimento e fabricação de peças. A concepção do projeto teve início em 2009, nesta data o CNPEM iniciou à construção de uma série de laboratórios que seriam necessários para o projeto das peças e equipamentos que posteriormente seriam utilizados no Sirius. Desenvolvemos o projeto do laboratório de nanotecnologia, e durante o processo, montamos a equipe altamente qualificada que posteriormente seria a base do projeto civil do Sirius.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

Com 68.000,00m² o prédio de quatro pavimentos foi implantado em terreno de 150.000,00m² contíguo ao campus do CNPEM, localizado no Polo II de Alta Tecnologia no município de Campinas. A geometria do prédio é resultado da disposição das linhas de luz, são 40 linhas, seis das quais longas, com comprimento de 100 a 150m.

© Nelson Kon
© Nelson Kon
Corte parcial A1
Corte parcial A1
© Nelson Kon
© Nelson Kon

O desafio do projeto é a estabilidade do edifício, tanto dimensional como térmica e de vibrações, isso para garantir que o feixe de elétrons com tamanho vertical quatro vezes menor que uma célula vermelha sanguínea percorra uma trajetória circular de 500m 600.000 vezes a cada segundo durante horas, sem que oscile mais que um décimo do seu tamanho.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Laboratório Nacional de Luz Síncrotron – CNPEM Rua Giuseppe Máximo Scolfaro, 10.000, Polo II de Alta Tecnologia Campinas, São Paulo, Brasil

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Edifício Sirius / Paulo Bruna Arquitetos Associados" 09 Abr 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/937258/edificio-sirius-paulo-bruna-arquitetos-associados> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.