Casa Fleet / Stanton Williams

Casa Fleet / Stanton Williams

© Jack Hobhouse© Johan Dehlin© Jack Hobhouse© Johan Dehlin+ 42

  • Arquitetos: Stanton Williams
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  388
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Jack Hobhouse, Johan Dehlin
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Louis Poulsen
  • Arquiteto Responsável:Stanton Williams
  • Arquitetos Paisagistas:Bradley-Hole Schoenaich Landscape Architects
  • Engenharia Estrutural:Webb Yates
  • Instalações:Ritchie+Daffin
  • Energia Sustentável:MES Building Solutions
  • Orçamentista:Box Associates
  • Consultor E Gestor Da Obra :Firstplan
  • Construtor:Harris Calnan
Mais informaçõesMenos informações
© Jack Hobhouse
© Jack Hobhouse

Reparação urbana

Uma adição sensível à área de conservação de Hampstead, a Casa Fleet de Stanton Williams reinterpreta a tradição histórica dos limites de Hampstead Village em um conceito doméstico contemporâneo. O projeto origina-se da ideia de restabelecer os limites perdidos que uma vez definiram o local na junção entre o Almirante's Walk e um caminho histórico quase esquecido, enquanto realinha a casa com a calçada em continuidade com a parede alta do jardim Grade I da Fenton House.

© Johan Dehlin
© Johan Dehlin

Volume escavado

A abordagem conceitual escava o espaço doméstico de seus limites, concebendo a casa como um volume esculpido do qual os elementos são extrudados e extraídos, através da adição e subtração de blocos. Uma mudança de textura e cor - de uma casca exterior grossa de tijolo escuro para suavizar volumes esculpidos em estuque branco - reforça ainda mais as qualidades esculturais. Stanton Williams também criou os interiores e peças de mobiliário sob medida - trabalhando em todas as escalas, da cidade à casa , para obter um projeto coeso. 

© Jack Hobhouse
© Jack Hobhouse
Planta - Térreo
Planta - Térreo
Corte AA
Corte AA
© Jack Hobhouse
© Jack Hobhouse

Rituais domésticos

A arquitetura, no caso da Casa Fleet, oferece presença silenciosa e invisível, voltando ao cenário para os rituais diários de um casal sueco-japonês. A luz natural e a ventilação tornam-se elementos-chave da experiência espacial, quase tão tangíveis quanto a fisicalidade da casa. Os materiais são naturais e táteis. Superfícies contínuas em tijolo artesanal, pedra Gnaisse, estuque e carvalho europeu, espalhadas do exterior para o interior da casa - para oferecer uma sensação de infinito sereno. Perspectivas e vestíbulos longos conectam momentos domésticos - com a luz sempre guiando a jornada e relacionando o interior com o exterior.

© Johan Dehlin
© Johan Dehlin

Desempenho ambiental

O desempenho ambiental e a eficiência energética foram fatores-chave do projeto. A casa é aquecido por uma bomba de calor subterrânea suplementada com aquecimento solar de água que armazena o excesso de calor do verão no subsolo. O projeto também apresenta ventilação em toda a casa com recuperação de calor e um sistema de captação de água da chuva para descarga do vaso sanitário. As emissões de carbono previstas são 40% inferiores ao máximo do Regulamento de Construção e a casa alcançou a conformidade com o padrão de nível 4 do Código para Casas Sustentáveis.

© Johan Dehlin
© Johan Dehlin

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Fleet / Stanton Williams" [Fleet House / Stanton Williams] 23 Out 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/926966/casa-fleet-stanton-williams> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.